Mais uma Igreja incendiada no Chile


NA MANHÃ da última quarta-feira (27/11/2019) mais uma igreja foi incendiada no Chile, a igreja da paróquia de São Francisco na cidade de Curicó. 

Este é apenas mais um episódio da perseguição violenta aos leigos e ao clero católicos que vêm ocorrendo naquele país, promovido por grupos socialistas [sob o pretexto da desigualdade social, contra um governo de viés liberal(1)] já há vários dias. O saldo dessa perseguição são muitos feridos, paróquias profanadas, depredadas e roubadas, templos incendiados.



Alguns dias antes, em um outro dia de protestos violentos em Santiago, capital daquele país, um incêndio foi registrado na terça-feira (12/11), na paróquia de Veracruz (imagem logo acima). Os bombeiros chegaram à igreja no fim da tarde, quando o templo ainda queimava apenas por dentro, mas, ao tentar entrar pela porta principal, não tiveram sucesso, já que estava trancada por dentro.

Curiosamente (ou não), Dom Orlando Brandes, o arcebispo metropolitano de Aparecida (foto ao lado), que "corajosamente" declarou, em plena homilia de uma Missa solene no maior templo católico do Brasil, que "a direita é violenta"(?), agora, diante dessas verdadeiras atrocidades contra a Fé católica, permanece tão mudo quanto uma porta. Será porque quem está profanando, saqueando, ferindo, destruindo e queimando igrejas são os seus eternos "companheiros (vermelhos) de caminhada", como ele tanto gosta de dizer?

Já o Papa, até o presente momento, só pediu "paz" e "diálogo". Nenhuma mensagem de solidariedade direta aos pobres fiéis católicos daquele país, perseguidos e martirizados por sua Fé em Jesus Cristo, como havia feito pouco antes, com aqueles que se sentiram "ofendidos" com a retirada das Pachamamas do solo sagrado de uma igreja em Roma.

É assim que caminha a Igreja dos nossos dias. Nossa Senhora avisou que a Rússia espalharia seus erros pelo mundo, e que viria uma sociedade sem Deus, sem valores cristãos, sem ter a família como sua base fundamental. Dificilmente se poderia imaginar que tal profecia se cumpriria de maneira tão dura, pois já não sabemos para onde correr, nem a quem recorrer. Miserere, Domine!

Henrique Sebastião

** Inscreva-se para o nosso Curso de Teologia FLSP **

_____________
(1) Por aqui, os apoiadores da eterna 'resistência' promovida pelos socialistas a qualquer tipo de governo que não seja o deles próprios, já se assanham com a situação. O sociólogo Boaventura de Souza Santos, extremista de esquerda, declarou que o Brasil poderá ser o próximo país a ter uma convulsão social semelhante a do Chile. Por qual razão isso ocorreria por aqui, não sabemos, já que os índices econômicos no Brasil só melhoram desde a deposição da esquerda do poder (ainda que lentamente, justamente por causa da irresponsável oposição que sofre). O suposto 'intelectual' culpou, para surpresa de ninguém, 'as políticas 'neoliberais' do governo Bolsonaro'. Na verdade, que esse caos ocorra aqui é um desejo de muitos entre aqueles que idolatram bandidos e se corroem com o fim do governo que transformou o Brasil em uma autêntica república da propina (criando um sistema de corrupção jamais visto na história do mundo), apenas porque seria o pretexto perfeito para retomarem o poder.

_____________
Observatório católico
Renovamidia

3 comentários:

  1. Realmente não temos a quem recorrer. Por isso é que nessas horas os governos e às vezes o povo quer recorrer às Forças Armadas para ter mais ordem, mas muita gente reclama. Que outro modo se pode resolver esse tipo de situação?

    ResponderExcluir
  2. Muito triste, mas o pior mesmo é sabermos que estamos abandonados por aqueles que deveriam se colocar a frente desse povo tão perseguido por esses adoradores de Stalin que querem destruir a Santa igreja.

    ResponderExcluir
  3. Amo o estilo do Fiel Católico!

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir