Igrejas feias fazem mal para a alma – a importância da beleza estética na Liturgia para a evangelização


ASSIM COMO ACONTECE com a Verdade, a Beleza também não é relativa. Está aí um assunto que quase inevitavelmente provocará polêmica nos ambientes modernos, já que os ouvidos dos nossos tempos, profundamente doutrinados na ideologia socialista, não admitem desigualdade de espécie alguma – ainda que as desigualdades inegavelmente existam e sejam mais do que evidentes...

** Ler o artigo completo (com vídeo)
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail