O Ofício das Almas por Urbano Medeiros

NOSSO IRMÃO EM CRISTO, bom amigo e colaborador Urbano Medeiros vem compartilhar conosco a sua belíssima récita do Ofício das Almas.

Dom Athanasius Schneider: 'Católicos não devem participar de Missas em que ocorrem abusos ou protestantizadas; nestas, só restou o nome de católicas'




Extra: e so o Papa aprovar o "diaconato feminino"?


Entrevista completa sem legendas


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Catecismo de adultos - 4 – 'A Criação em geral e os anjos'

PELO REVMO. PADRE Daniel Pinheiro, IBP, aula dada na Capela Nossa Senhora das Dores, em Brasília - DF.

Catecismo de adultos - 3 – 'Deus Uno e Trino'

** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Dia dos Finados ou dos Fiéis Defuntos: o que é, como vivê-lo e como ganhar as indulgências deste dia


A ORIGEM DA CELEBRAÇÃO do Dia dos Fiéis Defuntos ou de Finados (2 de novembro) remonta aos tempos do Antigo Testamento, quando já os judeus rezavam pelos seus falecidos (conf. Tb 12,12; 2Mc 12,43-46). Encontramos também registros históricos que testemunham como os cristãos da Igreja primitiva rezavam pelos seus mortos, visitando os túmulos dos mártires, desde o final do primeiro século da era cristã.

Progredir na vida espiritual – 2


DEPOIS DE VIGIAR-NOS durante algum tempo, perceberemos se conseguimos vencer, ou não, o nosso defeito ou pecado dominante. É então que a presunção poderá se apoderar de nós. Convém refletir honestamente sobre si próprio, constantemente.

Globo: um instrumento do establishment para derrubar o Governo


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Sínodo Pan-Amazônico: um flagelo para os fiéis católicos



PARA QUE NOSSO SENHOR instituiu sua Igreja? Para ser o seu reflexo, sua continuidade no mundo, para ser o mais privilegiado canal de Comunhão que os homens teriam com Ele até o fim dos tempos. Quando a Igreja não realiza esta sua missão, quando não cumpre o objetivo principal para que foi fundada, os homens que têm fome e sede de Deus se confundem, quedam-se perdidos e horrorizados, sem saber o que fazer. Piedosos católicos, por fim, afastam-se, deixam de corresponder aos chamados da hierarquia, desses que deveriam ser os seus zelosos pastores. Ou então, ainda mais grave, tornam-se rebeldes, hostis, fazem oposição – não por algum mal sentimento, não porque queiram, não porque sejam traidores ou rebeldes (claro, existem também os traidores e os rebeldes no meio de toda a confusão criada) – mas porque não sabem mais o que fazer e nem para onde ir, como ovelhas sem pastor; voltam-se então contra essa hierarquia da Igreja, que já não reconhecem (horror dos horrores!) porque amam  a Deus e porque o zelo pela sua Casa os consome.

Cardeal Müller sobre as imagens jogadas no rio


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Progredir na vida espiritual – um guia para a vida de santidade

Iniciamos com esta a publicação de uma coletânea de artigos baseados em "Progresso na vida espiritual", obra atemporal de um grande diretor espiritual: o inesquecível Padre Faber. Rezamos para que seja de proveitosa leitura também aos nossos visitantes.



A VIDA ESPIRITUAL de cada pessoa humana nesta Terra é toda cheia de contradições. Muita gente estranha essa afirmação, mas isso quer dizer, em outras palavras, que a natureza humana é decaída.

Uma das maiores aparentes contradições, e talvez das mais difíceis de manejar, é a seguinte: na espiritualidade, por um lado é importantíssimo termos um profundo conhecimento de nós mesmos e, ao mesmo tempo, ocuparmo-nos muito pouco com nossa própria pessoa, o que não é muito fácil de conciliar.

Leigo católico retira imagens que remetem à 'deusa mãe' de dentro da igreja e as arremessa no rio


VATICANO, 21 de outubro de 2019 – Dois homens não identificados retiraram pelo menos cinco esculturas em madeira da polêmica imagem feminina (fortemente relacionadas às imagens pagãs da 'deusa mãe' ou da 'pachamama' amazônica) instaladas na igreja de Santa Maria em Traspontina, a poucas quadras do Vaticano, e as lançaram no rio Tibre.

Paginação numerada



Subir