Padres católicos fiéis ao Papa sob ameaça na China


AINDA ESTE ANO, todos os padres na China deverão se registrar para receber um certificado oficial do governo que lhes permita exercer o seu Ministério. Tal pedido terá que passar pelo crivo da "Associação Patriótica 'Católica'" daquele país, órgão que na verdade existe para controlar a religião e cujos estatutos são incompatíveis com a fé da Igreja, já que o Estado admite o catolicismo, por assim dizer, pela metade, pois não permite a plena fidelidade ao Papa. Muitos sacerdotes chineses agora enfrentam um enorme dilema...

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail