Oração e alegria: a Via da Purificação e a Via da Iluminação

Nesta Semana Santa, apresentamos um estudo profundo sobre as etapas ou estágios da verdadeira conversão, baseado na obra do grande teólogo Pe. Garrigou Lagrange. Que seja útil.


A CONVERSÃO, no cristianismo, é um processo que se dá com base principalmente na vontade. Nesse processo, o elemento mais importante não é o intelecto, e menos ainda a emoção, por seu caráter efêmero, fugaz, inconstante. Atualmente, entretanto, florescem movimentos religiosos que valorizam o sentimentalismo, criando e alimentando nos fiéis a ideia de que o “sentir-se bem” deve servir como principal parâmetro para decidir se aquele caminho religioso é autêntico ou não.

** Ler o artigo na íntegra
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail