Camilianos arriscam suas vidas na luta contra o ebola


EM MEIO À EPIDEMIA de ebola na África ocidental, – com mais de 17 mil casos e 6 mil mortes, – voluntários continuam pondo em risco suas vidas para ajudar a combater a terrível doença. Entre eles estão os religiosos camilianos, em Serra Leoa. A ordem dos clérigos regulares ministros dos enfermos, ou simplesmente camilianos, foi fundada em 1590 pelo religioso São Camilo de Lellis, e é voltada à assistência espiritual e corporal dos doentes..

** Ler a matéria na íntegra
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail