Você conhece o Venerável Jérôme Lejeune?






__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.




Motu proprio de Papa Francisco permitirá acesso de mulheres aos ministérios de leitor e acólito


NESTA SEGUNDA-FEIRA (11/1/2021), o papa Francisco emitiu um motu proprio que muda a lei canônica e passa a permitir que mulheres possam servir na Igreja como leitoras e acólitas.

Revista O FIEL CATÓLICO digital: uma promoção imperdível!


CARÍSSIMOS IRMÃOS EM CRISTO e diletos leitores, anunciamos agora uma boa novidade que nosso apostolado preparou para facilitar a ampliação dos seus conhecimentos sobre catolicismo!

Estamos disponibilizando o pacote com a coleção completa da nossa já célebre revista O Fiel Católico (em formato digital), em uma pasta contendo todas as 42 revistas, mediante uma colaboração de valor realmente acessível:  R$50,00* pelo pacote completo, em pagamento único (o exemplar sai por menos de R$1,20).

Deste modo, você tem a possibilidade de nos ajudar concretamente a continuar trabalhando nas atualizações desta página e em todos os nossos projetos de evangelização e adquire uma coleção que será realmente útil para a sua formação cristã.


_____
Para esta promoção é válido o pagamento via depósito ou transferência bancária para:
** Banco Bradesco – agência 6616-8 | Conta poupança: 100.0085-8
*** Caixa Econômica Federal – agência: 1618 | Conta poupança: 100.588-4
(em nome de Luiz Henrique Silva Sebastião / 094.400.878-03)

OFCast – série Crise na Igreja, parte 3




__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.

Nota do Vaticano sobre as vacinas contra a Covid-19 – para a paranoia global ainda não há vacina conhecida





Divulgue nas suas redes sociais

O triunfo do mal e da insanidade: aborto legalizado na Argentina


O SOFRIDO ANO 2020 (que a muitos – não sem razão – parece ter-se configurado no prenúncio dos tempos das grandes dores) foi realmente fechado com  chave infernal. Depois de um acirrado debate que durou até a noite da quarta-feira (30/12/2020), o Senado argentino votou, às 4h da manhã, pela aprovação da legislação proposta feita pelo governo de legalizar o aborto nas primeiras 14 semanas de gravidez (saiba mais). Milhares de ativistas pró vida, representados pelas bandanas “Onda Azul” que marcaram o seu movimento, esperavam nas ruas pelo resultado. O anúncio, quando veio, foi arrasador. Ecoavam soluços de tristeza pelo ar.

Subir