Cardeal Sturla: o direito de educar os filhos pertence aos pais


Por Bárbara Bustamante

ARCEBISPO DE MONTEVIDÉU, Uruguai, Cardeal Daniel Sturla, defendeu a liberdade de ensino no país e destacou que, “para a Igreja, a educação é um meio para a formação do homem em plenitude”.

“O que a Igreja proclama há muitos anos neste país é que apliquemos o direito dos pais de escolher a educação que querem para seus filhos”, disse o Cardeal no 21 de julho (2017) no programa ‘El aporte de la Iglesia Católica’, da Rádio Oriental.

O Arcebispo recordou que o artigo 68 da Constituição assinala que “fica garantida a liberdade de ensino” e que a intervenção do Estado só está regulamentada com o “objetivo de manter a higiene, a moralidade, a segurança e a ordem pública”.

“Todo pai ou responsável tem o direito de escolher, para o ensino de seus filhos ou pupilos, os mestres e instituições que desejam”, estabelece a lei.

Sturla sublinhou que esse direito “suporia, em um país democrático e plural, dar aos pais que têm dificuldade econômica a possibilidade de também poder escolher, do mesmo modo que fazem os pais que têm meios suficientes”.

Do mesmo modo, mencionou que a Igreja “está de acordo com o que diz a lei geral de educação”, que coloca como finalidade última “o pleno desenvolvimento físico, psíquico, ético, intelectual e social de todas as pessoas, sem discriminação alguma (...) Isso é o mesmo que a Igreja propõe quando fala em formar um homem livre, responsável, protagonista de sua história, capaz intelectualmente, comprometido com a sociedade em que vive”, sustentou.

Por último, o Cardeal recordou que “a Igreja não se dedica apenas a obras de educação formal (escolas, universidades), mas tem uma variedade de obras de educação não formal”.

“Isso é uma realidade que nos enche de alegria, porque fala de colocar no centro a criança”, sublinhou o Cardeal Sturla, que concluiu sua reflexão com um chamado a proporcionar a “colaboração público-privada” e a “colaboração sociedade civil-estado”.

Segundo informa o Arcebispo de Montevidéu, os centros de educação formal vinculados à Igreja Católica atendem ao menos 53.869 alunos, 10% da população no sistema educacional no país.

____
Fonte:
ACI Digital, disp. em:
http://acidigital.com/noticias/cardeal-sturla-apliquemos-o-direito-dos-pais-de-escolher-a-educacao-para-seus-filhos-64217/
Acesso 27/7/017
ofielcatolico.com.br

Um comentário:

  1. Uma boa educação é importante para o ser humano. Rezemos por nossa igreja.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail