Homilia de Dom José Chaves e apelo do Pe. Gian Paulo Ruzzi sobre a autorização do uso da imagem de Nossa Senhora no Carnaval

PASSOU O CARNAVAL, mais um. Graças ao Bom Deus, podemos agora, afinal, iniciar com empenho e seriedade o nosso ano de trabalho aqui em terra brasilis. Da ressaca que restou, fica a ferida não cicatrizada de mais uma ofensa, mais uma profanação à nossa fé sagrada, e pior – ainda muitíssimo pior e inaceitável – desta vez, com o aval da Igreja na pessoa de seus bispos e até a participação de sacerdotes. Quando os membros mais proeminentes da própria Igreja preocupam-se mais em contentar ao mundo do que em cuidar das ovelhas que se perdem no caminho, confusas, então é possível dizer que caminhamos a passos largos para alguma grande mudança no tecido da nossa realidade, tal como a conhecemos desde sempre. Todavia nem tudo estará ainda perdido, suspiraram muitos, quando "viralizou" na internet o vídeo de Dom José Chaves, bispo emérito de Uruaçu (GO) dizendo em alto e bom som, durante uma homilia, aquilo que a massa da maioria de (persistentes) fiéis católicos pensa. Diversos outros fiéis católicos –, padres e leigos –, também se manifestaram publicamente, como é o caso do Pe. Gian Paulo Ruzzi (Diocese de Campo Limpo, SP). Vídeos abaixo.

[Dom José Chaves entra no assunto em questão a partir dos 25min do vídeo]



Pe. Gian P. Ruzzi sobre o mesmo tema

www.ofielcatolico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail