Corte inaugura “direito à blasfêmia” na França

Mais um sinal dos tempos: Corte francesa absolve feministas que invadiram Catedral de Notre Dame e condena os vigias “por violência contra as militantes”(!)




EM FEVEREIRO do ano passado, ativistas do movimento feminista Femen, famosas por suas exibições internacionais contra a Igreja Católia e contra a moral e os costumes cristãos, nas quais se apresentam sempre desnudas, decidiram comemorar a renúncia do Papa Bento XVI invadindo a Catedral de Notre Dame, em Paris, com inscrições ofensivas à religião e ao Sumo Pontífice em seus corpos. Além de todo o grande transtorno causado pela invasão do templo e pelo ultraje ao sentimento religioso dos católicos, presentes ou não, as militantes danificaram três sinos da igreja histórica com bastões de madeira, segundo informações das agências internacionais.

Agora, as últimas notícias reportam que as feministas foram absolvidas pelo ato na Notre Dame de Paris. Mais: a Justiça penal da França não só decidiu “inocentar nove ativistas do movimento feminista Femen”, como também “condenou três vigias da catedral que haviam tentado interromper a ação das militantes com multas que vão de 300 a 1000 euros (...) por violência contra as militantes”!!!

Não, você não leu errado. É isso mesmo! As ativistas invadiram a Notre Dame, profanaram a igreja símbolo do país, ameaçaram destruir patrimônio religioso, cultural e histórico, desrespeitaram violentamente os presentes, atentaram contra o pudor, e saíram impunes. Mas os vigias que tentaram contê-las (como se vê claramente nas fotos divulgadas à época, com muita suavidade) foram condenados, pelo tribunal de justiça daquele país, a pagar multas por não deixarem que as militantes “expressassem o seu pensamento”!!!

Perdoe-me o leitor, não sou do tipo que usa vários pontos de exclamação ao redigir, mas não posso evitá-lo, e terei que continuar, porque o absurdo não para por aí: a "justiça" francesa “considerou que não havia provas suficientes de que as ativistas houvessem danificado o sino” da igreja, e por isso foram integralmente absolvidas!!!

Vivemos tempos em que não há nenhum problema em se invadir e profanar uma Catedral, despir-se em público, gritar pesados palavrões contra os católicos e contra o Papa, vilipendiar o sentimento religioso… Contanto que os sinos da igreja não sejam destroçados! Está liberado entrar em templos religiosos e criar tumulto, afrontar pessoas, ridicularizar os sacerdotes, desacatar a autoridade do Papa, promover todo o vandalismo… Desde que não se danifique nenhum objeto do local!!!

Não há como não lembrar o que disse Nosso Senhor aos fariseus:

“Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: 'Se alguém jura pelo Templo, isto não é nada; mas se jura pelo tesouro do Templo, é obrigado pelo seu juramento'.” (Mt 23,16)

Do mesmo modo decretam agora os fariseus do século XXI. E os jornalistas que tratam da absolvição das jovens do Femen também parecem obcecados, apenas e tão somente, com os sinos. Diz a reportagem da BBC: “No julgamento, as militantes do Femen contestaram ter danificado o sino, alegando que haviam coberto os bastões de madeira com feltro...”!

Mas qual teria sido o contra-argumento do advogado dos representantes da Notre Dame, sobre o caso? Este, por sua vez, disse que essa proteção de feltro se descolou e que "as ativistas tocaram o sino com um bastão sem proteção”!

Sim! Todo o problema e todo debate gira em torno de saber se os sinos foram ou não danificados durante a invasão! Ninguém está preocupado com a profanação do templo, com a injúria ao sentimento religioso e ao próprio Deus! – A "justiça", então, "considerou que não havia provas suficientes de que as ativistas haviam danificado o sino”. Ora, quem é que pode se preocupar com um sino, ainda que de ouro, quando o santuário mais importante da França está sendo profanado?

“Insensatos e cegos! Que é mais importante, o ouro ou o Santuário que santifica o ouro?” (Mt 23, 17).

Em uma cultura materialista, pessoas não são capazes de enxergar nada além do que captam os sentidos físicos. Veem o ouro, mas já não conseguem contemplar a beleza do santuário. O edifício da igreja já não é nada mais que cimento e tijolos. Non est Deus: "Não há Deus, diz o tolo em seu coração" (Sl 53,1); não há mais nada sagrado e transcendente pelo que viver.

Os bárbaros dos nossos tempos já não são capazes de se elevar… Esqueceram-se completamente de que seus antepassados faziam o Sinal da Cruz ao passar em frente a uma capela; que trabalhavam duro para conseguir o pão de cada dia para seus filhos; que iam à Missa todos os domingos, pois tinham consciência de que se o SENHOR não cuidasse de suas casas e de suas cidades, em vão trabalhariam os construtores e vigiariam as sentinelas (cf. Sl 126,1). Então, para não mais lembrar que a Europa foi um dia cristã, eles, com impiedade animalesca, precisam pôr abaixo tudo o que lhes lembra este passado glorioso, quando os homens, justamente por adorarem a Deus, eram homens de verdade, de corpo e de alma.

Inna Schevchenko, uma das fundadoras do Femen, comemorou a sentença da Corte francesa. “É um bom exemplo para os outros países. Isso nos encoraja a continuarmos com nossa ação. Temos orgulho de saber que a blasfêmia é um direito e que não seremos condenadas por isso”, declarou.

Gemer e chorar neste vale de lágrimas, esperando que, depois deste desterro, Notre Dame (Nossa Senhora) nos mostre o Bendito Fruto de seu ventre. E pedir clemência, misericórdia, piedade. Mesmo sabendo que não merecemos.


Membro do mesmo grupo Femen, acompanhada de outros ativistas, derruba com motosserra um belíssimo crucifixo histórico no centro de Kiev, Ucrânia. Não. Ninguém fez absolutamente nada, nem para detê-los e nem para puni-los.



O tempora, o mores
! Para esta triste época, em que a blasfêmia é transformada em “direito civil”, nada mais resta senão suplicar ao Cristo Rei que suscite nos corações dos cristãos o amor a Deus e a bravura para lutar pela justiça, com coragem e determinação, até as últimas consequências, se preciso for. Que Nosso Senhor nos dê o empenho para, mais uma vez, salvar o Ocidente da barbárie.


• Com a equipe Christo Nihil Praeponere e BBC Brasil
ofielcatolico.blogspot.com

6 comentários:

  1. Se os cristãos do Brasil não votar em pessoas comprometidos com os princípios bíblicos vai ser disso aí a pior no nosso país.

    ResponderExcluir
  2. Podem deixar, o islã será o castigo para estas femen, para os europeus, para os cristão mornos em geral. Logo, logo, como no antigo Israel, em que DEUS deixou seus reis, seus sacerdotes, seu povo a mercê da invasão dos reis da Babilônia, assim acontecerá com a Europa e todo o Ocidente, o qual ELE deixará a todos nós a mercê das mãos dos islamitas, e aí só restará gemer e chorar e cantar:
    "1. Às margens dos rios de Babilônia, nos assentávamos chorando, lembrando-nos de Sião.

    2. Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas,

    3. porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: Cantai-nos um dos cânticos de Sião.

    4. Como poderíamos nós cantar um cântico do Senhor em terra estranha?"

    (Salmo 136, 1-4)

    Anonimo Sidnei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um ponto você:

      "Podem deixar, o islã será o castigo para estas femen, para os europeus, para os cristão mornos em geral. Logo, logo, como no antigo Israel, em que DEUS deixou seus reis, seus sacerdotes, seu povo a mercê da invasão dos reis da Babilônia, assim acontecerá com a Europa e todo o Ocidente, o qual ELE deixará a todos nós a mercê das mãos dos islamitas, e aí só restará gemer e chorar e cantar...."

      Excluir
  3. Graça e Paz.

    O feminismo, por definição, já merece a nossa condenação. Esse grupo é a representação do que há de pior nele. O lado bom disso é que suas ações causam tanta revolta que unem outras pessoas contra eles e o Cristianismo sai fortalecido.

    ResponderExcluir
  4. Um dia que eu estiver na Igreja, participando da Sagrada Missa e este bando de vadias desgraçadas aparecerem com estas orelhas de perdigueiro caído (seios) eu vou socar o pé sem dó, porrada merrmo!!! Vocês saberão quem eu postou isso.

    ResponderExcluir
  5. Olha o absurdo que essas servas do capeta fizeram na Argentina:

    https://www.lifesitenews.com/news/violent-mob-of-pro-abort-feminists-tries-to-burn-down-cathedral-attacks-pra

    Que Deus tenha misericórdia e converta estas almas.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail