Somar Para Vencer! – o movimento

TEMOS PUBLICADO ALGUNS artigos e estudos de autores que colaboram com a nossa Associação São Próspero e também integram o movimento denominado Somar Para Vencer (SPV) – do qual eu mesmo, Henrique Sebastião, sou também um colaborador, dentro de minhas modestas possibilidades. Sobre a natureza e os objetivos deste movimento, meu dileto colega de estudos e irmão em Cristo, Igor Andrade, elaborou um texto exclusivo para uma breve apresentação do SPV aos leitores de O Fiel Católico. Segue:



É sabido que o sistema marxista é condenado pela Igreja, bem como o sistema liberal[1] – não é algo que parte do Corpo de Cristo enquanto Instituição, mas da própria natureza das coisas. Assim sendo, não convém a um cristão autêntico servir a tais ideologias. Ora Sua Santidade, o Papa Francisco, reafirmou diversas vezes que os cristãos têm o dever de se engajarem na vida política e não podem se omitir. Mas, se não “à direita” e nem “à esquerda”, para onde ir? Se nem uma ditadura do indivíduo e nem uma do coletivo, que sistema de governo é digno de ser apoiado por um cristão?

Devo avisar que a partir desse ponto não estamos falando mais da fé em abstrato, separada da realidade, muito menos de um dogma. Aqui entramos no uso da virtude cardeal da Prudência (leia a Introdução à Política da Prudência), que é a virtude que mostra o meio termo entre o individualismo e o coletivismo (ambos igualmente assassinos em potencial).

Essa “Direita” que emerge no Brasil tem – admito – alguns pontos positivos, como a quebra da hegemonia cultural da esquerda. Porém, trocar uma ideologia por outra não é nada além do que trocar o sujo pelo mal-lavado, aliás, a longo prazo, poderá ter efeitos muito mais devastadores que os que vemos hoje.

Pode parecer redundância ou preciosismo de minha parte, mas “Liberal Conservador” é uma contradição de termos; é o mesmo que dizer “o alto baixo” ou “o forte fraco”. Então, o que fazer? Olhando para a atual situação do nosso país e do mundo sob a ótica da Prudência, na Faculdade de São Bento de São Paulo surgiu o Movimento Somar Para Vencer, que não tem outro vínculo com a faculdade senão a amizade entre os membros e o espaço cedido para que se realizem os grupos de estudo. Sim, nós começamos os nossos trabalhos com estudos, analisando como acontecem e como surgiram os fenômenos que envolvem nossa sociedade.

O movimento não é religioso, embora muitos membros o sejam. Não excluímos quem não tem Jesus Cristo por único Senhor, muito menos forçamos à fé aqueles que ainda não descobriram o Caminho. Contudo, todos os membros do grupo têm plena consciência de que o Cristianismo construiu a Civilização Ocidental e, por isso, tem maior dignidade frente às outras religiões (seguindo pensadores como Roger Scruton, Theodore Dalrymple, etc.).

Além disso, o movimento tem “A Verdade como regra das ações” – expressão retirada da ampla obra deixada pelo pensador brasileiro Farias Brito e que se tornou lema do movimento, não pelo autor, mas pelo sentido da mensagem.

O pensamento do grupo (de modo geral) e de seus membros (de modo particular) está acima de qualquer ideologia e constantemente trazemos à análise aquelas posições políticas, sociais e econômicas que se autoproclamam com “salvadoras” nos momentos de crise.


Integrantes do SPV (Thiago Gehrmann, Moisés Lima, Igor Andrade, Felipe Marques, Vitor Matias Figueiró) ladeiam o Prof. Dr. Pedro Monticelli (ao centro, de jaqueta)

Conheça nosso site e nossa página no facebook e venha conosco Somar Para Vencer!

________
1. Não, a Igreja não é contra as liberdades individuais, nem contra a livre iniciativa, como disse o Papa Pio XI, encíclica Divini Redemptoris: 'O liberalismo preparou o caminho ao comunismo'. Ela é contra o materialismo que permeia ambas ideologias, para saber mais a respeito leia a Rádio Mensagem de Pentecostes de Pio XII
www.ofielcatolico.com.br

Um comentário:

  1. eu nao posso ser liberal em termos de economia e conservador em termos de moral . eu pensava assim .

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail