A Igreja Católica mudou a Bíblia? – Introdução


O LEITOR ANTÔNIO Medeiros, da minha queridíssima cidade de Itajaí, SC, enviou-nos a seguinte pergunta:
Concluí, pela Internet, o curso bíblico O Apocalipse de João. No epílogo, Dom José deu ênfase ao fato de não se alterar nada do que foi escrito, citando Dt 4,2; 13,1; Pr 30,6 ; Ecl 3,14. Com a mudança do item referente à guarda do sábado, a Igreja não infringiu as citações acima? Devo dizer que sou católico e não se trata de uma pergunta provocativa, mas elucidativa. Obrigado pela atenção.

** Ler nossa resposta-estudo
www.ofielcatolico.com.br

Pela Santa Missa podemos satisfazer a Justiça Divina pelos pecados cometidos (Excelências da Santa Missa – VII)


A SEGUNDA OBRIGAÇÃO que temos para com DEUS é a de satisfazer à sua Justiça por tantos pecados por nós cometidos. Oh!, que dívida imensa esta! Um único pecado mortal pesa tanto na balança da Justiça Divina que não bastariam, para expiá-lo, todas as boas obras de todos os mártires e de todos os santos passados, presentes e futuros. No entanto, com o Santo Sacrifício da Missa, se considerarmos o seu valor intrínseco e seu Preço, pode-se satisfazer plenamente a Deus por todos os pecados cometidos...

** Ler o capítulo completo
ofielcatolico.com.br

Imitação de Cristo em áudio


DISPONÍVEL AGORA EM áudio, com locução de José Luís Menegatti, uma das obras mais importantes do catolicismo, e uma das mais traduzidas de todos os tempos. A "Imitação de Cristo" foi escrita numa época em que não havia a tecnologia da imprensa; ainda assim, já tinha milhares de cópias manuscritas espalhadas pelas bibliotecas da Europa em vias dos séculos XV/XVI. Trata-se de uma obra atemporal, de uma profunda espiritualidade que, ao mesmo tempo, aponta para a prática autenticamente cristã; um Norte seguro nos tempos de confusão em que vivemos. Propõe a mudança de vida com base no Evangelho, sem afastar-se um milímetro da Sã Doutrina de Cristo, nem para a direita e nem para a esquerda (Pv 4,27). A obra é dividida em quatro grandes partes independentes, que totalizam 115 faixas de áudio – um excelente subsídio para os que realmente buscam ser imitações do Cristo.

Neste lançamento da editora Molokai, são 7 horas e 19 minutos de conteúdo para ouvir a qualquer momento e em qualquer lugar, a um custo realmente mínimo. Interessados, acessar o link abaixo:

** Ouça gratuitamente os três primeiros capítulos da obra
www.ofielcatolico.com.br

A absurda tese do Bispo de Caicó: 'Homossexualismo é um dom dado por Deus'?!


INICIALMENTE, PARA EVITAR interpretações indevidas, afirma-se que não está sendo discutindo um possível caráter patológico da homossexualidade e nem muito menos emitido qualquer juízo de valor sobre qualquer indivíduo que possua o comportamento homoerótico. No entanto, causou enorme repercussão negativa a homilia do bispo da Diocese de Caicó, no Rio Grande do Norte, Dom Antônio Carlos Cruz Santos, que defendeu a tese de que a “homossexualidade é um dom dado por Deus”...

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

A importância do silêncio na liturgia e na vida pessoal do cristão


DE FATO, O SILÊNCIO é cada vez mais desprezado, não somente na vida de cada pessoa, quanto também – infelizmente – na liturgia. O texto a seguir é um apelo do Papa Bento XVI para que voltemos ao silêncio e, assim, voltemos também a Deus. Que seja útil... 

** Ler a pregação na íntegra
www.ofielcatolico.com.br

Pela Santa Missa adoramos dignamente a Deus (Excelências da Santa Missa – VI)


NOSSA PRIMEIRA obrigação para com DEUS é adorá-Lo e honrá-Lo. É preceito da própria lei natural que todo inferior deve homenagem a seu superior. E quanto maior a dignidade deste, tanto maiores devem ser as honras que se lhes prestam. Daí resulta que, sendo DEUS de majestade infinita, homenagens infinitas Lhe devemos. Infelizes que somos! Onde encontraremos oferenda digna de nosso Criador? Passei vós em revista todas as criaturas do Universo: coisa alguma encontrareis digna Dele.

** Ler o capítulo completo
ofielcatolico.com.br

Família: Igreja doméstica


CARDEAL BURKE RELEMBRA a devoção de sua família ao Sagrado Coração de Jesus e do modo como eles costumavam montar uma mesa com flores para Maria Santíssima no mês de maio. Essa vida de fé ensinou-lhe, desde criança, que a família é como “uma pequena igreja”. Ele encoraja as famílias católicas a criarem esse tipo de ambiente para seus filhos e a terem uma vida devocional intensa.
O lar cristão é o lugar em que os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. Por isso, o lar é chamado, com toda razão, de 'Igreja doméstica', comunidade de graça e de oração, escola das virtudes humanas e da caridade cristã. (...)  A família cristã é o primeiro lugar da educação para a oração. Fundada sobre o sacramento do matrimônio, ela é 'a Igreja doméstica', onde os filhos de Deus aprendem a orar 'como Igreja' e a perseverar na oração. Para as crianças, particularmente, a oração familiar cotidiana é o primeiro testemunho da memória viva da Igreja reavivada pacientemente pelo Espírito Santo.
(Catecismo da Igreja Católica §1666/2685)

Com 'O Tradutor Católico'
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail