Globo: um instrumento do establishment para derrubar o Governo


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Sínodo Pan-Amazônico: um flagelo para os fiéis católicos



PARA QUE NOSSO SENHOR instituiu sua Igreja? Para ser o seu reflexo, sua continuidade no mundo, para ser o mais privilegiado canal de Comunhão que os homens teriam com Ele até o fim dos tempos. Quando a Igreja não realiza esta sua missão, quando não cumpre o objetivo principal para que foi fundada, os homens que têm fome e sede de Deus se confundem, quedam-se perdidos e horrorizados, sem saber o que fazer. Piedosos católicos, por fim, afastam-se, deixam de corresponder aos chamados da hierarquia, desses que deveriam ser os seus zelosos pastores. Ou então, ainda mais grave, tornam-se rebeldes, hostis, fazem oposição – não por algum mal sentimento, não porque queiram, não porque sejam traidores ou rebeldes (claro, existem também os traidores e os rebeldes no meio de toda a confusão criada) – mas porque não sabem mais o que fazer e nem para onde ir, como ovelhas sem pastor; voltam-se então contra essa hierarquia da Igreja, que já não reconhecem (horror dos horrores!) porque amam  a Deus e porque o zelo pela sua Casa os consome.

Cardeal Müller sobre as imagens jogadas no rio


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Progredir na vida espiritual – um guia para a vida de santidade

Iniciamos com esta a publicação de uma coletânea de artigos baseados em "Progresso na vida espiritual", obra atemporal de um grande diretor espiritual: o inesquecível Padre Faber. Rezamos para que seja de proveitosa leitura também aos nossos visitantes.



A VIDA ESPIRITUAL de cada pessoa humana nesta Terra é toda cheia de contradições. Muita gente estranha essa afirmação, mas isso quer dizer, em outras palavras, que a natureza humana é decaída.

Uma das maiores aparentes contradições, e talvez das mais difíceis de manejar, é a seguinte: na espiritualidade, por um lado é importantíssimo termos um profundo conhecimento de nós mesmos e, ao mesmo tempo, ocuparmo-nos muito pouco com nossa própria pessoa, o que não é muito fácil de conciliar.

Leigo católico retira imagens que remetem à 'deusa mãe' de dentro da igreja e as arremessa no rio


VATICANO, 21 de outubro de 2019 – Dois homens não identificados retiraram pelo menos cinco esculturas em madeira da polêmica imagem feminina (fortemente relacionadas às imagens pagãs da 'deusa mãe' ou da 'pachamama' amazônica) instaladas na igreja de Santa Maria em Traspontina, a poucas quadras do Vaticano, e as lançaram no rio Tibre.

Sínodo da Amazônia – porque já é um escândalo antes mesmo de se concluir e de que seja tomada qualquer decisão



RECEBEMOS UMA ENXURRADA de mensagens que nos questionam quanto ao nosso silêncio a respeito do Sínodo da Amazônia. Logo de início é importante esclarecer que, se não nos manifestamos até o momento, foi por três razões principais:

Dom Azcona fala sobre o Sínodo em corajosa homilia

HOMILIA PROFERIDA por Dom Frei José Luiz Azcona Hermoso, OAR, bispo emérito da Prelazia do Marajó, PA, na Santa Missa de 15 de outubro de 2019, na Basílica de Nazaré, em Belém, PA.


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

_________
Postado por Fratres in Unum

Sobre a contrição perfeita

'O retorno do filho pródigo', por Pompeo Batoni (1773)

Pelo Revmo. Pe. Lucas Garcia Pinto, EP

EM SUA INFINITA misericórdia, Deus põe à disposição de seus filhos, para a sua santificação, uma incomensurável quantidade de dons e graças. Desses favores divinos, os mais importantes Ele os dispensa a todo e qualquer fiel, ainda que alguns outros, em sua sabedoria, o Criador os reserve para almas eleitas: é o caso do dom da profecia, de fazer milagres e outros, concedidos apenas em determinadas circunstâncias, de acordo com as necessidades da Santa Igreja.

Uma necessária homilia de Dom Henrique Soares da Costa


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Revolucionários e modernistas fizeram festa quando o Papa autorizou que, por tempo indefinido, os padres pudessem perdoar o aborto


ATÉ HÁ POUCO TEMPO, este crime hediondo contra a vida era um dos pecados que somente bispos ou o próprio Papa podiam perdoar, juntamente com os seguintes pecados: de apostasia, heresia e cisma; de violência física contra o Romano Pontífice[1]; do pecado grave contra o Sexto Mandamento do Decálogo[2]; da consagração episcopal sem mandato pontifício[3] e da violação do sigilo sacramental[4]. Desde o Ano Santo da Misericórdia proclamado pelo papa Francisco (2016), essa norma mudou: agora, o aborto pode ser perdoado mediante a simples confissão ao sacerdote mais próximo. Inicialmente, essa mudança deveria ser válida somente durante o próprio "Ano Santo": depois, Francisco resolveu estendê-la por tempo indefinido (na prática, tornou-se regra geral e aparentemente definitiva na Igreja).

Trabalhar demais é pecado?


OS DIAS DOS NOSSOS TEMPOS parecem voar; reuniões de trabalho, lanche rápido, projetos, redes sociais, mensagens, e-mails, supermercado, compromissos, reunião, estímulos digitais sem fim...

Os milagres de Cristo realmente aconteceram ou suas narrativas não passam de simbolismos, alegorias e/ou parábolas?

'A ressurreição de Lázaro’ (1706), por Jean Baptiste Jouvenet

ALGUNS TEÓLOGOS têm repercutido em nossos tempos a ideia de que os milagres de Jesus não  aconteceram realmente. Não é difícil encontrar padres que desgraçadamente fazem ecoar em suas homilias essas ideias. Ouvimos dizer, por exemplo, que a multiplicação dos pães e peixes foi na realidade uma manifestação da solidariedade do povo reunido, que aprendeu a compartilhar o que tinha, ou que Jesus não andou sobre as águas, apenas num trecho mais raso do rio e os Apóstolos ficaram impressionados... Para essa mentalidade meio ateísta, os milagres descritos no Novo Testamento não passariam de uma bonita simbologia... e nada mais.

São Francisco de Assis – o verdadeiro

NESTE DIA de São Francisco de Assis, 4 de outubro, trazemos o belíssimo texto do papa Bento XVI sobre a vida e a obra deste verdadeiro reformador da Igreja – vida e obra que são tantas vezes absurdamente deturpadas pela visão modernista e socializante destes nossos tempos.


Afresco de Bencivieni di Pepo (Cimabue), séc. XIII, igreja inferior de S. Francesco, Assis, Itália.


Dom Athanasius Schneider: 'Os leigos devem levantar a sua voz e pedir ao Magistério que se pronuncie com clareza sobre Doutrina'



DOM ATHANASIUS SCHNEIDER, bispo da Arquidiocese de Santa Maria em Astana, Cazaquistão, um digno e verdadeiro pastor de almas da santa Igreja, em entrevista a Sonia Vásquez (Adelante la Fe), fala sobre o estado atual da Igreja, com suas características humildade e clareza. Este vídeo foi publicado pelo "Adelante La Fe" em janeiro deste ano, ao final da palestra que concedeu em Fátima, Portugal.

Para a nossa satisfação, a fluência de Dom Athanasius no idioma português é assombrosa. Abaixo:


** Inscreva-se para o Curso de Teologia FLSP **

Paginação numerada



Subir