A antítese do racismo

NO VÍDEO ABAIXO, o raciocínio de um homem esclarecido e sensato sobre o racismo. Argumento invencível. A fala, trecho da entrevista que o ator norte-americano Morgan Freeman deu a Mike Wallace, é um tapa na cara de um governo que tornou oficial o preconceito racial no Brasil, com leis e cotas que classificam pessoas conforme sua aparência física, num discurso falso, demagogo, hipócrita, – num país onde acima de 90% da população é composta de pessoas de raça indefinida. Aqui, praticamente não há raça pura; o que nos diferencia é a aparência. Suprema estupidez pretender classificar seres humanos segundo características físicas.

Preconceito é acepção de pessoas: o seu contrário é o tratamento igual para todos: é este o único antídoto e o único remédio. Parabéns, Mr. Freeman! Além de grande ator, o Sr. é um ser humano inteligente, que tem muito a ensinar às pessoas negras do meu país, que não só aceitam como também parecem gostar da pecha de eternos "coitadinhos" que o meu governo lhes impõe.


www.ofielcatolico.com.br

2 comentários:

  1. Aqui no NE é clássico um filho de negro rico, que só estudou em grandes escolas privadas, e que tirou uma nota baixa no ENEM, tomar a vaga nas Universidades Publicas, de filho de branco pobre, sem as mínimas condições financeiras, que só estudou em escolas publicas, e que obteve notas altas no ENEM.
    Não é raro de encontrar tal situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É injusto e ninguém diz nada. TÁ ERRADO DIREITOS IGUAIS!

      Excluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail