Cristianismo e felicidade


O PROBLEMA central da existência humana é ser feliz. Mas essa felicidade não deve depender de algo externo ao próprio ser; não deve ser criada por circunstâncias, mas deve brotar da profundeza interna do(a) próprio(a) homem/mulher. A pseudo-felicidade criada por circunstâncias externas também está sujeita, claro, a ser destruída pelas mesmas circunstâncias; é precária, incerta, fugaz. Por isso não é a verdadeira, duradoura e plena felicidade.

ofielcatolico.blogspot.com

Receba O Fiel Católico em seu e-mail