Alma de jovem – os dois lagos e a escolha de Hércules


QUANDO EU ERA um jovem estudante, ia muitas vezes passear à beira de um lago situado na montanha. Os raios do sol alegremente lhe dançavam no espelho cristalino. Suas ondulações puras deixavam perceber a vida buliçosa dos seres que lhe povoavam o fundo de cascalho. Nadavam belos peixinhos aqui e acolá, mal podendo conter a sua satisfação ao contato dos cálidos raios solares...

** Continuar a leitura
www.ofielcatolico.com.br

Paginação numerada



Subir