Exemplos para os negociantes e artífices (Excelências da Santa Missa XXI)


INFELIZMENTE O "DEUS" dos nossos tempos é o dinheiro. Quão numerosos são os que se prostram diante dele e lhe oferecem adoração! Correndo atrás deste ídolo, esquecem o verdadeiro DEUS, precipitam-se num abismo de desgraças e perdem a felicidade, enquanto que, na afirmação do Profeta e Rei, aqueles que buscam a DEUS antes de tudo, não caem em nenhum verdadeiro mal e têm acréscimo de todos os bens...

www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail