Uma nota final sobre o caso da procissão em honra a Iemanjá numa igreja católica apostólica romana

Possivelmente nunca em toda a História tenham se registrado tantos casos de profanações e ultrajes na Igreja Católica

O DIGNO, HONRADO E EXEMPLAR padre Gabriel Vila Verde postou em sua página do Facebook uma nota dizendo que a profanação sobre a qual publicamos um artigo aqui (veja) não teria acontecido realmente em uma igreja católica apostólica romana, e sim em um salão da "igreja católica independente" –, uma entre as muitas seitas que usam o título "católica" com a intenção de enganar os incautos...

** Continuar a leitura
www.ofielcatolico.com.br

Receba O Fiel Católico em seu e-mail