Relações pré-matrimoniais: um tabu?


A MAIORIA DOS JOVENS casais de namorados atualmente sequer levam esta hipótese em consideração. Conhecer e “ficar” tornou-se quase condição natural para duas pessoas que se dispõe a ter um relacionamento, não necessariamente prolongado. A virgindade e a castidade ficaram emboloradas no dicionário, e alguns já duvidam se sairão na próxima edição...

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail