Hangout sobre a Escolástica Tardia, hoje

CARÍSSIMOS LEITORES fiéis católicos, informamos que hoje, às 22h, horário de Brasília, se dará o primeiro hangout da editora Concreta, para o qual nos convida Renan Santos, o editor. Será uma conversa entre Marcus Boeira (Prof. de Filosofia do Direito da PUC-RS e coordenador do selo 'Coleção Salamanca'); Marcos Paulo Fernandes (Mestre em Teoria e Filosofia do Direito pela UERJ) e Flávio Lemos Alencar (autor de dissertação de mestrado pela UFF sobre a 'Defensio Fidei', de 1613, de Francisco Suárez, e sua crítica à teologia política de Jaime I), mediada pelo próprio Renan.

O tema do programa vai girar em torno da obra de Francisco Suárez que a Concreta quer lançar com a nossa ajuda: entre os temas, a vida e a obra do próprio Suárez; a Escola de Salamanca; a importância da Escolástica Tardia e seu diálogo com a Filosofia de S. Tomás; a questão do direito divino dos reis e a crítica de Suárez e do Cardeal Belarmino, entre outros. Perguntas podem ser enviadas até a hora do programa. Acesse neste link.
ofielcatolico.com.br

30 de Setembro, Dia de São Jerônimo, Dia da Bíblia


NESTE ÚLTIMO dia do mês que a Igreja dedica à Bíblia, celebramos a memória do grande “tradutor e exegeta das Sagradas Escrituras”: São Jerônimo, presbítero e doutor da Igreja. Nascido na Dalmácia por volta do ano 340, tornou-se conhecido como escritor, filósofo, teólogo, retórico, gramático, dialético, historiador, exegeta e doutor da Igreja...

** Ler o artigo completo
ofielcatolico.com.br

29 de Setembro, Dia de São Miguel Arcanjo


SÃO MIGUEL, do hebraico עברית, que significa "Quem [é] como Deus?", um dos maiores e mais honrados arcanjos da Igreja de Cristo. Príncipe da Milícia Celeste, Deus o tem como poderoso Comandante na grande guerra contra o mal. É um grande aliado dos santos da Igreja contra Satanás e seus demônios...

** Ler o artigo completo
ofielcatolico.com.br

Fraternidade Sacerdotal S. Pio X realiza ato público de reparação


A "FOTO DA SEMANA" do nosso parceiro "Fratres in Unum" retrata o dia (domingo passado, 21 de setembro/014) em que clero e fiéis da Fraternidade Sacerdotal São Pio X realizaram um ato público de reparação diante do Centro Cívico de Oklahoma City.

** Saiba mais aqui.
ofielcatolico.com.br

Corte inaugura “direito à blasfêmia” na França

Mais um sinal dos tempos: Corte francesa absolve feministas que invadiram Catedral de Notre Dame e condena os vigias “por violência contra as militantes”(!)




EM FEVEREIRO do ano passado, ativistas do movimento feminista Femen, famosas por suas exibições internacionais contra a Igreja Católia e contra a moral e os costumes cristãos, nas quais se apresentam sempre desnudas, decidiram comemorar a renúncia do Papa Bento XVI invadindo a Catedral de Notre Dame, em Paris, com inscrições ofensivas à religião e ao Sumo Pontífice em seus corpos. Além de todo o grande transtorno causado pela invasão do templo e pelo ultraje ao sentimento religioso dos católicos, presentes ou não, as militantes danificaram três sinos da igreja histórica com bastões de madeira, segundo informações das agências internacionais.

Agora, as últimas notícias reportam que as feministas foram absolvidas pelo ato na Notre Dame de Paris. Mais: a Justiça penal da França não só decidiu “inocentar nove ativistas do movimento feminista Femen”, como também “condenou três vigias da catedral que haviam tentado interromper a ação das militantes com multas que vão de 300 a 1000 euros (...) por violência contra as militantes”!!!

Não, você não leu errado. É isso mesmo! As ativistas invadiram a Notre Dame, profanaram a igreja símbolo do país, ameaçaram destruir patrimônio religioso, cultural e histórico, desrespeitaram violentamente os presentes, atentaram contra o pudor, e saíram impunes. Mas os vigias que tentaram contê-las (como se vê claramente nas fotos divulgadas à época, com muita suavidade) foram condenados, pelo tribunal de justiça daquele país, a pagar multas por não deixarem que as militantes “expressassem o seu pensamento”!!!

Perdoe-me o leitor, não sou do tipo que usa vários pontos de exclamação ao redigir, mas não posso evitá-lo, e terei que continuar, porque o absurdo não para por aí: a "justiça" francesa “considerou que não havia provas suficientes de que as ativistas houvessem danificado o sino” da igreja, e por isso foram integralmente absolvidas!!!

Vivemos tempos em que não há nenhum problema em se invadir e profanar uma Catedral, despir-se em público, gritar pesados palavrões contra os católicos e contra o Papa, vilipendiar o sentimento religioso… Contanto que os sinos da igreja não sejam destroçados! Está liberado entrar em templos religiosos e criar tumulto, afrontar pessoas, ridicularizar os sacerdotes, desacatar a autoridade do Papa, promover todo o vandalismo… Desde que não se danifique nenhum objeto do local!!!

Não há como não lembrar o que disse Nosso Senhor aos fariseus:

“Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: 'Se alguém jura pelo Templo, isto não é nada; mas se jura pelo tesouro do Templo, é obrigado pelo seu juramento'.” (Mt 23,16)

Do mesmo modo decretam agora os fariseus do século XXI. E os jornalistas que tratam da absolvição das jovens do Femen também parecem obcecados, apenas e tão somente, com os sinos. Diz a reportagem da BBC: “No julgamento, as militantes do Femen contestaram ter danificado o sino, alegando que haviam coberto os bastões de madeira com feltro...”!

Mas qual teria sido o contra-argumento do advogado dos representantes da Notre Dame, sobre o caso? Este, por sua vez, disse que essa proteção de feltro se descolou e que "as ativistas tocaram o sino com um bastão sem proteção”!

Sim! Todo o problema e todo debate gira em torno de saber se os sinos foram ou não danificados durante a invasão! Ninguém está preocupado com a profanação do templo, com a injúria ao sentimento religioso e ao próprio Deus! – A "justiça", então, "considerou que não havia provas suficientes de que as ativistas haviam danificado o sino”. Ora, quem é que pode se preocupar com um sino, ainda que de ouro, quando o santuário mais importante da França está sendo profanado?

“Insensatos e cegos! Que é mais importante, o ouro ou o Santuário que santifica o ouro?” (Mt 23, 17).

Em uma cultura materialista, pessoas não são capazes de enxergar nada além do que captam os sentidos físicos. Veem o ouro, mas já não conseguem contemplar a beleza do santuário. O edifício da igreja já não é nada mais que cimento e tijolos. Non est Deus: "Não há Deus, diz o tolo em seu coração" (Sl 53,1); não há mais nada sagrado e transcendente pelo que viver.

Os bárbaros dos nossos tempos já não são capazes de se elevar… Esqueceram-se completamente de que seus antepassados faziam o Sinal da Cruz ao passar em frente a uma capela; que trabalhavam duro para conseguir o pão de cada dia para seus filhos; que iam à Missa todos os domingos, pois tinham consciência de que se o SENHOR não cuidasse de suas casas e de suas cidades, em vão trabalhariam os construtores e vigiariam as sentinelas (cf. Sl 126,1). Então, para não mais lembrar que a Europa foi um dia cristã, eles, com impiedade animalesca, precisam pôr abaixo tudo o que lhes lembra este passado glorioso, quando os homens, justamente por adorarem a Deus, eram homens de verdade, de corpo e de alma.

Inna Schevchenko, uma das fundadoras do Femen, comemorou a sentença da Corte francesa. “É um bom exemplo para os outros países. Isso nos encoraja a continuarmos com nossa ação. Temos orgulho de saber que a blasfêmia é um direito e que não seremos condenadas por isso”, declarou.

Gemer e chorar neste vale de lágrimas, esperando que, depois deste desterro, Notre Dame (Nossa Senhora) nos mostre o Bendito Fruto de seu ventre. E pedir clemência, misericórdia, piedade. Mesmo sabendo que não merecemos.


Membro do mesmo grupo Femen, acompanhada de outros ativistas, derruba com motosserra um belíssimo crucifixo histórico no centro de Kiev, Ucrânia. Não. Ninguém fez absolutamente nada, nem para detê-los e nem para puni-los.



O tempora, o mores
! Para esta triste época, em que a blasfêmia é transformada em “direito civil”, nada mais resta senão suplicar ao Cristo Rei que suscite nos corações dos cristãos o amor a Deus e a bravura para lutar pela justiça, com coragem e determinação, até as últimas consequências, se preciso for. Que Nosso Senhor nos dê o empenho para, mais uma vez, salvar o Ocidente da barbárie.


• Com a equipe Christo Nihil Praeponere e BBC Brasil
ofielcatolico.blogspot.com

Receba O Fiel Católico em seu e-mail