Papa Francisco defende fim do trabalho aos domingos


O PAPA LAMENTOU o abandono da tradicional prática cristã de não se trabalhar aos domingos, chamando atenção para o impacto negativo que tal perda causou às famílias e à vida social. O Pontífice, que viajou no último dia 5 para Molise, sul da Itália, disse que o funcionamento de lojas e outros negócios aos domingos não é benéfico para a sociedade.

O Papa disse que a prioridade deveria ser "não econômica, mas humana", com foco nas relações familiares e de amizade, não nas comerciais. Argumentou que o fim do trabalho aos domingos seria uma medida benéfica para todos, já que passar o domingo com a família e os amigos é um "código ético" tanto para fiéis como para os que não têm fé. "Gastem tempo com as crianças", exortou o Papa, acrescentando que gostaria de perguntar aos pais se eles "brincam com seus filhos".

Francisco, aos 77 anos, parecia recuperado de uma série de enfermidades que o levaram a cancelar alguns compromissos recentemente. Ele viajou a Molise de helicóptero para um dia repleto de atividades, incluindo um (emocionante) almoço com pobres e uma visita a uma prisão. – O Pontífice mostrava-se cheio de energia e sorria ao cumprimentar o público. O Vaticano descreveu os problemas de saúde como "moderados" e não deu mais detalhes.

____
Fonte:
O Dia Online, disponível em:
http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2014-07-06/papa-francisco-defende-fim-do-trabalho-aos-domingos.html
Acesso 8/7/014
ofielcatolico.com.br

3 comentários:

  1. Acredito que é uma luta inglória, querer que os católicos voltem a guardar o domingo se abstendo do trabalho, pois terão que enfrentar grandes corporações comerciais que não querem nem pensar em parar de trabalhar aos domingos. Porém a iniciativa deveria partir de nós católicos, leigos, de não comprar nada aos domingos, quer seja em supermercados, quer seja em shopping, em lojas em geral, porém, isto esta longe de acontecer, até em minha casa isto é difícil em acontecer, pois minha mãe sempre esquece algo nas compras e lá vai eu no supermercado comprar algo, e aí fazer o quê?, já tentei persuadir minha mãe de parar com isto, mas não adianta, a culpa é também nossa, de nós leigos, que deveríamos preservar isto, se não nós que ficamos em casa, mas em solidariedade aos irmãos que trabalham neste dia, não deveríamos colocar os pés em estabelecimentos comercial algum, mas isto esta distante, mas muito distante de acontecer.

    Anonimo Sidnei.

    ResponderExcluir
  2. ISSO SÃO OBRAS DAS IDEOLOGIAS MATERIALISTAS PARA ALEINAREM O HOMEM A DEUS!
    A Admoestação do S padre tem tudo a ver, pois o afã de trabalhar aos domingos é um dos cultos ao materialismo proposto pelo senhor deus dinheiro em detrimento ao Senhor Deus Verdadeiro que, se o amássemos devidamente nos proveria de tudo com abundancia total, como no caso dos lírios do campos, que não tecem nem fiam, no entanto nem Salomão assim se vestiu em sua gloria..
    Merecemos o título: homens de pouca - ou nenhuma - fé!;

    ResponderExcluir
  3. Programa católico "em frente" da TV Aparecida defende homossexualidade e recebe criticas, o que esse blog tem a dizer sobre o assunto?

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail