O pecado da gula


TALVEZ A PRIMEIRA coisa importante a se dizer sobre este pecado seja que, hoje em dia, este simplesmente não seja mais levado a sério. A tendência geral é levar o assunto na brincadeira: as pessoas acham “engraçadinho” ser guloso e comer demais. Segundo depoimento do nosso bom amigo, o Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, quase ninguém mais confessa o pecado da gula. Acham que isso nem é mais pecado...

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail