A conversão de Urbano Medeiros


URBANO MEDEIROS partilha, em belas e inspiradoras palavras, algo do seu marcante processo de conversão à Igreja Católica:

"Cheguei até o Senhor Jesus com a ajuda de um livro que contava a vida de vários santos da Igreja Católica: Dom Bosco, São Domingo Sávio, São Francisco de Assis, que me marcou tanto, e quando terminei de o ler eu falei assim: 'Eu quero seguir esse caminho [santidade], porque esses homens eram de carne e sangue como eu sou e é possível trilhar esse caminho'. Então eu cheguei até o Senhor Jesus guiado pelo testemunho e pelo exemplo desses homens, que são setas indicando esse caminho maior, que é Jesus.

E a partir do momento em que eu fui tendo esse encontro com Jesus aos pés do sacrário, minha conversão foi diante da Eucaristia, eu tive muita dificuldade na questão da fé. Eu chegava aos pés do sacrário e dizia assim: 'Senhor, se Você existe, faça-me acreditar no Senhor'.

Eu derramei muitas lágrimas porque ali no Sacrário é a Presença viva de Jesus e ali Ele está vivíssimo. Minha adesão ao Cristianismo aconteceu aos pés do Sacrário, conversando com Jesus ali presente e sempre acompanhado pela doçura de Maria. Eu sinto uma presença muito grande de Maria em toda minha caminhada e, ao mesmo tempo em que eu fui crescendo na fé, foi brotando dentro de mim uma vontade muito grande de colocar esse dom, pelo qual eu não paguei nada a Deus para tê-lo, que é o dom musical a serviço das pessoas.

Que eu nunca use a música para explorar ninguém, que eu use a música em minha vida para ser o canal do bem, do belo, da alegria. E que, com minha música, eu possa direcionar vidas neste caminho de luz, que é o caminho de Deus."

Os escritos acima representam apenas um trecho transcrito do áudio que disponibilizamos abaixo; confira na íntegra como foi este processo de conversão e o despertar de Medeiros para a música:


www.ofielcatolico.com.br

5 comentários:

  1. “ Porque o arrependimento é uma forma de amor. De um amor operante. Quem se arrepende, diz a Deus com o seu arrependimento: “Não posso viver com a tua ira, porque eu te amo e quero ser amado”. E Deus ama a quem o ama. Por isso digo: quanto mais alguém ama, mais é amado. Quem ama totalmente tem tudo perdoado. E esta é a verdade.” ( de Jesus a Valtorta- O Evangelho como me foi Revelado.)
    Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  2. URBANO MEDEIROS TEM UM TESTEMUNHO LINDO. DIVULGUEMOS MAIS E MAIS !!!
    Dr. Itamar e esposa

    ResponderExcluir
  3. Viva a Santa Igreja Católica com seus homens convertidos.

    ResponderExcluir
  4. https://www.youtube.com/watch?v=dO_HoWhoW14

    rezar pelas almas do Purgatório (acima)

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail