Após protestos, Santander cancela exposição blasfema com incentivo à pedofilia e zoofilia

Imagem veiculada nas redes sociais

ATUALIZANDO A NOTÍCIA, apenas um dia após a nossa publicação anterior, o Banco Santander encerrou a exposição "queermuseu", que continha um pavoroso conjunto de obras blasfemas e clara apologia à pedofilia e zoofilia, um mês antes do previsto. O motivo foi uma enxurrada de manifestações, protestos e mensagens de repúdio enviadas àquela instituição...

** Ler a matéria na íntegra
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail