Nota pública de repúdio à legalização do aborto no Brasil


Por Diocese de Rubiataba-Mozarlândia, GO

A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, no seu artigo 5º, ao descrever os direitos e deveres individuais e coletivos, garante “aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida”. Todavia, desde muito tempo forças se levantam na tentativa de legalizar o aborto no Brasil. Uma vez se insurge na “Terra de Santa Cruz” o desejo – de uma elite pensante que domina nossas instituições de ensino, os meios de comunicação e boa parte dos cargos na política – de se impor a legalização deste crime hediondo contra a vida indefesa no ventre materno, que deveria ser o lugar de máxima proteção para essas vidas inocentes. 

Graças a Deus, Dom Adair José Guimarães, bispo da Diocese de Rubiataba-Mozarlândia, Estado de Goiás, publicou nota repudiando formalmente toda e qualquer tentativa de mudança da legislação vigente que promova ou facilite a chamada "interrupção da gravidez", eufemismo para o crime do aborto. Além do mais, conclama todos os católicos a se posicionarem contra tal ação...

** Continuar a leitura
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail