Colocar-se na Presença de Deus em qualquer lugar, por São Francisco de Sales



NESTES PRIMEIROS DIAS da Semana Santa, tão importantes para todos nós, cristãos e católicos, que é quando devemos intensificar nossas orações e também o nosso recolhimento, as nossas abstinências e jejuns, conforme as assumimos no início da Quaresma, sugerimos uma prática verdadeiramente preciosa sugerida por São Francisco de Sales, este piedosíssimo Doutor da Igreja e nosso irmão do Céu.


Se não está fácil viver um confinamento forçado e menos ainda conviver com uma histeria generalizada patrocinada pela TV e que teima em não ceder, aproveitemo-nos então para sermos imitadores de Deus-Cristo e tornar todo o mal e sofrimento em um grande bem. Este grande Santo, nascido no século XVI, foi um dos maiores diretores espirituais e escritores da história da Igreja: felizmente, pela Graça de Deus, podemos alcançar a sua sabedoria e usufruir dos seus conselhos hoje, por meio dos seus escritos, que chegaram até nós e que podem nos ajudar de modo concreto e poderosamente.

Como colocar-se, filial e amorosamente, na Presença de Deus

Quando quiser rezar, antes de começar, siga as sugestões oferecidas por São Francisco de Sales, que escreveu uma espécie de manual prático sobre a vida espiritual intitulado Filoteia, ou Introdução à Vida Devota. O Santo não se dirigiu a monges e freiras, mas escreveu para leigos comuns e procurou ajudá-los em suas práticas devocionais cotidianas. Muitos fiéis católicos recorrem com êxito a essa obra para se orientar e rezar mais frutuosamente, especialmente nos momentos de dificuldade. Segue:

A primeira maneira descreve-se assim: afastando-se das agitações do mundo e pondo-se a sós, em silêncio, antes de iniciar suas orações, eleve sua mente e uma percepção viva e sincera de que a Presença de Deus é universal; isto é, Ele está em toda parte, e em tudo; não há lugar nem nada no mundo desprovido da santíssima Presença de Nosso Senhor Jesus Cristo, bem como da Santíssima Trindade, de modo que, assim como os pássaros, com suas asas encontram o ar continuamente, nós podemos ir aonde quisermos para encontrar essa Presença sempre e em todo lugar.

A segunda maneira de se colocar nesta Presença sacratíssima é lembrar que Deus não está Presente apenas no lugar onde você está, mas Ele está especialmente Presente em seu coração e sua mente, isto é, em sua alma, no mais íntimo do mais íntimo do seu ser, que Ele acende e inspira com a sua Santa Presença, permanecendo ali como Coração do seu coração, Espírito do seu espírito.

A terceira maneira é enfatizar o pensamento de nosso Senhor, que olha para todos os homens, mas mais particularmente para todos os cristãos, porque são seus filhos. Conscientize-se profundamente de que isso não é mera imaginação, não é só mentalizar que seja assim, mas se trata da mais pura verdade e, embora não o vejamos, Ele está Presente para nós se o desejarmos contatar.

O quarto modo é como que uma preparação, uma etapa no aprendizado para uma vida de intimidade cada vez mais profunda e verdadeira com Deus. Consiste em simplesmente exercitar a sua imaginação comum, imaginando o Salvador, em sua Humanidade sagrada, estando ao seu lado, assim como estamos acostumados a pensar em nossos amigos e os vemos e os ouvimos, junto de nós.


* * *

Faça uso de um ou outro desses métodos para se colocar na Presença de Deus, antes de começar a rezar. Não tente usá-los todos de uma vez, mas um de cada vez, e o faça de modo leve, sem cobranças exageradas e sem expectativas irreais. Seja breve e simples, e terá maravilhosos resultados.



___
Ref.:
Aleteia, em:
https://pt.aleteia.org/2018/06/05/como-se-colocar-na-presenca-de-deus-segundo-sao-francisco-de-sales/
Acesso 6/4/2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir