Cardeal Brandmüller: “Aqueles que clamam por ‘sacerdotisas’ são hereges e excomungados”

Pelo revmo. Padre Carlos Alberto Azevedo, par. S. Judas Tadeu de Bangu - RJ

Não se trata de preconceito machista, mas coerência com a verdade revelada! diante de Deus ninguém tem "direitos", mas uma vocação gratuita de amor para servir como Ele quer!



AQUELES QUE PRESSIONAM pela ordenação de mulheres ao sacerdócio “cumprem os elementos da heresia” e efetivamente incorrem em excomunhão automática (ipso facto – latae sententiae), disse o presidente emérito do Pontifício Comitê das Ciências Históricas, cardeal Walter Brandmüller.

Em 2018, o cardeal Brandmüller – sagrado por Bento XVI e um dos quatro signatários das “Dubia” (saiba mais) – criticou francamente a secretária-geral do partido governista da CDU na Alemanha, Annegret Kramp-Karrenbauer, depois que ela pediu que a Igreja Católica ordenasse mulheres sacerdotisas.

Kramp-Karrenbauer, amplamente considerada uma vanguardista para suceder Angela Merkel como chanceler alemã, disse em uma entrevista ao Die Zeit: “É muito claro: as mulheres têm que assumir posições de liderança na Igreja!”... 

Ela acrescentou ainda que gostaria de ver "padres do sexo feminino"(?), mas que por enquanto a Igreja deveria se concentrar em “um objetivo mais realista, o diaconato feminino”.

É quase inacreditável como os maiores defensores do tão incensado “Estado laico”, que não admitem nenhuma influência de parte da Igreja Católica nos temas que se relacionam às leis e regras sociais, com a maior desfaçatez metem-se nos assuntos internos da Igreja e até querem ditar regras para os católicos!

A esse propósito, o Cardeal Brandmüller disse que a ideia de ordenação feminina contraria o fundamento do próprio Sacramento da Ordem, ideia essa que além de tudo já foi definitivamente descartada por São João Paulo II e, portanto, qualquer um que insista em promovê-la “deixou a fundação da fé católica” e “preenche os elementos da heresia que tem, como consequência, a exclusão [automática] da Igreja – a excomunhão ”.

Acrescentou o Cardeal que a Igreja não é uma “instituição humana”, mas vive de acordo com as “formas, estruturas e leis que lhe foram dadas pelo seu Divino Fundador, sobre o qual nenhum homem tem poder – nem o Papa e nenhum conselho eclesiástico”.

Brandmüller disse também que é “surpreendente” que certos temas heterodoxos absurdos estejam sendo mantidos vivos dentro da Igreja alemã. Estes são “sempre os mesmos: sacerdócio feminino, fim do celibato, intercomunhão, novo casamento após o divórcio... Recentemente, foi acrescentado o infeliz ‘sim’ dos bispos alemães à homossexualidade, mesmo a Igreja condenando-o veementemente”.

_____
Fonte:
Salve Roma,. em:
https://salveroma.com/2019/02/17/aqueles-que-clamam-mulheres-sacerdotisas-sao-hereges-e-excomungados-diz-cardeal-brandmuller-
Acesso 20/2/2019

Um comentário:

  1. Seria muito bom que este site que tanto tem ajudado os cristãos católicos a iluminar e esclarecer questões duvidosas da doutrina nos brindasse com um artigo que tratasse deste assunto de modo mais aprofundado ou pudesse indicar bibliografia que permitisse aos interessados e mesmo aos desatentos maior e melhor conhecimento a respeito deste tema. Além de ser um tema que, no geral, costuma "mexer com a cabeça" das mulheres que acabam "achando" que tal "proibição" existente é apenas uma argumentação "fosfórica" engendrada pela cúpula da Igreja Católica, coroada pelas posições "machistas" proclamadas por São João Paulo II. No final das contas, existem religiosas que já escreveram alguns textos defendendo a possibilidade formal de serem sacerdotisas, não as sendo ainda pela "posição machista" e "patriarcal" do Magistério da Igreja, preso a uma "tradição" quase caduca para a "modernidade" atual. Desde já, agradeço à atenção dispensada.

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir