Por Padre Ricardo de Barros Marques

NUMA CERTA CIDADE do Brasil, um tal de Conselho Tutelar proibiu que menores de 18 anos ajudem na quermesse da paróquia(!). Tempos atrás, o Ministério Público de um certo Estado disse que tudo bem crianças verem uma exposição de obras eróticas chamadas de arte. Adolescentes aprendendo o voluntariado, num ambiente familiar e religioso, não pode. Crianças e adolescentes sendo erotizados, pode. Se você ainda não entendeu que vivemos em tempos de inversão de valores respaldada por um certo ativismo jurídico, nem gente você é.

** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!
www.ofielcatolico.com.br

2 comentários:

  1. É isso mesmo. Esses órgãos governamentais que não passam de plêiades cartorárias maçônicas, são o que mais vil e repugnante amordaçam o sagrado no Brasil e também em muitos países no mundo. Cada vez menos o sagrado tem espaço e cada vez mais o humanismo/judaísmo/sionismo/maçônico terá de avançar para concretizar o triunfo da Religião Universal. Os planos estão sendo erigidos diante de nossos olhos, mas são tão poucos que entendem.

    ResponderExcluir
  2. Essa inversão dos valores já está explicitamente agressiva. E o pior é que atingiu o nível da magistratura! O que antes vinha sendo ministrado com conta-gotas hoje nos é empurrado goela abaixo. Já basta de engolirmos tantos sapos!

    Olhem que bizarro o nominalismo da OMS que se rende às pressões do movimento LGBT. Agora a situação de um homem, por exemplo, que se ache uma mulher e queira insanamente amputar o seu órgão genital não é mais classificada como transtorno ou distúrbio mental, enquanto que jogar vídeo-game em demasia passou sê-lo:

    https://www.opovo.com.br/noticias/saude/2018/05/apos-28-anos-oms-vai-atualizar-classificacao-de-doencas-e-reformular.html

    E mais essa da ex-presidente da Irlanda que não se contenta em não ver o Catolicismo minado por completo em seu país e no mundo:

    https://pt.aleteia.org/2018/06/27/segundo-a-ex-presidente-da-irlanda-o-batismo-de-bebes-viola-direitos-humanos/

    Os loucos estão no poder, e pela injustiça aprisionando a verdade (cf. Rm 1,18), querem que os sãos se adequem à sua loucura.

    "Será que realmente fazeis justiça, ó poderosos do mundo? Será que julgais pelo direiro, ó filhos dos homens? Não, pois em vossos corações cometeis iniqüidades, e vossas mãos distribuem injustiças sobre a terra." (Sl 57,2,3)

    "Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem, mal, que mudam as trevas em luz e a luz em trevas, que tornam doce o que é amargo, e amargo o que é doce." (Is 5,20)

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail