Antes e depois da Confissão


Nota do autor – esse texto nasce de simples reflexões pessoais a respeito do valor do Sacramento da Confissão, –, que é tão banalizado e desprezado hodiernamente –, após eu mesmo me confessar com um sacerdote santo que deu-me excelentes orientações e foi-me um verdadeiro pai. Caro leitor, estamos na Quaresma, eis o tempo de conversão. Volte para Deus, arrependa-se, confesse-se!..

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail