Oração para obter o perdão do pecado da impureza e da pornografia, e para não voltar a cair neles


Por Henrique Sebastião

 NESTES TEMPOS INSANOS, um pobre leigo pecador e indigno como eu torna-se diretor espiritual. Alguns me procuram pedindo conselhos e, na medida de minhas pequeninas forças, tento ajudar. Vivo uma vida só de lutas, de cair e levantar, portanto posso dizer, ao menos isto, que tenho experiência na batalha.

Padre sedevacantista será sagrado Bispo para a América Latina

 NA ÚLTIMA PARTE de nossa série sobre as posições dos diferentes grupos que nos propõem soluções para a gravíssima crise que assola a Igreja nos nossos tempos – com os múltiplos problemas práticos que derivam daí – definimos em linhas gerais o crescente movimento sedevacantista (a 'terceira posição' – saiba mais). Nesta mesma postagem, citamos o padre Padre Rodrigo Henrique Ribeiro da Silva (Seminário São José) como destacado representante do sedevacantismo no Brasil. Apenas duas semanas depois, veio a notícia de que este mesmo sacerdote será proximamente (aos 29 de setembro deste 2021, Festa de São Miguel Arcanjo, na Capela St. Gertrude the Great, em Cincinati, Ohio – EUA) sagrado bispo para a América Latina, por D. Mons. Daniel Dolan, bispo norte-americano de longo histórico de resistência ao concílio Vaticano II.


A notícia, como não poderia deixar de ser, teve repercussão nos meios tradicionalistas, já que um bispo  sedevacantista representará, sem dúvida, um avanço considerável para o movimento, não só no Brasil  e América Latina como também em âmbito mundial, por motivos óbvios. Mas deixemos essa questão para momento oportuno. De momento, queremos apenas responder aos que nos perguntam quem é este padre e qual a sua história. Para tanto, nada poderia ser mais honesto do que disponibilizar aqui acesso ao seu próprio testemunho pessoal, no qual compartilha publicamente os motivos que o levaram a assumir a posição sedevacantista. Independente de qualquer coisa, sua história é interessante e retrata bem o que têm vivido milhares de vocacionados ao sacerdócio nestes dias de loucura.


Francisco convoca institutos tradicionais a Roma: prenúncio de uma nova investida contra a Tradição católica


FRANCISCO CONVOCOU os superiores da Fraternidade de São Pedro (FSSP), Instituto de Cristo Rei Soberano Sacerdote (ICKSP), Instituto do Bom Pastor (IBP) e outras sociedades que celebram a Missa Tridentina para se encontrarem com ele em Roma no próximo mês de setembro.

Sacerdote adverte contra a 'falsa igreja, que parece católica, mas está alinhada ao Anticristo!'

MAIS UM SANTO sacerdote do Altíssimo reconhece os tempos de apostasia em que vivemos e a existência de "duas igrejas" que hoje ocupam os espaços da verdadeira e única Igreja de Cristo. Eis aí o padre Bráulio d'Alessandro (Paróquia Santo Antônio de Pádua, Várzea Grande/MT), uma clara resposta do Céu às orações dos fiéis católicos que padecem pelo mundo nestes dias de loucura. Ele não pode dizer diretamente certas verdades, para não ser punido e impedido justamente pelos poderes da falsa igreja, a qual é dominante. Mas não se deixe enganar pelo manso sotaque mineiro: aí está um verdadeiro herdeiro dos Apóstolos.

Atualização (23/8): melhora o estado de saúde de Dom Raymond Cardeal Burke

V. Ema. Revma., Cardeal Raymond Burke, e Henrique Sebastião, diretor de O FIEL CATÓLICO e da FLSP

INFORMA O PORTAL La Crosse Tribune que a condição de saúde do Cardeal Raymond L. Burke, hospitalizado por Covid-19, após agravar-se (sendo que ele já havia recebido os Sacramentos para que, se assim quisesse Deus, pudesse morrer bem), teve uma resposta positiva, com uma inesperada melhora do seu quadro de saúde.

Sua eminência foi retirado da ventilação e transferido da UTI para um quarto hospitalar comum, anunciou sua família por meio do Twitter. Uma postagem nessa rede pelo Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe deu conta de que Burke falou com sua irmã por telefone em 21 de agosto, expressando “sua profunda gratidão pelas muitas orações oferecidas em seu nome”.

A família pede que continuem a se fazer orações contínuas pela “recuperação completa e rápida” do Cardeal, e declara sua gratidão a Deus pelos cuidados médicos “excepcionais” que ele recebeu.

Eu tive a imerecida alegria de conhecer e conversar com este verdadeiro leão da Igreja – um dos quatro corajosos Cardeais das Dubia – quando ele esteve em visita ao Brasil, em 2017 (parece que foi ontem...). De fato eu o assessorei, junto com colegas da editora Molokai, no Hotel Renaissance (São Paulo, SP) para a sua palestra de lançamento do livro "O Amor Divino Encarnado".

Rezemos para que Dom Burke se restabeleça para continuar a sua luta (eu lhe pedi pessoalmente que rezasse e lutasse por nós, e ele me devolveu o pedido). Em todo caso, leitor, peço ao leitor que se junte comigo nesta súplica:

"Ave Maria...

Pai Nosso... 

SENHOR, Pai Santo, Deus Eterno e Todo-Poderoso, que animais e fortaleceis com a vossa bênção a nossa frágil condição, olhai com bondade para este vosso servo doente, de modo que, vencendo a enfermidade e recuperando a saúde, possa bendizer o vosso santo Nome com renovada alegria e gratidão. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na Unidade do Espírito Santo. Amém"

Que deve fazer o fiel católico nestes tempos de crise e apostasia? – parte 4 | terceira posição: O sedevacantismo


Leia a parte anterior desta série

TRATAMOS NESTA SÉRIE sobre as diferentes posições que se apresentam aos fiéis católicos frente à crise terrível que assola a Igreja, a qual, no meu entendimento, já avançou muito além da condição de mera crise, assumindo as principais características daquilo que podemos esperar da grande apostasia, profetizada desde os tempos antigos e descrita até mesmo no novo Catecismo.

Que deve fazer o fiel católico nestes tempos de crise e apostasia? – parte 3 | segunda posição: "Reconhecer e resistir"


Leia a parte anterior deste estudo

NA ÚLTIMA PARTE DESTA SÉRIE, apresentamos a postura daqueles católicos que, diante da grande crise – ou da grande apostasia em que estamos já inseridos, conforme demonstrarei mais adiante – escolhem portar-se como se tudo estivesse bem e nada houvesse de muito errado acontecendo na Igreja. Para estes, como vimos, o problema simplesmente não existe, a não ser na cabeça de fanáticos “rad trads”[1]. O Papa atual, como Vigário de Cristo sobre a Terra, deve ser respeitado e obedecido sempre e em qualquer caso. "Falar mal do Papa" é pecado, e só tocar no assunto já é uma coisa terrível; quem pensa nessas coisas absurdas deveria se converter e procurar urgentemente um padre para se confessar.

Série Reações ao Motu Proprio Traditionis Custodes – a análise do Centro Dom Bosco

PROF. PEDRO AFFONSECA, do Centro dom Bosco, analisou algumas das questões que, em sua visão, estão entre as principais envolvendo toda a polêmica da perseguição à Missa de sempre, confrontando a atitude de Francisco com as de São Pio V e Bento XVI em seus documentos pontifícios. Assista:

Série Reações ao Motu Proprio Traditionis Custodes – explanações de Dom Sanborn

UMA HOMILIA que vale por uma aula, proferida pelo Revmo. Sr. Bispo, Dom Donald J. Sanborn, reitor do Seminário da Santíssima Trindade (Brooksville, EUA). Em que pesem e inevitavelmente gerem polêmica alguns argumentos sedevacantistas, dificilmente sua linha de raciocínio e sua fundamentação histórica-teológica poderão ser refutadas. Vale a pena assistir.


'Missa de sempre' – Faz sentido essa expressão?


Por Igor Andrade e Henrique Sebastião

“HÁ MALES QUE VEM PARA O BEM”, diz o ditado. O motu próprio “Traditionis Custodes”, publicado no dia 21 de julho (2021), e a carta que o acompanha, geraram um rebuliço enorme em torno do tema “Missa tridentina”, e aqui aproveitamos a ocasião deste momento de grandes disputas para explicar certas coisas que sempre ficam subentendidas e incomodam os mal entendedores (para os quais meia palavra não basta).

Oportunidade para adquirir belas réplicas artesanais de ícones sobre madeira

SALVE MARIA, FIEL CATÓLICO! Queremos hoje anunciar a todos os nossos leitores um trabalho iniciado recentemente pelo prof. Igor Andrade – membro destacado deste apostolado – juntamente com a sua futura esposa, especialmente com a finalidade de obter ajuda financeira para cobrir as dispendiosas contas do casamento próximo. São réplicas de ícones sobre madeira (amostras abaixo, outras imagens podem ser solicitadas, à escolha do comprador), produzidos artesanalmente e com muito carinho por católicos devotos. Pedimos a todos aqueles que puderem, que colaborem adquirindo uma destas peças, e também que rezem por este matrimônio. 

Pedidos podem ser solicitados por WhatsApp: https://wa.me/message/KN6REG3IFIM2I1


• Instagram: https://instagram.com/lojasponsa

• E-mail igordeandrade3@gmail.com




Os Santos Arcanjos

Traslado da Santa Casa (Casa da Sagrada Família ou de Nossa Senhora)

São Lucas escrevendo (diz-se escrever e não pintar ícones) a Theotokos

Ícone de nosso Santo Padroeiro, São Próspero de Aquitânia (ou Tiro Próspero)


Série Reações ao Motu Proprio Traditionis Custodes – Dom Athanasius Schneider se pronuncia

Que deve fazer o fiel católico nestes tempos de crise e apostasia? – parte 2 | primeira posição: "Tudo está bem"


→ Leia a primeira parte deste estudo

QUE VIVEMOS TEMPOS de imensa confusão, com "pastores" que agora atiram suas ovelhas aos lobos ao invés de protegê-las, e fiéis desorientados errando por toda parte, sem saber a quem recorrer ou o que está acontecendo com a Igreja (e outros tantos perdendo a Fé), eis um fato já reconhecido, praticamente pela totalidade dos católicos ditos "tradicionais" (um termo inadequado, de fato) ou por aqueles minimamente bem formados.

Sermão histórico de Dom Marcel Lefebvre (1988) legendado

EIS O SERMÃO HISTÓRICO de S.E.R. Monsenhor Marcel Lefebvre em Êcone, por ocasião das sagrações episcopais que estava a administrar aos 30 de Junho de 1988, numa "operação de sobrevivência" para a verdadeira Igreja de Cristo, como ele mesmo disse, em vídeo legendado. Suas palavras proféticas, a muitos dos nossos contemporâneos parecem mais atuais (e necessárias) do que na época e que foram proferidas.

Diante da coragem e da fidelidade deste verdadeiro herói da Fé, impressiona-nos como é possivel qe ainda existam tantos que se preocupem com o fato de esses padres não estarem "em plena comunhão com Roma", sendo que tantos e tantos adoradores de ídolos, fornicadores, pederastas, hereges e blasfemadores de toda espécie o estão. Mil vezes com o santo bispo Lefebvre e a Igreja de sempre do que com muitos dos satânicos "padres conciliares" e sua nova igreja...


Série Reações ao Motu Proprio Traditionis Custodes – Sermão do Padre François Chazal (MCSPX)

Série Reações ao Motu Proprio Traditionis Custodes – Sermão de Dom Lourenço Fleichman OSB

Que deve fazer o fiel católico nestes tempos de crise e de apostasia generalizada? – parte 1


Por Henrique Sebastião

E EIS QUE O PAPA proibiu a Missa. "Não é bem assim", dirão alguns; "ele não proibiu, só dificultou, deu  uma 'maior responsabilidade' sobre a questão aos bispos" e "etc., etc."... 

Reações ao Motu Proprio 'Traditionis Custodes': Instituto do Bom Pastor, coerente com aquilo que sempre pregou, propõe o 'reconhecer e resistir'

NO MEU ENTENDIMENTO (aqui fala Henrique Sebastião, fundador deste apostolado), este foi o mais equilibrado, sensato e coerente pronunciamento feito da parte dos grupos que defendem a legitimidade do papado de Francisco, até agora (19/7/2021), vídeo abaixo. Irretocável a postura do Revmo. Padre Daniel Pinheiro, IBP. Reconhecer e resistir, eis a proposta, diga-se de passagem, a mesma da Fraternidade Sacerdotal São Pio X e dos grupos leigos que vêm desempenhando uma atuação relevante nestes nossos tempos, como o Centro Dom Bosco. Temos outros pontos de vista e outras reações diferentes, que buscam igualmente fundamentar-se na Tradição, no Magistério e nas Sagradas Escrituras, as quais veremos em seguida.

Francisco decreta, na prática, fim da Missa tridentina: poder total aos Bispos diocesanos


A PARTIR DE AGORA já é oficial: Francisco, em acordo com Bispos de diversas partes do mundo, mudou as normas que regem o uso do Missal de 1962, o qual fora liberado por Bento XVI (como 'Rito Romano Extraordinário') há catorze anos. Foi publicado nesta sexta-feira (16/7/2021) o novo motu proprio, intitulado "Traditionis custodes", acompanhando-o uma carta na qual se apresentam as razões dessa decisão. 

Obra imperdível desnuda o programa de subversão ideológica em pleno curso no Brasil e no mundo – somente para leitores audazes


EM 1983, O EX-AGENTE do Comitê de Segurança de Estado da União Soviética (KGB), o linguista Yuri Aleksandrovich Bezmenov, desnudou e expôs ao mundo os quatro estágios básicos do programa de subversão ideológica que vinha sendo executado ao longo de décadas pelo movimento comunista internacional contra o chamado mundo livre. A erosão dos fundamentos da sociedade ocidental conta, invariavelmente, com a implantação do relativismo moral e com a manipulação dos significados das palavras. Qualquer semelhança não é mera coincidência: esse programa continua em pleno curso, a todo vapor e mais forte do que nunca, em nosso país e em todo o mundo.

Estão atrás de nossas crianças!

ESTE FOI PROVAVELMENTE o vídeo mais assustador que eu já assisti em toda a minha vida. Assustador por ser totalmente real, porque nos apresenta e nos lança em face o que está acontecendo agora, neste exato momento, com as nossas crianças, em um processo que parece irreversível. Que é, humanamente falando, irreversível. Eles têm tudo: todos os canais, todas as instituições, todas as ferramentas, todas as armas e munições. Eles tem dinheiro, tem o Burger King, tem a Netflix e todos os outros. Eles encontram todas as portas abertas e contam com todos os poderes do mundo ao seu favor, neste momento. O simples falar contra eles é crime, e se você tentar, será cancelado, processado, preso.

A mensagem do vídeo é totalmente verdadeira e apavorantemente sincera; sim, aí está o mais aterrador: eles não precisam mais disfarçar, não precisam mais conspirar ocultos nas sombras, como faziam antes. Agora eles podem falar abertamente, assumir publicamente o que estão fazendo com os nossos filhoscom as nossas famílias, porque sabem que não sofrerão nenhum tipo de represália, a não ser alguma débil tentativa, perdida aqui e ali, alguma voz fraca – como a minha – que tenta alertar à multidão que erra nas trevas, como que num sonambulismo sem fim. E essas vozes pequenas serão impiedosamente caladas, como já estão sendo, até que não reste mais nenhuma delas.

Em outros tempos, o grande adversário destes demônios seria a Igreja. O Vigário de Cristo, do alto de sua autoridade divinamente herdada, ergueria poderosamente sua voz, alertando às famílias, aos governos do mundo, aos cristãos e a todos os homens de boa vontade. Hoje, porém, o papa (?)  mesmo parabeniza  os padres que instrumentalizam a Fé e usam a Igreja para promover esta mesma agenda diabólica e revolucionária. Sim, o nosso "papa" está a favor de tudo isso. Diga-se aliás, a bem da verdade, que é ele um dos maiores promotores de toda esta agenda revolucionária no mundo.

Eis o castigo, eis a grande dor. Eis aí a grande apostasia. Estamos agora, como talvez nunca antes em toda a História, completamente à mercê da Divina Providência e da Misericórdia de Deus. Não há político conservador que nos possa salvar. Os bons são fragorosamente vencidos, todos os dias; o mal triunfa, cada vez mais irresistível. Nossas forças se esvaem. Valei-nos, São Miguel! Protegei-nos com vossa espada, que  o inimigo é forte demais para nós! Rogai por todos nós, que somos pecadores, ó, Mãe do Céu, Nossa Senhora das Vitórias! Salvai-nos, Bom Jesus, Pantocrator, que confiamos somente em Vós!


Padre que leu o original do Terceiro Segredo de Fátima concedeu uma entrevista reveladora

O PADRE MALACHI MARTIN Martin foi um dos pouquíssimos que tiveram acesso direto ao texto original do Terceiro Segredo de Fátima. Isto aconteceu quando ele era assessor eclesiástico do Cardeal Augustin Bea. Na entrevista concedida ao jornalista norte-americano Art Bell, vídeo abaixo (programa 'Coast to Coast'), ele fez algumas revelações bastante intrigantes. A entrevista, dada em;13 de julho 1998, legendada em português é uma raridade.




Ecumenismo ou negação da Fé cristã?

'Negação de S. Pedro', por Caravaggio (1610)


O ECUMENISMO, EM SI mesmo, não precisa representar um mal ou uma traição à Fé cristã verdadeira. Mas para que quaisquer esforços em prol do ecumenismo e de uma fraternidade universal sejam viáveis para os católicos, é preciso que tais suponham a unidade e a exclusividade da Verdade. O que passar disso, ainda que se chame confusamente de "ecumenismo", não passaria de uma outra forma para expressar o velho e herético sincretismo de sempre.

São Thomas More: exemplo para todo leigo católico



NESTES NOSSOS DIAS de confusão, quando a Igreja parece errar por descaminhos, quando a Barca de S. Pedro parece prestes a naufragar em águas sórdidas e quando os herdeiros dos Apóstolos parecem debandar quase que em sua totalidade pelo caminho de Judas, muitos nos perguntam o que podemos fazer nós, leigos, pelo bem da Igreja. Este dia 22 de junho, data em que a Igreja celebra a Festa de São Thomas More – leigo modelar para nosso apostolado, assim como nosso Patrono São Próspero de Aquitânia – é um momento mais que oportuno para refletir a respeito. Com a palavra, o prof. João Carlos Bulla:

Bênçãos aos pares homossexuais nas igrejas e a Missa tradicional: os dois pesos e as duas medidas de Francisco


Por Henrique Sebastião (Frat. Laical S. Próspero),
com excertos de 
Tommaso Scandroglio (La Nuova Bussola Quotidiana)


TENTEMOS COMPARAR o fenômeno dentro da Igreja alemã, com reflexos já no Brasil e em diversas partes do mundo, do escândalo das bênçãos de pares homossexuais e o da provável decisão da Santa Sé de travar o direito de celebrar segundo o Vetus Ordo (Missa tridentina).

Francisco vai realmente acabar com a Missa tridentina?


JÁ HÁ ALGUNS DIAS a notícia vem sendo veiculada em diversas mídias, católicas e laicas, mas, como não havia confirmação oficial, entendíamos por bem manter prudente silêncio a respeito, até agora. Todavia, se o que temos por enquanto não é ainda definitivo, por outro lado se baseia em fontes confiáveis, e o assunto já merece ser comentado.

Corpus Christi – Corpo de Cristo: origem, natureza e importância

Por Felipe Marques – Frat. Laical São Próspero

É INCRÍVEL PENSAR que, mesmo depois de tanto tempo desde a Instituição da Santa Eucaristia na Santa Missa de Lava-pés (A Santa Ceia de Cristo com seus Apóstolos logo antes da Paixão) e mesmo depois de tantos séculos que os Apóstolos, bispos e demais discípulos de Cristo têm fielmente preservado a tradição de fazer aquilo que Jesus pediu como é narrado por São Lucas “...Fazei isto em Minha memória...” (22, 19), muitos ainda desconfiem das palavras do Salvador: “... isto é o MEU CORPO... este Cálice é a Nova Aliança em MEU SANGUE, que é derramado por vós...” (São Lucas 22, 29 – 20).

Por que Roma se separou das demais igrejas?


PARA ENTENDER A RESPOSTA, é preciso entender primeiro que, quando falamos em Igreja, precisa ficar clara a distinção entre a Igreja Universal (Católica, neste sentido) e as igrejas particulares (dioceses, patriarcados,  etc.). Tanto que os ortodoxos até hoje professam a fé na Igreja "Una, Santa, Católica e Apostólica", como nós.

Hipócrita, coração miserável – reflexões sobre a morte de Paulo Gustavo, a morte de Bruno Covas, as infidelidades dos nossos padres e outras


Prof. Igor Andrade – Frat. Laical S. Próspero


AO CONTRÁRIO do que muitos professores de história ensinam, a noção de igualdade entre as pessoas é muito anterior à Revolução Francesa, que consagrou os modernos parâmetros que regem a Campanha da Fraternidade, digo, que consagrou os modernos e corruptos conceitos de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

O Inferno, a região ou mansão dos mortos, o Hades, o Sheol, o Purgatório... O que significam todos esses termos na Bíblia?


O GRANDE PROF. SCOTT HAHN, ex-ministro protestante convertido ao catolicismo e grande autoridade internacional em Sagradas Escrituras, respondeu ao vivo, durante sua participação no programa do Marcus Grodi, outro ex-pastor que se tornou católico (sim, são muitos os casos deste tipo nos E.U.A. – saiba mais aqui), à pergunta de uma telespectadora sobre o Inferno. Mediante a resposta dada por Hahn, recebi eu uma pergunta sobre as relações feitas pelo Professor (assista o vídeo ao final) entre o Sheol (ou Xeol) citado na Bíblia, o Inferno e o Purgatório. Compartilho aqui publicamente a resposta dada, na esperança de que seja útil para outros. Segue...

Padre Paulo Ricardo ao vivo: 'Basta abrir o olho para ver que estamos na grande apostasia!'


DECLARAÇÕES DO PADRE PAULO RICARDO, ditas com todas as letras, em sua live de segunda-feira (10/5/2021):

Não precisa do terceiro segredo (de Fátima) [...] e nem do Catecismo (n. 675) [...] para ver a grande apostasia. Basta abrir o olho para ver a grande apostasia! Se você ainda vive no mesmo mundo em que eu vivo... Pelo menos eu enxergo a grande apostasia. (aos 48:41 do vídeo)

Que nós já estamos diante de uma grande apostasia, acontecendo diante dos nossos olhos, disso não há dúvida nenhuma. (50:40)

Revista O FIEL CATÓLICO digital: uma promoção imperdível!


CARÍSSIMOS IRMÃOS EM CRISTO e diletos leitores, anunciamos agora uma boa novidade que nosso apostolado preparou para facilitar a ampliação dos seus conhecimentos sobre catolicismo!

Estamos disponibilizando o pacote com a coleção completa da nossa já célebre revista O Fiel Católico (formato digital), em uma pasta contendo todas as 42 revistas, mediante uma colaboração de valor realmente acessível:  R$50,00* pelo pacote completo, em pagamento único (o exemplar sai por menos de R$1,20).

Deste modo, você tem a possibilidade de nos ajudar concretamente a continuar trabalhando nas atualizações desta página e em todos os nossos projetos de evangelização e adquire uma coleção que será realmente útil para a sua formação cristã.





_____
Para esta promoção é válido também o pagamento via depósito ou transferência bancária para:
** Banco Bradesco – agência 0370 | Conta poupança: 100.1272-4
*** Caixa Econômica Federal – agência: 1618 | Conta poupança: 100.588-4
(em nome de Luiz Henrique Silva Sebastião / 094.400.878-03)


'Caminho sinodal' alemão é heresia, negação pública da Fé católica e cisma com a Igreja de Cristo: que fará agora o Papa?

DESDE O FIM DO ANO 2019, quando a Conferência Episcopal Alemã iniciou o movimento denominado "caminho sinodal", boa parte do clero alemão, acompanhado por um número relevante de fiéis leigos, passou a caminhar a passos largos em direção ao cisma. A simples leitura dos instrumentos de trabalho e das quatro principais áreas dos trabalhos sinodais (poder e divisão de poderes na Igreja; moral sexual; vida sacerdotal na atualidade; mulheres nos serviços e ministérios da Igreja) evidencia o objetivo deflagrado de destruição da família e do sacerdócio católico.

A situação de agravou sensivelmente no último mês de abril, quando, em resposta ao posicionamento do papa Francisco e da Congregação para a Doutrina da Fé quanto à impossibilidade de concessão de bênçãos a duplas homossexuais e demais uniões ilícitas segundo a Lei da Igreja, um número relevante de sacerdotes alemães, acompanhados de diáconos e fiéis leigos, totalizando 2.500 pessoas envolvidas, acabou por convocar para o dia 10/5/2021 (próxima segunda-feira), às 19h, a chamada "bênção dos apaixonados", orientada especialmente para abençoar publicamente centenas de pares homossexuais e outras pessoas em situação irregular.

Como esse acontecimento afeta a Igreja Católica no mundo e também no Brasil e o que podemos fazer para evitar que incorramos nos mesmos erros são as principais temáticas abordados por Pedro Afonseca, nosso dileto irmão em Cristo do Centro Dom Bosco, na conferência que pode ser vista no primeiro vídeo abaixo. No segundo, Dom Athanasius Schneider concede entrevista ao mesmo Centro, tratando sobre o mesmo tema, na qual disse o óbvio. E hoje vivemos tempos nos quais, quando um clérigo diz o óbvio, surpreende a todos, como nestes casos:

"Tudo agora vai depender, no final das contas, do Papa. Como ele vai reagir? Pois ele tem a plenitude de poder que Cristo lhe deu, exatamente para proteger toda a Igreja [...] da heresia" (6:55).

"Precisamos de uma intervenção urgente do Papa mesmo, porque este é o seu papel primeiro, e que ele faça uma espécie de profissão de Fé, uma fórmula, incluindo a negação destes erros, e exigir que esta profissão de Fé seja proferida por todos os bispos e sacerdotes" [24:38]



Padre Lodi da Cruz toma uma atitude e sai à frente!





Compartilhe em suas redes!


Tempo Pascal!




O TEMPO PASCAL compreende cinquenta dias (do grego Πεντηκοστή = pentēkostḗ = pentecostes), que são vividos e celebrados como um só dia – o grande Domingo de Páscoa, e compreende justamente "os cinquenta dias entre o domingo da Ressurreição até o domingo de Pentecostes. Devem ser celebrados com alegria e grande júbilo, como se se tratasse de um só e único dia festivo, como um grande Domingo" (Normas Universais do Ano Litúrgico, n. 22).

Páscoa da Ressurreição do Senhor e nossa




CHEGOU A DATA mais importante do calendário cristão. É o dia de celebrar O Dia do Sacrifício Redentor de Nosso Senhor Jesus Cristo pela salvação de nossas almas! É o dia da Consumação das Sagradas Escrituras, dia do cumprimento da Promessa e do Plano divino de Salvação; dia em que ganhamos, de presente, por Amor e por Graça, a Vida eterna.

Santa Sexta-feira da Paixão do Senhor


HOJE É UM dos dias mais importantes de todo o calendário cristão. É o dia de celebrar o Sacrifício Redentor de Nosso Senhor Jesus Cristo pela salvação de nossas almas...

Vivência da Semana Santa, o Tríduo Pascal e o ápice do Ano Litúrgico, a Páscoa da Ressurreição


Por Felipe Marques – Frat. Laical São Próspero

A LITURGIA É TODO culto público da Igreja, dado a Deus. A Liturgia é a forma que Deus escolheu para agir na História (perpetuar na História o Mistério da salvação) desde Pentecostes até a Parusia (fim do tempo da Igreja e fim da História). Estas definições estão carregadas de significado, principalmente neste tempo oportuno de conversão que é a Semana Santa, tempo propício para a volta para Deus...

Meditação sobre o Domingo de Ramos

Por Ricardo Krobel



Quem é este homem?
(Mt 21, 10)

Ele é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia.
(Mt 21, 11)

‘Tu és o Rei dos Judeus?’ – ‘Tu o dizes.’
(Mt 27, 11)

DURANTE A LEITURA dos Evangelhos do Domingo de Ramos, o que mais me levou à reflexão foram os questionamentos sobre quem é Jesus. E isso me remeteu a uma reflexão sobre "Quem sou eu"?

Quem sou eu para que eu ouse assumir o papel de Cristo?

Quem sou eu para que eu ouse tomar as palavras de meu Salvador como minhas?

Quem sou eu para que eu tenha a temeridade de "ser Cristo" diante dos outros?

É uma questão impressionante, e que talvez estranhamente, não tinha realmente me ocorrido antes de uma forma tão significativa. Talvez seja essa pergunta, "Quem sou eu?", que toda a Semana Santa e as grandes liturgias do Tríduo Pascal busquem responder, pois é questão que, em certo sentido, sustenta toda a nossa fé.

Quem sou eu realmente, para que meu Deus se torne carne para mim e venha viver comigo?

Quem sou eu, para que meu Deus me ame tanto e que sofra e morra por mim?

Quem sou eu diante do Mistério da Cruz?

Quem sou eu à luz da Ressurreição?

Quem sou eu, para que Cristo faça tudo isso por mim?

Eu sou um na multidão que o aclama em sua entrada em Jerusalém, em meu primeiro contato com Jesus, acenando entre palmas e aplausos, extático porque Ele veio para a cidade? Ainda estou no primeiro amor, ansioso para ver e ouvir o Senhor, ansioso para ver Seus milagres, mesmo que ainda não tenha certeza do meu relacionamento com Ele?

Ou sou Simão Pedro, em todas as minhas palavras e ações externas, o "melhor amigo" do Senhor – e ainda assim incomodado por não entender completamente Jesus, não ver Seus caminhos claramente, não poder controlá-Lo?

Mas, no íntimo de meu coração ainda estou apavorado, com medo do desafio que vem quando releio a pergunta "Quem é este Jesus para mim"? 

Sou uma das mulheres de Jerusalém, aquelas que choram pela futilidade e crueldade das ações dos homens, mas parecem impotentes para mudar alguma coisa?

Talvez eu seja o ladrão que zomba de Jesus, aquele que vê a celebridade pendurada ao seu lado em seu sofrimento, mas só pode pensar em si mesmo e em sua fuga - "Vá, faça o seu próximo truque, salve a si mesmo e a mim também".

É isso que eu quero?

Eu quero aquele Jesus que rapidamente vai tirar todos os problemas e a dor, mas de quem eu não quero mais nada?

Ou sou eu o bom ladrão, que reconhece que nada lhe resta, nada além de seu pecado e condenação justa e que ainda tem a coragem de pedir a este Jesus inocente apenas para lembrá-lo, e assim ganha a amizade de Cristo e sua própria salvação?

Ou eu sou Maria, sem palavras e perplexa aos pés da Cruz, perguntando-me onde está a mão de Deus nesta Vida que ela deu ao mundo, perguntando-se se isso é tudo que existe, como se a vida fosse apagada?

Ainda estou procurando descobrir onde Deus está na minha vida? Aquele Deus que antes parecia tão próximo, cujo toque trouxe tal alegria, mas que agora parece muito, muito distante?

Ou talvez, de alguma maneira, eu esteja com Cristo mesmo. Com Cristo no jardim, lutando em minhas orações e ações para deixar a vontade de Deus ser minha vontade também. Com Cristo pregado na Cruz, oferecendo perdão àqueles que – sem prestar atenção ao que fazem – parecem destruir tudo o que é bom. Com Cristo em seu último suspiro, quando Ele se entrega totalmente nas mãos do Pai.

Para cada um de nós, nestes dias da Semana Santa, a resposta à pergunta "Quem sou eu?" será diferente. E será diferente este ano do ano passado e dos anos anteriores, pois quando caminhamos com Jesus, quando chegamos a estar com Ele, quando O conhecemos como Ele é, em todo o Seu amor e sofrimento por nós, em todo o Mistério da Paixão, é então que nos veremos mais claramente e nos conheceremos como Deus nos conhece – como aqueles que Ele ama e salva.

E assim, ao participarmos de cada Liturgia da Semana Santa, obedecendo ao próprio mandamento de Cristo: "Fazei isto em memória de mim", não o faremos meramente para lembrá-Lo de algum modo intelectual, mas para descobrir o nosso verdadeiro eu n’Ele, e para sermos transformados por sua Graça em sua semelhança.

Peçamos então ao Cristo que derrame a Sua graça e o Seu Espírito abundantemente sobre nós nestes dias da Semana Santa, para que partilhando com Ele a vida e morte que Ele compartilhou conosco, possamos um dia vir a compartilhar em Sua glória. Amém!
www.ofielcatolico.com.br

Domingo de Ramos ou Domingo da Paixão


O DOMINGO DA PAIXÃO ou de Ramos abre a Semana Santa e marca o início da etapa final da Quaresma. Neste dia, a Igreja celebra a entrada triunfal de Nosso Senhor Jesus Cristo em Jerusalém, cheio de glória e de humildade, pronto para cumprir seu Mistério Pascal.

Quando se aproximaram de Jerusalém e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, Jesus enviou dois discípulos, dizendo-lhes: "Ide à aldeia que aí está diante de vós e logo achareis presa uma jumenta e com ela um jumentinho. Desprendei-a e trazei-los. E, se alguém vos disser alguma coisa, respondei que o Senhor precisa deles". – Isto aconteceu para que se cumprisse a Profecia de Zacarias: "Dizei à filha de Sião: 'Eis aí te vem o teu Rei, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de animal de carga.'" (Zc 9,9).

Indo os discípulos e tendo feito como Jesus lhes ordenara, trouxeram a jumenta e o jumentinho, e puseram em cima deles as suas vestes, e sobre elas Jesus montou. E o povo, tanto os que o precediam quanto os que o seguiam, o acolheram como Rei, agitando ramos de palmeira e clamando: "Hosana ao filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas!". Com isso toda cidade de Jerusalém se agitou, e perguntavam: "Quem é este?" E as multidões clamavam: "Este é o Profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia” (Mt 21,1-11).


A Procissão de Ramos

Vem de fora e tem como ponto de partida um lugar de reunião dos fiéis, fora da igreja. A proclamação do Evangelho conta a entrada de Jesus em Jerusalém, e assim se inicia a procissão até o interior do templo.

Nessa procissão, a Igreja não somente comemora o santo evento do passado e celebra com louvor e ação de graças a realidade presente, mas também antecipa seu glorioso cumprimento final. Os ramos não devem ser jogados fora depois da procissão, mas levados para as casas e lá guardados com respeito ou queimados.

A cinzas, que são usadas na quarta-feira de cinzas, são feitas com os ramos bentos deste dia, dando sequência a um costume que vem desde o século XII.
www.ofielcatolico.com.br

Orações a São José – 19 de Março, Dia de São José

Giuseppe Bartolomeo Chiari (1654-1724), 'São José abraçando o Menino Cristo' (além, a Virgem, o São João menino e Santa Isabel)

Ave, São José
(Belíssima oração lamentavelmente esquecida)

Homem justo, esposo Virginal de Maria, pai davídico do Messias; bendito és tu entre os homens e bendito é o Filho de Deus que a ti foi confiado, Jesus.

Globalismo e nova ordem mundial: progressismo e cristianismo na pós-modernidade – ou 'O sacrifício da Nova Roma'



Texto por Igor Andrade, com interpretação (vídeo) de Felipe Marques  – Frat. Laical São Próspero

DE TODOS OS IMPÉRIOS que já houve sob o Sol, talvez dois tenham sido os mais importantes: o de Alexandre Magno, menino um tanto quanto visionário; e o de Roma, a perecível e imortal cidade dos homens. Mas ambos podem ser reduzidos ao de Alexandre, que em doze anos conquistou (literalmente) meio mundo aplicando uma curiosa e eficaz prática política.

Repartição Pública

ATENDENDO A PEDIDOS, matando saudades e para nosso gáudio, o obstinado prof. Igor Andrade volta à carga, mais afiado do que nunca, com uma nova e brilhante crônica escrita (nas regras ortográficas antigas, pois claro) exclusivamente para os leitores d'O Fiel Católico. Segue:





ESTOU EM DÍVIDA com a Dona Maria da quitanda, chego até a passar de banda para não ser visto. Vou andando, e mais à frente bato de frente com o Sêo Manuel do botequim, que me cobra uma pinga e um torresmo que está no prego há mais de um mês, sem contar que também estou devendo o aluguel do Português. Sendo eu um qualquer, é duro de me virar, então com toda a fé que um homem pode ter, apelei ao supremo provedor de ricos e pobres: o Estado.

Padre Juarez de Castro está muito irritado. Por quê?


UM PADRE SIMPÁTICO, de fala mansa, um jeito doce e sempre amigão de todos...

Ele é considerado um "fofo", muito inclusivo e sempre a favor da diversidade, da pluralidade, do diálogo: é o primeiro a se levantar na defesa do ecumenismo, do diálogo com as pessoas de outras religiões. Há algum tempo, ele saiu em defesa do chef de cozinha Henrique Fogaça depois que este, em pleno Vaticano, usando uma camiseta com a imagem de duas freiras numa cena lésbica, fotografou-se abraçado com duas religiosas.

Juarez é uma figurinha carimbada dos programas televisivos da Globo, uma das maiores promotoras de ideologias anticristãs do nosso país. Mais recentemente, criticou o Presidente da República por preocupar-se com a manutenção dos empregos no país durante a paranoia covidiana. Que beleza...

Grande apostasia, caos na Igreja, bispos em cisma com a Fé católica e um raro exemplo de Padre corajoso




TIVEMOS, SIM, grandes crises e grandes hereges no meio do clero, no passado. De fato isso existiu desde sempre. Mas o que havia antes era a negação de um ou outro ponto específico da Fé, e às vezes um escorregão aqui, outro ali, da parte de algum Papa. Esses movimentos heréticos e esses erros, porém, nunca deixaram de ser fortemente combatidos por santos e santas que não tinham medo de se manifestar e lutar em defesa da Verdade, chegando a entregar as próprias vidas, se preciso fosse, por amor a Cristo. 

Quem está por trás da Campanha da Fraternidade!? Para onde vai o nosso dinheiro? Dois vídeos necessários dão todas as respostas




__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.

Sobre a Campanha CNBB - LGBT da Fraternidade 2021


 



Por Igor Andrade – Fraternidade Laical São Próspero


“Quem não quiser trabalhar não tem o direito de comer.” (II Tes 2, 10)

O quinto mandamento da Igreja Católica é “Ajudar a Igreja em suas necessidades”, também conhecido como “pagar o dízimo segundo o costume”.

OFCast especial crise na Igreja – O cesaropapismo

CESAROPAPISMO: ocorre nos tristes tempos em que o Príncipe dos Apóstolos, o Papa, abaixa a cabeça para os poderes deste mundo. Ouça!


__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.

Você conhece o Venerável Jérôme Lejeune?






__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.




Motu proprio de Papa Francisco permitirá acesso de mulheres aos ministérios de leitor e acólito


NESTA SEGUNDA-FEIRA (11/1/2021), o papa Francisco emitiu um motu proprio que muda a lei canônica e passa a permitir que mulheres possam servir na Igreja como leitoras e acólitas.

Revista O FIEL CATÓLICO digital: uma promoção imperdível!


CARÍSSIMOS IRMÃOS EM CRISTO e diletos leitores, anunciamos agora uma boa novidade que nosso apostolado preparou para facilitar a ampliação dos seus conhecimentos sobre catolicismo!

Estamos disponibilizando o pacote com a coleção completa da nossa já célebre revista O Fiel Católico (em formato digital), em uma pasta contendo todas as 42 revistas, mediante uma colaboração de valor realmente acessível:  R$50,00* pelo pacote completo, em pagamento único (o exemplar sai por menos de R$1,20).

Deste modo, você tem a possibilidade de nos ajudar concretamente a continuar trabalhando nas atualizações desta página e em todos os nossos projetos de evangelização e adquire uma coleção que será realmente útil para a sua formação cristã.


_____
Para esta promoção é válido o pagamento via depósito ou transferência bancária para:
** Banco Bradesco – agência 6616-8 | Conta poupança: 100.0085-8
*** Caixa Econômica Federal – agência: 1618 | Conta poupança: 100.588-4
(em nome de Luiz Henrique Silva Sebastião / 094.400.878-03)

OFCast – série Crise na Igreja, parte 3




__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.
Subir