40 Hóstias Consagradas são encontradas intactas na igreja destruída por terremoto há mais de um ano e meio

EM NOSSOS TEMPOS, até por uma questão de humanidade, somos forçados a reconhecer que é cada vez mais difícil perseverar na autêntica fé cristã e católica. Como perseverar diante de um mundo cada vez mais relativista, hedonista, violento, insano? Como perseverar, quando tantos membros do próprio clero, que deveriam nos dar o exemplo, avançam cada vez mais em sentido contrário? Quando os fiéis a Cristo e à Tradição da Igreja são perseguidos, dentro da própria Igreja, e aqueles que chafurdam em erro são premiados?


As ruínas de Arquata del Tronto após o terremoto [imagem de 2/11/2016]

Ainda assim, nesses momentos difíceis, somos brindados com sinais que confirmam e fortalecem a nossa fé. Parece ser este o caso ocorrido na igreja de Santa Maria Assunta, cidade de Arquata, Itália, que foi destruída pelo terremoto de novembro de 2016.

Tudo desabou e os restos daquele templo, inclusive obras de arte de valor inestimável, foram dados por perdidos, conforme noticiou o jornal italiano Avvenire.

Mais de um ano e meio depois da calamidade, uma equipe de 'carabinieri', grupo italiano especializado na preservação dos bens culturais, comunicou que havia resgatado o Tabernáculo e o conservava em custódia, e que queria restitui-lo à diocese.

Aconteceu então a surpresa que evocou o Milagre Eucarístico de Siena, ocorrido no ano 1730. Dentro do Tabernáculo do século XVI, encontraram a píxide bem fechada, embora derrubada, e  dentro desta quarenta Hóstias perfeitamente conservadas.

Havia se passado dezesseis meses de completo abandono, mas estavam as Hóstias inacreditavelmente íntegras, sem nenhum sinal de mofo ou alteração de espécie alguma. “Percebia-se ainda o aroma característico de hóstias novas. É como se Jesus tivesse sido engolido pelo terremoto e saído vivo dentre as ruínas”, comentou o bispo de Ascoli Piceno, diocese da paróquia.



O Pe. Angelo Ciancotti, que foi o primeiro em ter a píxide em mãos, foi às lágrimas. Ele tinha promovido tentativas de recuperação só agora efetivadas, retirando o tabernáculo todo marcado pelos choques de detritos e coberto de pó.

As chaves não deveriam servir mais. Pe. Angelo, porém, havia conservado uma na esperança de voltar a abrir a "Casa de Jesus". E essa funcionou imediatamente. “Na primeira tentativa, o Tabernáculo abriu", conta ele. "A píxide estava deitada, mas fechada. Nela, o Corpo de Cristo, após um ano e meio enterrado, estava perfeito, do ponto de vista da cor, da forma e do odor".

“Não havia nenhuma bactéria ou mofo aparece em qualquer hóstia (não consagrada) depois de semanas enclausurada. Ao contrário, após um ano e meio, aquelas pareciam ter sido feitas um dia antes”. Uma profunda sensação tomou conta das testemunhas: “Ele está presente!”.

O terremoto – que à época noticiamos por aqui – teve uma magnitude de 6.6 no local e atingiu a região de Arquata del Tronto e adjacências no dia 30 de outubro de 2016, causando grandes danos. A basílica de Núrsia, erigida no local onde nasceu São Bento, foi quase totalmente destruída. Novos tremores de terra acabaram ceifando as vidas de aproximadamente 300 pessoas.



“Sim, para mim é um milagre”, disse o Pe. Angelo ao jornal regional "Il Resto del Carlino", mas “quem não tem fé não vai acreditar em nada. O Senhor fez tudo por Si próprio”, comentou ao “National Catholic Register” dos EUA.

O sacerdote, que sabia que as hóstias tinham sido produzias pelas freiras do convento de Santo Onofre, ainda foi tirar a limpo com elas se hviam usado algum tipo de conservante na sua produção. “Não", responderam elas, "apenas farinha e água”, como é a norma própria da Igreja desde sempre.

Para o Pe. Angelo, estamos diante de um “achado prodigioso e inexplicável": "Para mim é um milagre e uma mensagem para todos que nos relembra a centralidade da Eucaristia. Jesus nos diz: 'Eu existo e estou convosco. Confiai em Mim'!”.

** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!

_____
Fontes:
• Avvenire.it, Terremoto. Ostie trovate intatte nel tabernacolo. 'Gesù sotto le macerie' di Arquata, em:
avvenire.it/attualita/pagine/tabernacolo-ritrovato-arquata-terremoto
Acesso 21/6/2018
• National Catholic Register, Hosts ‘Miraculously’ Preserved 16 Months After Devastating Earthquake, em:
ncregister.com/blog/edward-pentin/hosts-miraculously-preserved-14-months-after-devastating-earthquake
Acesso 21/6/2018
• Ciência confirma a Igreja, Milagre eucarístico? 40 hóstias intactas na igreja destruída por terremoto há ano e meio, em:
https://cienciaconfirmaigreja.blogspot.com/p/milagres-eucaristicos.html#17100901
Acesso 21/6/2018
www.ofielcatolico.com.br

4 comentários:

  1. Fernando Siqueira21 de junho de 2018 21:52

    Quantos milagres Eucaristico temos visto nesses últimos tempos, é como Jesus dissese:Filhos sou EU "SE FIZ PEQUENO NUM PEDAÇO DE PÃO SÓ POR AMOR,então parem de fazer comunhão sacrílega parem de me ofender estou em CORPO,ALMA e DIVINDADE presença real na HÓSTIA SANTA".O cardeal Robert Sarah tem pedido aos leigos que tenham mais amor e respeito a SANTA EUCARISTIA disse que:"receber a comunhão na mão é um ataque de satanás a Eucaristia" mas seu apelo tem evacuado ao vazio, nem leigos, muito menos sacerdotes tocão no assunto. Quantas ofensas Eucaristica ó Senhor Tu tens sofrido por falta de zelo dos seus sacerdotes a Eucaristia, por isso eu te peço por intercessão da BEM AVENTURADA VIRGEM MARIA que coloque em nossos meios sacerdotes santos que ensinem o verdadeiro valor EUCARISTICO AMÉM.

    ResponderExcluir
  2. VIVA JESUS VIVÍSSIMO NO SANTÍSSIMO SARAMENTO DO ALTAR!!!
    VIVA A IGREJA DE CRISTO.
    BEIJO POR ESTE LINDO ARTIGO.
    URBANO MEDEIROS - Artista em MG

    ResponderExcluir
  3. Mariama da Cruz Lima Pereira26 de junho de 2018 11:14

    Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos; peço perdão pelos que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

    ResponderExcluir
  4. "Eis que estarei convosco todos os dias até o final dos tempos", disse o Senhor.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail