Negação do atentado contra Bolsonaro: alucinação coletiva


SEGUNDO A FUNDAÇÃO Getúlio Vargas, numa análise de 1.702.949 retuítes coletados entre as 18h30 de quinta-feira, dia 6(9/2018/), e as 9h de sexta, um dia após o atentado sofrido por Jair Bolsonaro, 40,5% das pessoas que escreveram sobre o incidente na rede social questionavam a veracidade do ataque(!). Foi o maior grupo comentando sobre o assunto no Twitter nesse intervalo de tempo...

** Ler o artigo completo
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail