Glorioso São Sebastião (20 de janeiro)

Habituado a ver S. Sebastião seminu, atado
a um tronco, corpo crivado de flechas?

O NOME SEBASTIÃO deriva do grego sebastós, que significa "divino": estamos falando de um santo escolhido por Deus para uma missão realmente nobre. Nascido em Narbonne, França, filhos de pais italianos e cidadão de Milão, São Sebastião foi mártir, morto durante a cruel perseguição aos cristãos promovida pelo imperador Diocleciano.

De acordo com antiquíssima tradição oral, atribuída a Santo Ambrósio de Milão, Sebastião era soldado, alistado no exército romano por volta de 283 dC com a única intenção de confirmar e fortalecer o coração dos valentes cristãos encarcerados, enfraquecidos diante das violentíssimas torturas. Era, então, querido do próprio imperador Diocleciano e também de Maximiliano, que faziam questão de tê-lo sempre por perto, tanto que o designaram capitão de sua guarda pessoal, a temível Guarda Pretoriana.

... Sua inclinação natural deu-lhe uma aversão à vida militar, mas para ser mais capaz, e sem levantar suspeitas, de ajudar os confessores e mártires em seu sofrimento, foi para Roma e entrou no exército sob o imperador Carinus, por volta do ano 283.
(Atos De São Sebastião, aprox. ano 400)

São Sebastião nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro também aos soldados e aos outros prisioneiros. Secretamente, Sebastião conseguia converter muitos pagãos ao cristianismo. Até mesmo o governador de Roma, Cromácio, e seu filho, Tibúrcio, foram convertidos por ele.

Por volta de 286, Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando seus deveres de oficial da lei romana. Teve, então, que comparecer ante o Imperador para dar satisfações sobre seus procedimentos. O Imperador se queixou de que tinha confiado nele, esperando dele uma brilhante carreira, porém sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos era inaceitável. Portanto, Sebastião foi julgado como traidor e ordenada a sua execução por flechas. A exemplo de seu Senhor, mesmo diante do Imperador, que tinha sobre ele poder de vida e de morte, Sebastião em momento algum renegou a sua fé.


Imagem de S. Sebastião na igreja de Mannheim
(Baden-Württemberg, Alemanha)

Amarrado a um tronco, foi varado por flechas, na presença da guarda pretoriana que um dia integrara. Foi dado como morto e atirado no rio, porém, não estava morto. Foi encontrado e socorrido por uma viúva chamada Irene (futura Santa Irene) que retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou.

Assim que se recuperou, demonstrando uma coragem impressionante, Sebastião apresentou-se novamente diante do Imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos e acusando-o de inimigo do Estado. Perplexo com tamanha ousadia, Diocleciano ordenou que os guardas o açoitassem até a morte. O fato ocorreu no dia 20 de janeiro de 288, e é por isso comemoramos o seu dia nesta data. Acabou sendo morto transpassado por uma lança.

São Sebastião, ao mesmo tempo soldado romano e santo mártir, viu o seu culto atingir o auge na Baixa Idade Média, designadamente nos séculos XIV e XV, tanto na Igreja Católica como na Ortodoxa.


Oração a São Sebastião

Glorioso mártir, São Sebastião, soldado de Cristo e exemplo de cristão! Hoje viemos pedir vossa intercessão junto ao Trono do Senhor Jesus, nosso Salvador, por quem destes a vida. Vós que vivestes a fé e perseverastes até o fim, pedi a Jesus por nós, para que sejamos testemunhas do amor de Deus. Vós que esperastes com firmeza nas palavras de Cristo, pedi a Ele por nós para que aumente nossa esperança na Ressurreição. Vós que vivestes a caridade para com vossos irmãos, pedi a Jesus para que aumente nosso amor para com todos. Enfim, glorioso mártir São Sebastião, protegei-nos contra a peste, a fome e a guerra; defendei nossas plantações e nossos rebanhos que são dons de Deus para o nosso bem e para o bem de todos. E defendei-nos do pecado que é o maior mal, causador de todos os outros. Assim seja, por Cristo Senhor nosso. Amém!

____
Ref:
• Catholic Saints, 'Saint Sebastian', in:
http://www.catholic-saints.info/patron-saints/saint-sebastian.htm
Acesso 19/10/017
• Orações aos Santos, orações de intercessão junto aos santos 32. São Sebastião, disp. em:
http://www.catequisar.com.br/texto/oracao/santos/32.htm

Acesso 19/10/017
www.ofielcatolico.com.br

6 comentários:

  1. Rogai por nós! Rogai pelo Rio de Janeiro! Amém!

    ResponderExcluir
  2. Uma história linda sobre São Sebastião, diz respeito a invasão de franceses protestantes com a ajuda dos indios tamoios, que queriam tomar de assalto a cidade do Rio de Janeiro. Os portugueses foram ao encontro dos invasores e dos indios para os impedir de invadir a cidade maravilhosa mas, estavam em menor número é perdendo a batalha. Era o dia 20 de janeiro dia de São Sebastião, e por iniciativa de um militar português os outros militares começaram a gritar: vitória por São Sebastião! De repente segundo os fatos relatados pelos portugueses, as canoas dos indios e dos franceses começaram a pegar fogo , e eles aparentemente aterrorizados começaram a fugir ! Os portugueses capturaram alguns índios Tamoios, e por eles ficaram sabendo que assim que os militares portugueses pediram o auxílio do santo, de repente do nada, apareceu um jovem muito bonito, forte e vestido como guerreiro e armado com espada e escudo, pulava sobre as canoas dos indios e embarcações dos franceses e essas pegavam fogo e explodiam! Esse fato também foi relatado por alguns militares franceses capturados que estavam aterrorizados com o acontecido! Documentos antigos chegaram a relatar esse fato, e um livro de história dos anos 80 de autoria do professor Elia alabi Lucci também o narra. Segundo alguns historiadores por esse fato, São Sebastião foi escolhido como padroeiro do Rio de janeiro.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca consegui compreender porque São Sebastião é representado quase sempre seminu, e as vezes até de forma efeminada.
    Sinceramente acho isso desrespeito com esse grande homem, que é exemplo para todos nós.
    Hoje comemoramos o dia dele, mas fico angustiado ao saber que ao mesmo tempo que nós honramos Sebastião por seu exemplo, e rogamos sua intercessão, vários terreiros de macumba estão profanando sua Imagem! E ainda por cima, acabo de ler no Facebook que ele foi eleito "padroeiro dos gays" que horror!!Isso me faz mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei em que sentido os gays elegeram São Sebastião padroeiro deles, por acaso eles teriam coragem de ser como ele, renegar toda e qualquer forma de regalias luxo e prazer, para dar a própria vida por CRISTO JESUS?

      As vezes me pergunto se eu mesmo teria a mesma coragem dele, e os gays?, será que renegariam suas vidas de prazeres, para seguir a JESUS CRISTO, que nos pede pureza de vida, nos afastando de toda e qualquer desonra e impureza que nos poderá custar a salvação eternar: ""Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!"
      São Mateus 5, 8.

      Sidnei

      Excluir
    2. Caríssimo Sidnei, esses militantes homossexuais não têm e não poderiam ter um santo padroeiro, pelo simples fato de que a prática do homossexualismo, na doutrina da Igreja, é pecado grave. Na imaginação fantasiosa deles, podem escolher a figura de santo que quiserem, mas no Dia do Juízo toda verdade será posta às claras.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  4. Sei que não é o assunto mais gostaria de ver algo sobre a perseguição cristã na Bolívia.
    Agradecido.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$13,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail