Famílias exigem que o Congresso remova a promoção da ideologia do gênero da BNCC, mas são ignorados

Não deixe de assistir este vídeo

ABAIXO-ASSINADO PEDINDO a aprovação do regime de urgência na análise do Projeto de Lei nº 4.486/2016, que determina que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) seja avaliada pelo Congresso Nacional, já conta com 76 mil assinaturas até este momento (17/11/2017). Como o professor Felipe Nery explica no vídeo acima (é importantíssimo que você assista), a BNCC pode afrontar o debate e a vontade popular expressas no Plano Nacional de Educação, especialmente no que diz respeito à imposição da ideologia de gênero.

O texto da BNCC traz determinações perigosas para a formação das crianças, tais como “Discutir as experiências corporais pessoais e coletivas desenvolvidas em aula, de modo a problematizar questões de gênero e corpo”(!). Temos hoje uma enorme quantidade de denúncias de situações de crianças sendo constrangidas por professores de modo a aceitar esta ideologia, mesmo contra a vontade expressa dos pais. O constante incentivo a questionar a relação entre "gênero" e corpo pode fazer com que as crianças entrem em conflito consigo mesmas e resultar em sofrimento psíquico pela dissociação da identidade e do corpo.

O texto da BNCC foi entregue em abril de 2017 pelo Ministério da Educação, chefiado pelo ministro Mendonça Filho (DEM), ao Conselho Nacional de Educação, a quem, segundo a legislação atual, cabe aprová-lo. O projeto de lei nº 4.486/2016 é de autoria do deputado Rogério Marinho (PSDB/RN) e o requerimento de urgência, do deputado Diego Garcia (PHS/PR).

** O abaixo-assinado está disponível pelo Citizen GO. Vote aqui, você também, fiel católico!

Enquanto isso, a grande mídia, sem nenhuma vergonha, veicula a informação absolutamente falsa e enganosa de que a visita de Judith Butler, a inventora da ideologia do gênero, teve "manifestações pró e contra"... Assim como na época das maiores manifestações populares da história do nosso país, contra o governo do PT, tentavam de todas as manerias convencer a população de que se tratavam, simplesmente, de manifestações "contra a corrupção", até que a profusão de cartazes e brados de "Fora PT!" não pode mais ser ignorada e eles foram obrigados a reconhecer o óbvio, agora tentam nos convencer de que a população está "dividida" entre os que são contrários e os que são favoráveis à ideologia de gênero. Nada mais falso. Foram mais de 300 mil manifestações contrárias à visita de Butler, contra grupelhos de poucas dezenas que se postaram às portas do SESC para apoiá-la. Não há divisão. A população brasileira, em sua esmagadora maioria, sabe bem o que queer, e não quer ver seus filhos doutrinados nesta ideologia perniciosa. Sigamos o exemplo do Paraguai e expurguemos de nossa nação esta influência "demoníaca", assim como foi chamada, com todas as letras, pelo papa Francisco.

*** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!

___
Ref.:

Visão Católica, 'BNCC: 40 mil querem que congresso analise', disp. em:
http://www.visaocatolica.com.br/2017/10/bncc-40-mil-querem-que-congresso-analise/
Acesso 15/11/2017
www.ofielcatolico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail