Vaticano: Papa contesta legalização de "drogas leves"


O PAPA FRANCISCO manifestou-se neste sábado, 20/6, contra a legalização das chamadas "drogas leves", chamando a atenção para o fato de que o problema da toxicodependência exige outro tipo de soluções. “Gostaria de dizer com muita clareza: droga não se vence com droga! A droga é um mal, e com o mal não pode haver relaxamento ou cedência. Pensar em reduzir os danos ao permitir o uso não resolve de facto o problema”, declarou, perante os participantes na reunião anual dos responsáveis das agências antidroga mundiais.

Francisco considerou “pelo menos questionável” a legalização de drogas leves, “mesmo de modo parcial”, e disse que esta decisão “não produz os efeitos que foram pré-fixados”. – “O flagelo das drogas continua a fazer estragos de forma e em dimensões impressionantes, alimentado por um mercado vergonhoso que atravessa as fronteiras nacionais e continentais. Deste modo, continua a crescer o perigo para os jovens e adolescentes”.

Francisco falava perante os participantes da 31ª edição da ‘International Drug Enforcement Conference’ (IDEC), que este ano se realizou em Roma entre terça e quinta-feira: “Oportunidades de trabalho, educação, desporto, vida saudável: este é o caminho da prevenção da droga. Se forem realizados, não há lugar para a droga, para o abuso de álcool, para outras dependências”, prosseguiu. Francisco elogiou ainda o papel da Igreja Católica, que “não abandonou os que caíram na espiral da droga”.

• Fonte: Ag. Ecclesia, em
http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/vaticano/vaticano-papa-contesta-legalizacao-de-drogas-leves/
Acesso 20/6/014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail