É preciso reavivar o nosso maravilhamento pela Eucaristia: 'o Amor Divino Encarnado'

QUANDO A HISTÓRIA da liturgia pós-conciliar for escrita, as figuras do Papa São João Paulo II e do Papa Bento XVI serão recordadas como gigantes: João Paulo II como o místico, Bento XVI como seu fiel e genial colaborador e homem de uma grande capacidade de contemplação e de interioridade espiritual...

Receba O Fiel Católico em seu e-mail