Leitor protestante entende que não há problema com as imagens sacras. Mas...


RECEBEMOS DE UM LEITOR anônimo a mensagem que reproduzimos logo abaixo, seguida de nossa resposta, para o esclarecimento de tantos quantos pudermos atingir. Deus nos ajude a servi-lo cada vez melhor.

Eu li esse texto e outros sobre as imagens. Concluí que, diferente de como eu pensava antes, não há problema em tê-las e honrar as pessoas nelas representadas. Porém agora como está em alta o assunto dos 300 anos de Aparecida, acabo me deparando com séries especiais e não estou entendendo muito... Vocês falam que não acreditam que a imagem em si tenha algum poder, o que seria superstição e idolatria, conforme o 1° mandamento e o catecismo, mas eu tenho visto afirmações como ''a área onde a capela foi erguida foi uma sugestão de um dos padres da época - para eles, do local, a santa poderia abençoar toda a cidade.'' Então na prática há uma crença sim que da imagem emana algum poder de benção cura, o que é evidenciado pelas peregrinações em busca de milagres... Também não entendo, visto que defendem como ícones, o fato de algumas imagens chorarem, aparecerem 'misteriosamente', aparições de 'Maria' pedindo templo em honra a ela mesma...

** Ler a nossa resposta
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail