Dilma em Roma: pura politicagem

Será que na visita o Papa a ensinou a usar a pulseirinha contra "olho-gordo"?

"COTURNO NOTURNO" - Favorável ao aborto, comunista até os ossos e ateia, - ao ponto de intitular Nossa Senhora como "deusa" e fazer Sinal da Cruz ao contrário, - Dilma Rousseff foi ao Vaticano, numa patética tentativa de ganhar pontos com a Igreja Católica e seus fiéis.

A viagem não foi de fé. Foi uma viagem política, paga pelos cofres públicos. Não havia nenhum chefe de Estado presente no Consistório que sagrou 19 cardeais, um deles brasileiro. Nenhum mandatário, em sã consciência, torra dinheiro público neste tipo de evento. Dilma foi levar camiseta de time de futebol e um convite para o Papa visitar a Copa, algo que beira a imbecilidade diplomática. O país inteiro pagou a conta. Tanto que até mesmo o Jornal Nacional teve vergonha de colocar no ar a visita politiqueira de uma presidente em franca decadência. O que mais fará Dilma Rousseff, depois de ter ido até ao Papa em busca da popularidade perdida?

___
Fonte:
"Blog do Coronel" ('Coturno Noturno'), disponível em:
http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2014/02/dilma-em-roma-foi-pura-politicagem.html
Acesso 24/2/014
ofielcatolico.blogspot.com

Um comentário:

  1. Essa muié não é digna de espalhar o seu fedor no Vaticano, sede da Santa Igreja de Nosso Senhor Deus, Jesus Cristo.
    Irlei Geraldo da Silva

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail