Peçamos a Deus o dom da humildade!

Por Felipe Marques – Fraternidade São Próspero



CARÍSSIMO LEITOR, insistirei, quantas vezes for necessário, para que realizemos uma verdadeira busca pela humildade. Sim, a humildade é essencial na luta contra o pecado, pois, ela é a mãe de todas as virtudes! Infelizmente, ainda hoje ecoa em nosso interior as palavras demoníacas: "E vós sereis como deuses" (Gn 3, 5). Ainda nos colocamos acima de tudo, acima de todos... acima de Deus! Por isso as ideologias reinam, a família é destruída e a vida não é mais tida como um dom gratuito de Deus, algo sagrado. 

Todos os pecados que reinam no mundo começaram com os pecados pessoais de cada homem ou mulher que permitiu que a soberba reinasse em sua vida. Todas as Guerras Mundiais foram a exteriorização da guerra interna que os homens travam contra a obediência aos Mandamentos de Deus e da Santa Igreja Católica. A solução? Aquilo que Cristo propõe: "Se alguém quer vir após Mim, renegue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e me siga" (Lc 9, 23).  

Precisamos ser santos para agradar a Deus, que merece todo o nosso amor, e também para ordenar aquilo que está ao nosso alcance. Não cremos em uma utopia que afirma que todos os homens serão perfeitos e santos, porém, se você, que lê essas palavras, entender a sentença a seguir, ficarei satisfeito: 

Sou homem e, por conseguinte, trago todos os demônios no meu coração.”
(G. K. Chesterton)

Precisamos de Deus. Nós, por nós mesmos, somos capazes apenas de destruir o que é bom, verdadeiro e belo, seja pela execução de más ações, seja pela execução de boas ações realizadas pelo motivo errado, pela finalidade errada. Peçamos humildade a Deus, Ele no-la concederá se realmente a quisermos. Esta é uma oração infalível!



Ladainha da Humildade
(Cardeal Merry del Val)

Jesus, manso e humilde de coração, ouvi-me.

Do desejo de ser estimado, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser amado, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser conhecido, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser honrado, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser louvado, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser preferido, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser consultado, livrai-me, ó Jesus.

Do desejo de ser aprovado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser humilhado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser desprezado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de sofrer repulsas, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser caluniado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser esquecido, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser ridicularizado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser infamado, livrai-me, ó Jesus.

Do receio de ser objeto de suspeita, livrai-me, ó Jesus.

Que os outros sejam amados mais do que eu, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros sejam estimados mais do que eu, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros possam elevar-se na opinião do mundo, e que eu possa ser diminuído, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros possam ser escolhidos e eu posto de lado, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros possam ser louvados e eu desprezado, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros possam ser preferidos a mim em todas as coisas, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.

Que os outros possam ser mais santos do que eu, embora me torne o mais santo quanto me for possível, Jesus, dai-me a graça de desejá-lo.
www.ofielcatolico.com.br

5 comentários:

  1. Artigo maravilhoso e santificador !!!
    Parabéns, amigo!

    ResponderExcluir
  2. Se temos a chance de entrarmos no céu foi graças a MÃE da HUMILDADE, através da HUMILDADE nossa querida MÃE esmagou a soberba do demônio. Precisamos pedir a nossa querida MÃE a graça dessa virtude, assim como foi dito a mãe de todas as virtudes a HUMILDADE. Vemos uma humanidade triste, depressiva, pois deixaram de lado essa que é a cura de toda influencia maligna a HUMILDADE. O profeta da HUMILDADE Sofonias vai nos dizer"Procurai o Senhor, HUMILHADOS do país, vós que praticais os seus mandamentos, procurai a justiça, procurai a HUMILDADE..."(SOFONIAS 2,3).

    ResponderExcluir
  3. Especialmente no meio religioso, esta é uma virtude que precisa ser urgentemente resgatada.Fico muitas vezes a pensar quando ouço ou tomo conhecimento de expressões que são proferidas em ambiente religioso que tendem a vulgarizar o sagrado,confundindo o divino com o profano e nivelando as experiências psicológicas e emocionais com as experiências místicas e espirituais.Digo isso por conta de citações feitas,tomando como referência as Sagradas Escrituras, em que os homens e mulheres bíblicos, mais proeminentes, são colocados no nível comum dos seres humanos,como se pudéssemos ser equiparados naturalmente aos Patriarcas,Profetas,Apóstolos e Discípulos de Nosso Senhor e até mesmo á Santíssima Virgem Maria.O mesmo se dá com relação aos Santos e Santas de Deus,assim reconhecidos pela Santa Igreja,pois também eles são citados como se fossem iguais a nós e nós iguais a eles.Curas,sinais e prodígios que na sua grande maioria são perfeitamente explicáveis do ponto de vista da ciência da Parapsicologia são alardeados como sendo miraculosos,ou seja,o natural é alçado, abruptamente, ao campo do sobrenatural.Estão confundindo Cristianismo com maquiavelismo porque através das palavras,atitudes e comportamentos se deduz que os fins justificam os meios.Como perseguir a profundidade da Comunhão Íntima com Deus se as experiências psicológicas e emocionais da superfície humana ditam as normas da vivência religiosa?Em decorrência disso, podemos perceber o quanto faz falta a prática sincera e verdadeira da virtude da humildade que,com certeza, apuraria melhor o discernimento,possibilitando uma compreensão mais adequada de experiências e de fatos ocorridos ou relacionados a contextos religiosos.Quem tem autoridade para falar de Milagres e de Experiências Místicas e Espirituais é o Magistério da Igreja de Nosso Senhor e nós sabemos o quanto Ele é prudente e cuidadoso no que diz respeito a isso.Tomemos como exemplo os fatos ocorridos em Lourdes,na França.São centenas,porém,os que são reconhecidos oficialmente pelas Autoridades Eclesiásticas não chegam a cem e olhe que a cada dia outros mais estão acontecendo,como também em outros ambientes católicos espalhados pelo mundo.

    ResponderExcluir
  4. CONGRATULAÇÕES PELO BELÍSSIMO ARTIGO, MEU CARO AMIGO FELIPE! A HUMILDADE É O PRIMEIRO PASSO PARA NOSSA CONVERSÃO E SANTIFICAÇÃO. NOSSA SENHORA É UM FORTE MODELO PARA TODA A HUMANIDADE. MUITO GRATO, DE CORAÇÃO, A FELIPE POR ME AJUDAR TANTO.
    BEIJO FRATERNO DO URBANO MEDEIROS - artista católico em Minas Gerais

    ResponderExcluir
  5. Lindo artigo... Estava precisando relembrar essa verdade... Salve Maria!

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail