A Igreja Católica foi fundada por Constantino?


ESTE ARTIGO poderia ser classificado como mais um da série "falácias 'evangélicas'"... Sim, esta é mais uma das "invencionices" dos nossos pobres irmãozinhos afastados. Respondemos à pergunta logo de cara: claro que não, a Igreja Católica NÃO foi fundada por Constantino, e nem poderia ser. Este é um disparate sem tamanho, uma tolice tão grande e evidente por si mesma que dispensaria explicações. No entanto, como vivemos num país de ingênuos e de maioria inculta, damo-nos ao trabalho de publicar este artigo.

Santa Helena de Constantinopla
O imperador Constantino, também conhecido como Constantino Magno, o Grande, ou Constantino I, nasceu em 274 e faleceu em 337; foi imperador durante 31 anos (de 306 a 337). Era filho de Constâncio Cloro e Helena, que era cristã e veio a ser canonizada (Santa Helena de Constantinopla). Casou-se com Faustina, filha de Maximiliano Hércules.

Após a morte do imperador Galério, o poder ficou dividido entre Maxêncio (que se autoproclamou imperador) e Constantino (aclamado imperador por seus soldados). Os dois ambicionavam o poder, e a luta entre eles encerrou-se no dia 28 de outubro de 312, com a histórica vitória de Constantino junto à Ponte Mílvia.

À ocasião, Constantino testemunhou ter visto no céu uma cruz com a inscrição "In Hoc Signo Vinces" ('Com este Sinal vencerás'). Este foi um marco para a sua conversão, que não se deu de uma hora para outra: ele foi batizado somente em 337, no fim de sua vida. Alguns historiadores contestam a conversão de Constantino. De fato, objetivamente não há como se afirmar se a sua conversão foi sincera ou se ele, antes de tudo, adotou uma inteligente estratégia política e militar, pois, ao se declarar cristão, obteve o apoio de uma parcela importante da população e inclusive da nobreza. Essa questão, porém, não tem a menor importância para o fato que estamos demonstrando aqui – o fato de que Constantino concedeu total liberdade de culto aos cristãos a partir do ano 313, com o chamado Édito de Milão, documento no qual constava o trecho seguinte:

Havemos por bem anular por completo todas as restrições contidas em decretos anteriores acerca dos cristãos; restrições odiosas e indignas de nossa clemência, e dar total liberdade aos que quiserem praticar a religião cristã."

Nesse tempo, o Papa era Melcíades, 32º Sumo Pontífice da Igreja depois de São Pedro. Assim, não há como se afirmar que Constantino seja o fundador da Igreja de Cristo, que desde o início sempre foi Católica (que quer dizer 'universal', isto é, não restrita a um grupo escolhido, mas aberta a todos os povos e nações) desde o tempo dos Apóstolos; ele apenas deu liberdade aos cristãos, que obviamente já existiam desde o século I, acabando com mais de dois séculos e meio de perseguição e martírios.

Veja o leitor, por exemplo, o conteúdo da Carta de Santo Inácio de Antioquia aos Esmirnenses (que viveu do ano 67 até 110 dC), a qual, escrita nos primeiríssimos anos do cristianismo, antes mesmo da canonização da Bíblia Sagrada (e séculos antes de Constantino), já denomina a verdadeira Igreja de Cristo como Católica (leia aqui).

Fica claro que não estamos aqui dando "a nossa opinião" sobre o assunto: tudo isso é História bem documentada. Sendo assim, sequer precisaríamos dizer mais nada, pois é fato incontestável que no início do século terceiro o cristianismo já estava espalhado por quase todo o mundo, penetrando inclusive nas classes nobres, mas ainda perseguido pelos imperadores romanos, que tentavam, pelo poder das armas, destruir a Fé.

Como dissemos no começo, trata-se de uma questão extremamente simples, fácil de compreender e impossível de negar. É preciso um altíssimo grau de alienação da realidade para aceitar a ideia de que tenha sido um imperador romano que tenha fundado a Igreja, a partir do século IV. Nenhuma igreja protestante histórica (as mais antigas, como a luterana, a calvinista e a anglicana) adota esse tipo de teoria absurda para renegar a autoridade da Igreja Católica, pois os seus pastores e adeptos, em geral, são pessoas mais esclarecidas. Demonstrado então, acima de qualquer dúvida, que não foi Constantino quem fundou a Igreja Católica, a pergunta que fica é: quem fundou a Igreja Católica?

Foi o próprio Senhor Jesus Cristo. A palavra "igreja" deriva de outra palavra grega que significa assembléia convocada. Neste sentido a Igreja é a reunião de todos os que respondem ao Chamado do Cristo: "...Ouvirão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só Pastor" (Jo 10,16).

Ao contrário do que às vezes ouvimos por aí, dito por pessoas sem nenhum conhecimento de causa, Jesus Cristo sem dúvida tinha a intenção de fundar a sua Igreja, e a Bíblia demonstra essa intenção explicitamente, em Mt 16,18 ('Tu és Pedra e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja...'), bem como em diversas outras passagens do Novo Testamento.




A escolha dos doze Apóstolos:

"O Senhor subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram a Ele. Designou doze entre eles para ficar em sua companhia". (Mc 3,13-14). A escolha precisa de doze Apóstolos tem um significado muito importante. O Senhor lança os fundamentos do novo povo de Deus: doze eram as tribos de Israel, surgidas dos doze filhos de Jacó; assim, doze foram os Apóstolos para testemunhar a continuidade do Plano de Deus por meio da Igreja.

Segundo Sto. Agostinho, a Igreja começou "onde o Espírito Santo desceu do Céu e encheu 120 pessoas que se encontravam na sala do Cenáculo". O derramar do Espírito, em Pentecostes, foi como a "inauguração oficial" da Igreja para o mundo.

Sim. Jesus Cristo fundou e instituiu a sua Igreja neste mundo. Atualmente, porém, estamos vivendo um momento em que muitas "igrejas" são inventadas todos os dias, porque são encaradas como se fossem empresas, como negócio comercial. Basta um sujeito "bom de lábia"; que tenha facilidade de convencer os outros com belas palavras. Esta pessoa lê a Bíblia, interpreta do seu jeito particular, abre firma (os custos são mínimos) e aluga um salão, de preferência em local movimentado; compra cadeiras e um púlpito. Pronto! Já nasceu mais uma "igreja"! Para ser "pastor" não precisa entender de História, nem de Filosofia, nem de Teologia: basta querer. Simples assim!


Alguns dados históricos interessantes sobre as 'igrejas' protestantes/'evangélicas':

#
A igreja protestante mais antiga é a luterana. Foi fundada por Martinho Lutero em 1524. – Note-se que a Igreja Católica já existia há mais de mil e quinhentos anos quando ela surgiu. Foi chamada de "protestante" justamente porque protestava contra a primeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, a Católica;

# A igreja anglicana foi fundada pelo rei Henrique VIII, em 1534, porque o Papa (Clemente VII) não permitiu que ele se divorciasse de sua primeira esposa para se casar com Ana Bolena;

# A igreja presbiteriana foi fundada por John Knox, em 1560;

# A igreja batista foi fundada por John Smith, em 1609;

# A igreja metodista foi fundada por John Wesley, em 1739, quando decidiu separar-se dos anglicanos (aqui começaram as divisões das divisões das divisões... que continua até hoje);

# Os adventistas do sétimo dia começaram com Guilherme Miller e Helen White, no século passado;

# A congregação cristã do Brasil foi fundada por Luigi Francescom, em 1910;

# As "assembleias de Deus" têm a sua origem no chamado "despertar pentecostal" dos anos 1900, nos EUA. Muitas pessoas saíram de diferentes igrejas protestantes para formar novas congregações pentecostais. Em 1914, mais de cem destas novas "igrejas"(!) se juntaram para formar esta nova organização religiosa;

# A "igreja do 'evangelho quadrangular'" foi fundada na década de 1920, pela missionária canadense Aimeé Semple McPathersom, que passou da igreja batista para a pentecostal (desde sempre houve o famoso 'pula-pula' dos 'evangélicos', de 'igreja' em 'igreja', porque nunca estão contentes, já que não encontram a Igreja verdadeira, simplesmente porque é a Católica, que repudiam);

# A "igreja 'Deus é Amor'" foi fundada por David Miranda, em 1962;

# A "renascer em Cristo" surgiu há poucos anos, já na década de 1990, fundada pelo empresário (e criminoso) Estevan Hernandez;

# A "igreja universal do reino de deus (sem dúvida do deus Mamon)" surgiu em 1977, fundada pelo falso profeta empresário (e criminoso) Edir Macedo;

Nos últimos anos, milhares e milhares de outras denominações menores foram surgindo, com os nomes mais criativos. Cada uma delas se afirma a mais fiel; todas se declaram "conduzidas pelo Espírito Santo", apesar de ensinarem coisas totalmente diferentes umas das outras. Todas elas foram fundadas por homens ou mulheres comuns. A pergunta é simples: como o Espírito Santo poderia animar tantas divisões, Ele que é Fonte da Unidade? E como poderia inspirar tantas doutrinas tão diferentes umas das outras (umas batizam crianças, outras não; umas dizem que o batismo tem que ser em rio, outras que pode ser numa piscina ou tanque, ou por aspersão; umas admitem o divórcio, outras não; umas praticam o que chamam de 'santa ceia', outras não; umas guardam o sábado, outras não, etc, etc...), se as Escrituras dizem que os verdadeiros cristãos tem uma só fé (assim como um só Senhor e um só Batismo – Ef 4,5)?


Como saber qual é a verdadeira Igreja de Cristo

Como identificar a Igreja de Nosso Senhor? Algumas chaves simples podem nos levar à conclusão definitiva. A Bíblia Sagrada, que os protestantes/evangélicos dizem seguir, e conhecer a Igreja primitiva, que os protestantes/evangélicos dizem representar.

Segundo a Bíblia: a Epístola aos Hebreus (12,22-24) fala da Igreja Celestial, que é a Jerusalém Celeste. O texto bíblico diz que as almas dos justos aperfeiçoados estão no rol da Igreja triunfante, a Assembleia Universal, que é a Igreja dos Primogênitos arrolados nos Céus, diante de Deus, Juiz de todos. O ponto fundamental aí é notar que a tradução do manuscrito original para o grego seria kαθολικός eκκλησία, que se pronuncia katholikón ekklésia, e quer dizer, exatamente, Igreja Católica.

A Igreja Primitiva, no Concílio de Constantinopla (381), definiu os traços que caracterizam a verdadeira e única Igreja de Jesus Cristo: "Creio na Igreja, Una, Santa, Católica e Apostólica...".

Una: A Igreja deve ser una, isto é uma só, indivisível, uma só Igreja, do mesmo modo como existe "um só Senhor, uma só fé, um só batismo" (Ef 4,5). Jesus Cristo fundou uma só Igreja neste mundo, e Jesus só pode ser a Cabeça de um Corpo, do mesmo modo como somente pode desposar uma noiva, assim como Deus teve um povo entre os vários povos;

Santa: em virtude do seu fundador: Jesus Cristo. Foi ela que recebeu a promessa fundamental: "...as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mt 16,18). Deste modo, a razão da própria existência da Igreja está em ser um instrumento de santificação dos homens: "Santifico-me por eles para que também eles sejam santificados pela verdade" (Jo 17,19).

Católica: a palavra católica quer dizer universal; a Igreja de Cristo é Universal porque foi estabelecida para reunir todos os povos e nações para formar o único Povo de Deus: "Ide, pois, ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28,19).

Apostólica: porque está edificada sobre o "fundamento dos Apóstolos..." (Ef 2,20). A garantia da legitimidade da Igreja está na continuidade da obra de Jesus por meio da Sucessão Apostólica. Tudo o que Jesus quis para a sua Igreja foi entregue aos cuidados dos Apóstolos: a doutrina, os meios para santificação e a hierarquia.

Romana: este título, que pode confundir algumas pessoas, na realidade é muito simples e evidente: “Romana” não implica nacionalismo nem particularismo; não quer dizer que a Igreja pertença ou se limite a Roma, assim como aconteceria com uma empresa; indica apenas o endereço da sede da Igreja, enquanto instituição, neste mundo. Nada mais. A Igreja, atuando no mundo, precisa de um endereço físico e postal, que é o do Bispo de Roma, o Papa, feito Chefe visível por Cristo. Em consequência, a Igreja Católica recebe, como uma espécie de “subtítulo”, a designação “romana”. Isto em nada contraria a sua catolicidade/universalidade. Também Jesus é chamado "Galileu" e "Nazareno", e nem por isso deixa de ser o Senhor e Salvador de todos (saiba mais).

______
** A reprodução deste artigo é livre desde que acompanhe o link para a fonte original:
http://www.ofielcatolico.com.br/2001/02/a-igreja-catolica-foi-fundada-por.html
ofielcatolico.blogspot.com

169 comentários:

  1. A todos, Graça e Paz

    Para contribuir com o texto, permitam-me colocar um texto de um blog protestante, que achei bastante pertinente. Se acharem interessante, publiquem!


    ... A igreja não foi inventada por aquele Imperador Romano, a igreja teve seu início no Pentecoste com a descida do Espírito Santo. Logo após o derramar do Espírito houve a pregação do Evangelho e 3.000 almas entram no Reino de Deus (At 2:41). Mais uma pregação de Pedro e outros 5.000 adentram (At 4:4), a igreja crescia (At 2:47), mesmo sob perseguição, chegando a expandir em todo império (At 17:6).

    Constantino (274-327 d.C.) já imperador nos territórios que hoje conhecemos como França e Inglaterra, em 312d.C. expandiu seu reinado no Oeste quando venceu a batalha de Milvia contra seu inimigo Maxentius. Ele teve uma visão de uma cruz no céu com as seguintes palavras em Latim: “com esse sinal vencerás” (Earle Cairns, O Cristianismo Através do Séculos, p.100). Ele atribuiu sua vitória ao Deus cristão e conduziu o Império Romano pela primeira vez à uma política pro-cristã. Em 313 d.C. juntamente com o imperador Licinius (naquela época haviam 2 imperadores romanos, um no oeste e outro no leste do império) formularam o Edito de Milão que introduziu uma política de tolerância ao Cristianismo. Somente em 380 d.C., o imperador Teodósio I baniu o paganismo e elevou o cristianismo ao status de religião oficial do império (Jeffrey Bingham, Pocket history of the Church, p.45).

    Percebe aqui que não foi nem Constantino que formalizou o cristianismo como religião imperial? O edito de Milão foi uma tolerância, tanto que o próprio Constantino após se tornar o imperador supremo nunca se colocou sob a autoridade dos professores cristãos e bispos, ele se considerava “o bispo dos bispos,” o supremo pontífice mas ainda permitia o paganismo no império tanto que ele praticava sua própria religião e diante da igreja ele não tinha sido batizado ainda, o sendo no final de sua vida somente. Teodósio I foi quem tornou proibido todo culto pagão e o cristianismo então se tornou a religião oficial do Império Romano (Justo Gonzalez, The History of Christianity, vol1, pp 137-41).
    Os apóstolos morreram e outro grupo de cristãos começaram a liderar a igreja e a escrever com o mesmo objetivo dos apóstolos, para corrigir, edificar, exortar e ensinar. Esse grupo é chamado de pais apostólicos, ou pais da igreja.

    Temos na parte ocidental do império homens como Clemente de Roma e Hermas e no leste do império Inácio de Antioquia, Policarpo, Papias. Esse homens continuaram firmes na teologia apostólica da autoridade das Escrituras, da salvação somente através de Cristo, trinitarianismo, divindade de Jesus, eclesiologia, etc…
    Nesse período tempos também a era dos mártires, que se estendeu até Constantino, onde os cristãos experimentaram a morte por causa de sua fé. Não se prostraram diante ao panteão de deuses romanos, nem ao culto ao imperador, mas se submetiam e adoravam somente a Jesus, sendo então acusados de ateísmo, incesto, canibalismo e foram condenados a morte sendo jogados vivos aos animais no Coliseu ou queimados vivos como verdadeiras tochas humanas, dentre outros.
    Chega a ser uma ofensa pensar que o cristianismo começou com Constantino, sendo que muitos cristãos deram suas vidas por Cristo, enfrentaram as feras pela sua fé, o cristianismo estava vivo e atuante de uma forma que nós aqui no oeste nunca compreenderemos claramente.

    ...

    Podemos rapidamente perceber que os 300 anos do cristianismo que antecedem Constantino, foram cenário do nascimento, crescimento e desenvolvimento da igreja. Constantino não formou ou instituiu cristianismo apenas o tolerou, e preparou o caminho para que se tornasse a religião do império trazendo enormes benefício e prejuízos para a fé cristã, mas isso é assunto para um outro momento.

    Artigo completo em:
    http://marceloberti.wordpress.com/2013/09/10/chega-de-por-a-culpa-em-constantino/

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que prejuízos seriam esses meu caro amigo

      Excluir
    2. Só tenha cuidado pra não confundir cristianismo com Igreja, Filipe. A paz de NSJC!

      Excluir
    3. Oii, sou católica e tenho procurado entender melhor minha religião. Na busca por isso venho pedir de coração uma ajuda para entender as devoções a Nossa Senhora, Maria mãe de Jesus. Pq há tamanha devoção a ela entre os católicos e pq, se é assim a vontade de Deus, na santa palavra os apóstolos de Cristo em sua sabedoria não exprimem tal vontade ? Já que somos católicos apostólicos romanos e nenhum apostolo insita tal devoção porque a fazemos?
      Desde já agradeço, e agradecida confesso que são questões que doem, mas que no meu íntimo precisam ser resolvidas, pois sei que a verdade liberta e lendo a santa palavra não encontro alguns aspectos do catolicismo. Apesar de já saber dos argumentos protestantes veio aqui para examinar dessa vez agurmentos de quem exprime a fé católica.
      Obg!

      Excluir
    4. Prezados irmãos em Cristo, estarei realmente atarefado até a próxima quinta-feira, por isso conto com a vossa colaboração no auxílio a esta que se apresenta como irmã em sincera busca por orientações.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    5. Cara "Anônima",

      Por que buscar palavras dos Apóstolos acerca da devoção a Maria se temos o próprio Jesus a nos dizer, do alto da Cruz a um deles, "Eis aí a sua mãe" e a Maria "Eis aí o seu filho"?

      É razoável crer que João descumpriu esse pedido de Jesus momentos antes de morrer na Cruz?

      Excluir
    6. Caríssima irmã anônima que se diz católica
      Aconselho a caríssima assistir ao vídeo da semana existente na página inicial deste grande Apostolado, do professor Fernando Nascimento do Programa Católicos voltem para casa:

      Maria, a Nova Eva - https://www.youtube.com/watch?v=WyjHudM-fTA#t=61

      E os outros:

      Maria, a Nova Arca da Aliança - https://www.youtube.com/watch?v=iq2n5t6nOqM

      Tipologia e Maria - https://www.youtube.com/watch?v=ekQlZGQRbvw

      Aconselho também, que faça suas anotações de todas as referencias bíblicas citadas nos vídeos e tire suas próprias conclusões. Caso as suas dúvidas persistam, faça novas pesquisas nos sites católicos.

      Bom proveito e salve Maria, Mãe de Deus e Nossa Mãe!

      Excluir
    7. Cara irmã Católica, Graça e Paz!

      Interessante essa questão de Maria, porque isso foi uma das primeiras perguntas que fiz no Blog, muito tempo atrás. Me responderam que eu não acharia as respostas na Bíblia, mas na tradição católica.

      Apareça mais no blog, conversemos mais sobre isso!

      Excluir
    8. O que vocês podem me dizer sobre as inúmeras pessoas presas, torturadas, decapitadas, queimadas vivas, esquartejadas, e por fim, seus bens confiscados, tudo isso pela nossa amada igreja católica por ordens dos Papas nas suas respectivas épocas. obs: sou católico e toda minha família também.

      Excluir
    9. Em primeiro lugar, se você é mesmo católico, anônimo, e sabe o que isso significa, – pessoalmente duvido disso, – seria interessante começar procurando conhecer a verdade dos fatos antes de sair por aí divulgando calúnias inventadas pelos inimigos da Igreja: pelo teor da sua "pegunta" vejo que você aprendeu a ler direitinho na cartilha deles. Cartilha ditada por satanás, diga-se de passagem.

      Este post não tem nada a ver com o assunto, mas nós já o esclarecemos em outras oportunidades. Sugiro a leitura dos seguintes estudos:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2013/10/porque-inquisicao-nao-e-impedimento-nem.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/03/entendendo-inquisicao-e-as-inquisicoes.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    10. Caríssimo Anônimo, com todo respeito, mas com católicos como você, que dizem que a "igreja católica" prendeu, torturou, queimou, etc várias pessoas só porque papa fulaninho fez isso, sem apresentar contexto nenhum e literalmente zombando da história, quem precisa de protestantes? Quem precisa dos hereges, de hoje e antigamente, que chamam a Igreja de "Grande Babilônia suja com o sangue dos santos"? Quem precisa de Lutero, ele que dizia fazer parte da Igreja verdadeira, mas ordenou o massacre dos anabatistas e ainda falava mal dos papas? Quem precisa dos cátaros, por exemplo?
      Se o senhor é católico e ama a Igreja, imagine como devem ser os que a odeiam! Se a sua "amada igreja católica", que você fez bem em citar com i minúsculo, tem papas infalíveis em tudo e não só em questões de fé, verdadeiros super-heróis que nunca podem errar, então realmente se o papa cospe, é a Igreja que está cuspindo, se o papa pula, a Igreja está pulando e se um delinquente que subiu ao Trono de São Pedro mandou matar sem justa causa na Idade Média, por exemplo, era a Igreja que estava matando.
      Ainda bem que a verdadeira Igreja Católica, Corpo Místico de Cristo, que pode ser reduzida a um punhado de fiéis como nos disse Santo Atanásio e nem sempre equivale ao clero, que pode muito bem se corromper e desobedecer, não funciona assim. Nessa Igreja, o Papa só é infalível em questões de doutrina e não é porque o papa ou qualquer outro filho da Igreja mata alguém que a Igreja está matando. Não é porque Judas traiu NSJC que toda a Igreja o traiu.
      Agora, sobre esses esquartejamentos, decapitações, prisões e tudo mais, em que contexto cada um deles aconteceu? Se você estiver se referindo à Inquisição, que foi tão bem explicada por Henrique nos posts citados, saiba que ela aconteceu por motivos completamente diferentes dos das Cruzadas, outro tema citado pelos inimigos da Igreja.
      Só o jeito que você escreve já dá para perceber que o anônimo não se trata de mais um católico mal formado que quer informações sobre a Igreja, mas sendo fiel à ela. Falando sobre um monte de crimes sem querer estudar, entender ou diferenciá-los, achando que o importante é que eles foram cometidos por papas e isso faz da Igreja culpada, como todo bom anti-católico, você prova que não quer aprender e sim denegrir a imagem dos católicos.
      Se a sua amada igreja, com i minúsculo, é assim, saiba que o problema é todo seu e nós, filhos da Esposa de Cristo, não temos nada haver com isso. A paz de NSJC!

      Excluir
    11. Como a igreja catolica pensa que ocorrera o arrebatamento? Existe posição unânime do catolicismo sobre esse importante tema? Eu acredito, pelos estudos intensos na Bíblia, que o arrebatamento será pouco antes do início da Tribulação de 7 anos na Terra.

      Excluir
    12. Tratamos sobre este assunto no artigo que você pode ler no endereço abaixo:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2015/06/a-igreja-e-o-arrebatamento.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    13. Prezados,

      Sou cristão não católico, e acompanhei algumas respostas aos questionamentos feitos com relação aos exageros exercidos pelos líderes da Igreja romana. Ao contrário do fanatismo exercido pelo caro Petrivalianici, venho colocar alguns pontos que devem ser observados no que diz respeito à história da Igreja.
      *Papas mandaram matar praticaram incestos e adultérios
      Isto é verdade ao contrário do que foi afirmado anteriormente. Exageros e absurdos foram cometidos por Papas e por líderes protestantes também. Os sacerdotes levitas escolhidos por Deus também pediram a execução de Jesus. Pessoas erram pensando que estão acertando, ou erram sabendo que estão errando. Saulo perseguia a Igreja, pensando que estava acertando. Existiram Papas que promoviam orgias como Alexandre VI, não sendo inocentes em seus pecados, sabendo o que praticavam. João XII praticou incesto com a mãe. Estes sabiam o que estavam fazendo. Não são inocentes.
      Não se pode esperar de qualquer ser humano a ausência de corrupção. O próprio Pedro negou a Jesus. Os erros cometidos pelos servos de Deus são exemplos de ensinamentos para que aqueles que estão de pé cuidem para que não caiam.
      Não podemos fingir que erros não existem e tratar a Igreja como se fosse time de futebol, onde o torcedor se recusa a enxergar as falhas de seu time diante das críticas. Calvino exerceu um zelo religioso tão radical que acarretou na morte de Jacques Gruet, por fazer oposição a Calvino através de cartazes. Posso eu negligenciar o erro de Calvino só por professar a fé protestante? Óbvio que não. Erros devem ser identificados e sanados; não encobertos, negligenciados ou negados.

      Deus abençoe.

      Wladmir

      Excluir
    14. Sim, concordo, e é assim que a Igreja sempre age, admitindo os erros cometidos pelos seus filhos. Um bom exemplo é o caso de Joana d'Arc, condenada e depois canonizada. Se houvesse a intenção de esconder, a atitude lógica seria tentar "varrer" o caso "para debaixo de tapete".

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    15. Não, Wladmir, o único fanatismo (loucura irracional por uma causa) exercido por alguém aqui é o seu. Eu disse exatamente a mesma coisa que você, atentando para o fato de que os erros dos filhos da Igreja (João XIII, Alexandre VI, etc) não são DA IGREJA, como explicou Henrique.
      Agora, se responder com rigidez a um falso católico como o anônimo do dia 22, que chamou a Igreja de "amada" de forma irônica e com a mesma mentalidade que eu e você estamos criticando é fanatismo, sou uma mera cópia imperfeita do maior fanático de todos os tempos, que expulsou os mercadores do Templo a chibatadas. Passar bem e a Paz dele a você!

      Excluir
    16. Anônimo6 de fevereiro de 2015 18:44 leia o livro de Sabedoria 13:10-19. SEGUE O TEXTO:Os ídolos são coisas vãs (15,7-13; Sl 135,15-17; Is 40,18-20; Br 6,4-72)
      10Mas mais infelizes são aqueles
      que puseram a sua esperança em coisas mortas,
      os que chamaram deuses à obra de mãos humanas:
      ouro e prata trabalhados com arte,
      figuras de animais ou alguma pe­dra inútil, obra de mão antiga.
      11Imaginemos um carpinteiro: cor­ta com uma serra um tronco fácil de trabalhar,
      tira-lhe cuidadosamente toda a casca,
      trabalha-o habilmente
      e faz dele um utensílio para uso comum.
      12Com o que sobrou da sua obra,
      prepara a comida com que fica saciado.
      13O último desperdício que não serve para nada,
      um pau torto e cheio de nós,
      ele toma-o e, nas horas de lazer, trabalha-o,
      modela-o com arte para distrair-se
      e dá-lhe as feições de um homem,
      14ou a figura de um animal des­pre­zível;
      depois cobre-o de vermelho, pinta-o de cor encarnada
      e faz desaparecer todos os seus defeitos.
      15Enfim, prepara-lhe um nicho ade­­quado,
      coloca-o na parede e fixa-o com um prego;
      16toma precauções para que não caia,
      sabendo que ele não pode valer-se a si mesmo,
      pois é uma estátua que precisa de ajuda.
      17Não se envergonha de falar com aquele objecto sem vida;
      mas, quando lhe reza pelos seus bens, pelo seu casamento e pe­los filhos,
      pede saúde a quem é fraco,
      18pede vida a quem está morto;
      pede ajuda a quem não pode so­correr,
      pede uma viagem feliz a quem nem sequer pode dar um passo;
      19e, para os investimentos, negó­cios e trabalhos,
      pede força a quem nem é capaz de mexer as mãos.

      Excluir
  2. Boa tarde Henrique, voltei a este blog para contestar suas escritas...
    Me explique por que a igreja catolica que se diz cristã parou de ser perseguida com o reinado de constantino? não foi pelo fato de que a igreja aceitou todo o tipo de paganismo que constantino trouxe para dentro da igreja? paganismo este, que fez com que Martinho Lutero se rebelasse contra a igreja catolica,que na época e agora podemos chamar de igreja caótica.... graças a Deus que Martinho Lutero conheceu a biblia e teve coragem de enfrentar quem fosse para revelar a verdade escondida do povo. Também elogio suas contestações de muitas igreja ditas cristãs, mas e a contestação ao papa, vc não faz??? de onde inventaram essa de que o papa é o sumo pontifica???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz em bem anônimo,
      Observei alguns dos seus questionamentos e gostaria de fazer a minha intervenção apesar da pergunta ser direcionada ao escritor deste blog. Muito bem, que tipo de paganismo você se refere? Por dedução acredito que você possa estar questionando (como bom protestante que é) o uso de imagens na Igreja Católica. Bom se for por este motivo, te apresento alguns links baseados em pesquisas que comprovam o uso de imagens pelos cristãos nas catacumbas do Século I, ou seja, muito antes da liberdade de culto promulgada por Constantino, veja aqui:http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/imagens/541-o-uso-das-imagens-no-cristianismo-primitivo; http://www.pime.org.br/mundoemissao/culturaculcristaos.htm
      Bom, quanto a Martinho Luthero sugiro que você faça leitura do livro “Conversas à mesa” e você descobrirá que o líder das primeiras heresias protestantes não foi tão bonzinho como o seu Pastô de esquina te disse. Gostaria ainda de te fazer lembrar que Jesus mesmo disse que estaria com a sua Igreja todos os dias, até o fim dos tempos, ou seja, a única Igreja Cristã que se mantem até hoje lutando contra todo o tipo de heresias desde a sua fundação há 2 mil anos atrás é a Igreja Católica. Convenhamos Anônimo, a heresia protestante só veio à tona por volta do século XVI, e portanto, cerca de 1500 anos depois de Jesus afirmar que estaria com a sua Igreja até o fim dos tempos (Mt 28,20), antes disso nunca ouvimos nenhum burburinho do que hoje é o protestantismo.
      Por fim, sabe quem afirmou que o Papa é o sumo pontífice??? Acredite se quiser, foi Nosso Senhor Jesus Cristo ao fundar a sua Igreja instituindo Pedro como o primeiro Papa (Mt 16,17-18), além disso, nesta mesma passagem ele diz que as portas do inferno não prevalecerão sobre a sua Igreja. Que Igreja é esta??? A Católica anônimo, isso mesmo...

      Excluir
    2. Prezado anônimo, suas perguntas foram respondidas em forma de post, por gentileza leia acessando o link abaixo:

      Constantino, Lutero e o Papa

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    3. Enfim existe algum podre(es) na história igreja romana até os dias de hoje?

      Excluir
    4. Sua pergunta está respondida em forma de post, anônimo. Leia no endereço abaixo:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/07/os-podres-da-igreja.html

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    5. Católicos tampem os ouvidos, não ouçam os uivos desses lobos que trabalham para destruir a igreja católica... Sobre a nossa igreja as portas do inferno não prevalecerão, isso foi uma promessa.

      Excluir
    6. E quando Deus fala para não fazermos imagens, gostaria de saber qual e a base para se ( adorar imagens) e não falar com Deus direto, porque ele mesmo disse Jesus Cristo que o vel que nos separava de Deus tinha sido rasgado.
      Os sacerdotes na época falavam com Deus existia a arca da aliança e também o véu, depois de Jesus não precisamos mais de sacerdotes podemos falar com Deus diretamente sem intersesor por isso eu não entendo o porque das imagens só tenho esse questionamento com a igreja católica poderia alguém me esclarecer, Obrigado.

      Excluir
    7. Unknown, quanto as imagens, já estamos carecas de responder o porque a Igreja permite a existências delas dentro da Igreja, em que não contradiz em nada ao mandamento do SENHOR, que diz, que não se deve fazer imagens de falsos deuses para serem adorados, não existe nenhuma mandamento divino que não se possa fazer todos tipo de imagem, que servirá para ornamentar, instruir e prestar a devida honra, respeito e reverência para aquele ou aquela cuja imagem representa. Quanto a pedir a intercessão de alguém, isto em nada anula a Redenção única vinda através de JESUS, por isto ELE é nosso único mediador de nossa Salvação, e também não anula em nada o fato de JESUS ser nosso intercessor eminente, pois todos nós podemos orar e interceder uns pelos outros em nome de JESUS, se assim fazemos na terra, não há nada que impede os Anjos, os Santos e Maria no céu fazer o mesmo por nós. Você pode orar diretamente a DEUS em nome de JESUS, mas isto não impede que você peça a um irmão seu orar por você e nem de você pode orar a um irmão seu, pois todos nós unidos em CRISTO JESUS, podemos interceder uns pelos outros pelo nome SANTÍSSIMO DO SENHOR JESUS.

      Sidnei

      Excluir
    8. Amados irmãos graça e paz!
      Vi aqui alguns perguntarem sobre adorar Maria,e o por que?
      Queria uma resposta também sobre o assunto.
      Queria explicação sobre O livro de Baruque cap 6 . Pra mim está claro lá que não se deve fazer procissão e adorar imagens. Quem pode detalhar verso por verso?
      Paz.

      Excluir
    9. Por favor, Jailson, pesquise em nosso "Índice de respostas católicas para acusações protestantes e 'evangélicas'", e certamente você encontrará as suas respostas. Endereço abaixo:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2000/01/indice-de-respostas-catolicas-para.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    10. "Ireis ver em Babilônia deuses de prata, ouro e madeira, deuses que são carregados aos ombros e que, não obstante, inspiram temor aos pagãos"
      Baruc 6,3.

      Pergunta-se: aonde se encontra nesta frase a palavras: Maria; Anjo ou Santo?. O texto é claro, fala de deuses, de ídolos, não fala de Maria, dos Anjos e dos Santos, não tem como comparar uma coisa com a outra, qualquer comparação será descabida e fora do contexto.

      Sidnei.

      Excluir
  3. Acho muito interessante usar os meios de comunicação pra tirar dúvidas e etc., mas usar termos como "nossos pobres irmãozinhos afastados" ou "damo-nos ao trabalho de publicar este artigo" tira toda credibilidade do site.
    É tão trabalhoso assim esclarecer dúvidas? Não seria esse um dos objetivos do site?
    Um assunto tão interessante e que as pessoas devem conhecer, mas, que soou num tom de deboche e ira.
    Pense que, muitos (católicos, espíritas, evangélicos, judeus e outros) por algum motivo estão lendo esses post então, temperar as palavras é um bom começo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezadíssima Regina,

      Sendo este um espaço virtual, não há como saber o "tom" do que dizemos aqui. Entende o que eu digo? Conversando pessoalmente, eu poderia chamá-la de "feia" de um jeito que não iria ofendê-la, pela minha maneira de falar. E da mesma maneira também poderia chamá-la de "bonita" de um jeito ofensivo, que a deixaria chateada.

      Aqui, só contamos com a palavra escrita. Por isso, o "tom" do que está sendo dito, em grande medida, será compreendido de acordo com aquilo que você tem dentro de si.

      Sendo assim, vejo que você, por algum motivo, está interpretando o que eu digo com um tom negativo, ofensivo, "irado", "debochado", como disse. Mas você só lê assim o que eu escrevo a partir do que está dentro de você mesma, – porque não foi assim que eu disse. Vejamos:

      Eu disse (e digo) "pobres irmãozinhos afastados" de um jeito totalmente sentido e carinhoso. Tenho compaixão de pessoas que se dizem "ex-católicas" mas nunca se interessaram em conhecer realmente a Igreja Católica, nunca entenderam o preciosíssimo Tesouro que a Igreja tem a oferecer, nem a maravilha inexplicável que é integrar o Corpo do Senhor Jesus Cristo... Aí vão para alguma seita materialista dita "igreja" e começam a crer em (e criar) todo tipo de calúnia contra a primeira e única Igreja de Cristo...

      Sem nenhuma falsidade, sem nenhum rancor, tenho realmente piedade dessas pessoas. São pobres almas que precisam de nossas orações e ações.

      Quando disse "damo-nos ao trabalho" de responder, foi para reforçar o absurdo que é alguém acreditar que a Igreja tenha sido fundada por Constantino. É uma alegação de uma tolice tão grande, tão absurda e tão completa em si mesma, que se as pessoas tivessem o mínimo de boa vontade, se elas se interessassem pelo menos um pouquinho em procurar a verdade dos fatos... Não seria preciso explicar o que já é tão evidente por si mesmo. É isto.

      Por fim, sim! É claro que é trabalhoso esclarecer dúvidas! Você quer conhecer uma grande desgraça deste mundo? Vou lhe dizer: é muito fácil, é facílimo inventar uma calúnia a respeito de uma pessoa ou de uma instituição, e "espalhar" essa mentira por aí. É muito fácil implantar a dúvida a respeito do caráter de alguém nos corações humanos. Qualquer idiota pode fazê-lo. Mas é difícil limpar o nome sobre o qual se atirou lama.

      Acontece que para falar bobagem não é preciso estudar, nem se informar, nem pesquisar. É só inventar! E qualquer um ouve ou lê aquela mentira. Mas para esclarecer os fatos, você precisa se esforçar, precisa estudar, pesquisar, precisa se municiar dos fatos. E precisa tomar cuidado com as palavras, citar suas fontes e referências...

      Ainda pior do que isso: a maioria se interessa em ouvir fofocas, calúnias e bobagens de todo tipo, mas pouquíssimos têm a paciência necessária para buscar a verdade, para compreender o que se lhes apresenta. É muitíssimo mais trabalhoso...

      Me perdoe se minhas palavras desagradam à sua sensibilidade, mas adicionar açúcar não vai resolver o problema. Palavras doces não calam uma mentira repetida mil vezes. Nada menos que a verdade resolve. E, em alguns casos, ela precisa ser digerida crua, mesmo.

      Um abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Reze por mim e por este apostolado, para que saibamos responder cada vez melhor aos ataques de nossos inimigos e esclarecer as dúvidas dos que realmente procuram conhecimento.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. A cada resposta sua admiro mais o seu apostolado, Fiel Católico. Nunca parem de perseverar. Suas resposta s são claras precisas só não entende se não quiser. Infelizmente boa vontade nem todo munto tem.

      Excluir
  4. A quem você se refere como "inimigos" são os evangélicos? se é porque você os chama de "irmãos afastados"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, muitos seguidores de seitas gravemente heréticas e que se autodenominam "evangélicos", são, sem dúvida nenhuma, inimigos dos cristãos católicos, na medida em que não param de inventar calúnias contra a Igreja e tentar desviar seus fiéis, usando para isso qualquer tipo de subterfúgio.

      Mas há uma infinidade de outros grupos inimigos dos cristãos, como os ateus militantes, uma certa estirpe de espíritas, os adoradores do diabo e tantos outros. Basicamente, seu inimigo é todo aquele que o ataca e quer destruí-lo, concorda com isso?

      Porque eu uso o termo "irmãos afastados" acabei de explicar à Regina Teles, num meu comentário logo acima. Aliás, esta expressão não é minha, é da Igreja e aparece, entre outras fontes, na Constituição Dogmática Dei Verbum. Na realidade, é um modo carinhoso de chamar àqueles que integram comunidades protestantes, que tiveram sua origem na Igreja Una e indivisível.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Henrique, me desculpe, mas aquele que chama Nossa Senhora de "uma mulher como outra qualquer" não pode ser chamado de meu irmão, ou meu irmãozinho afastado, e sim de meio-irmão, já que não considera a Mãe de Deus a sua mãe. A paz de NSJC!

      Excluir
    3. NÃO TENHO IRMÃO QUE NÃO É FILHO DE MINHA MÃE! SALVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA!!

      Excluir
    4. Anonimo, eles nos atacam, nós devemos amar o próximo, mas eles querem fazer a gente acreditar no que eles acreditam e quando não conseguem nos atacam...

      Excluir
    5. Ave maria mae de jesus e de todos os cristaes

      Excluir
    6. "...Basicamente, seu inimigo é todo aquele que o ataca e quer destruí-lo, concorda com isso?"

      12 Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal {espalhadas} nos ares.

      Excluir
  5. Gostaria de dar minha opinião: Pelo que tenho pesquisado é que no tempo dos apóstolos não existiam igrejas. Até porque os cristãos tinham medo das constantes perseguições dos judeus e romanos. Por causa disto o novo testamento afirma que eles se reuniam nas casas uns dos outros mantendo um culto fechado ao público. O primeiro templo podemos assim dizer que caberia uma grande quantidade de pessoas foi construída em Antioquia. A arqueologia achou um templo em Antioquia nas proximidades de um morro em que nos fundos da igreja tinha uma abertura para fugir para a montanhas em caso de perseguição a igreja.
    Pedro foi a pedra da igreja espiritual e Jesus não estava se referindo a uma construção templo, como eram os templos judaicos.Pedro era a pedra principal da igreja e sobre ele começaria a ser divulgada a igreja espiritual. As igrejas naquele tempo se referia aos seguidores do cristianismo e não uma igreja construída por mãos humanas.
    Se Deus fosse dar uma igreja para pedro para ali alojar aos cristãos esta seria a igreja de Antioquia que foi a primeira a ser levantada pelos cristãos. Podemos observar que Pedro morreu e nenhuma igreja foi construída.
    Nunca se ouviu dizer que os seguidores de Jesus eram chamados de católicos ou universal como é o sentido da palavra.
    Antigamente os discípulos de Jesus eram chamados de seguidores da seita de Nazaré e cristãos mais tarde, mas nunca católicos. Quando alguém perguntava quem seriam aqueles o povo respondia: Estes são os cristãos, pois a palavra católico nunca foi usada naquele período ao início da igreja.
    Então o autor pergunta: Quem criou a igreja católica se não foi Constantino? Pelo que sei foi constantino sim que criou um templo para acomodar os cristãos dando um templo e colocou o nome de Igreja católica apostólica romana. Dai em diante os primeiros católicos seriam chamados de católicos cristãos. Eu particularmente nunca li no novo testamento que alguém criou uma igreja colocando o nome da igreja ICAR como fez constantino.
    Sim Jesus fundou a igreja sobre Pedro, onde ele seria o templo espiritual para iniciar o cristianismo após receberem o Espírito Santo.
    Observo outra coisa: Se os apóstolos fundassem uma igreja para colocar Pedro como líder esta igreja receberia o nome de:
    IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA DE JESUS CRISTO OU IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA DE PEDRO, mas nunca IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA DE ROMA, pois não haviam apóstolos somente em Roma. A igreja universal não seria só para Roma.
    Quer dizer: Trocaram JESUS CRISTO POR ROMA como se alguém dissesse que quem dita as regras aqui somos nós os romanos.
    É claro que os católicos vão defender que Deus criou a igreja católica, mas eu não entendo deste jeito até que alguém me convença que estou interpretando as coisas erradas.
    Sobre o papado eu até admitiria que Pedro foi o primeiro papa por causa de sua liderança e não porque a igreja católica dogmaticamente criou a doutrina do papado.
    Não é porque Pedro foi um líder espiritual que ele seria endeusado pelos irmãos, pois a reverência dos cristãos era sobre Jesus Cristo e não em Pedro. Hoje em dia um católico não pode ver um padre ou um papa que só falta se ajoelhar em público para lhe pedir uma benção. Meu Deus irmãos! pra quê isto? Os padres são endeusados, assim como o papa e esquecem que Jesus está ao nosso lado como ele mesmo prometeu. Isto pra mim é Heresia e também tem aquela velha tradição de beijar na mão dos padres. Sinceramente eu nunca vi que esta pratica católica era comum etre os discípulos de Cristo ou que eles não corrigiam certas falhas dos cristãos. Até mesmo Pedro por ter sido um líder foi corrigido por Paulo que nem mesmo conheceu e andou com Jesus Cristo.
    Acho que o maior problema dos protestante não contra o dogma do papado e sim porque os católicos não chamam a atenção dos cristãos para heresias que não existiam na igreja primitiva. Fiquem lá com o papa de vocês, porque nós temos um único papa que Foi Jesus Cristo. Seja Pedro, Paulo clemente ou seja lá quem for Jesus disse: O maior entre nós tem que ser o menor.
    Fiquemos na paz e aguardo considerações.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimos irmãos em Cristo, estou realmente muito ocupado nestes dias, por isso, se puderem me ajudar nas respostas aos argumentos repetidos de nosso "profeta", postadas acima, ficarei muito grato. Digo apenas que tudo já está respondido em nosso "Índice de respostas católicas a acusações protestantes e 'evangélicas'".

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Meu caro Erivelton

      Para o dissabor e desespero dos protestantes a unica igreja primitiva era catolica, Fazer o que ?
      Nao ha como negar a Historia. Continue pesquisando, mas por favor, faca-o em varias fontes. Cuidado com as tendenciosas.
      Saudacoes:
      Joao

      Excluir
    3. Henrique, também estou um pouco ocupado nestes dias, então peço a meus irmãos católicos que dêem uma resposta mais aprofundada aos argumentos do "profeta".
      No entanto, fazendo um resumo rápido, respondo que Erivaldo confunde templo com instituição e acha que endeusar é respeitar. Como se não fosse o bastante, o "profeta" acha que Santo Inácio de Antioquia, São Clemente, etc, simplesmente não existiram, porque os Santos Padres da Igreja, além de usarem o termo 'Igreja Católica', defendiam que os cristãos deveriam permanecer em unidade com o Bispo de Roma.
      Ao dizer que nós temos que ficar com o nosso papa, que os protestantes já têm o deles, ele está dizendo uma verdade fundamental: Os protestantes já têm o seu próprio papa (a palavra papa significa pai). Já que eles mentem e nós sabemos quem é o pai da mentira, então o papa (pai) deles é... Creio que não precisa ser profeta para descobrir. A paz de NSJC!

      Excluir
    4. Responder o que para este Erivaldo?. Como bem observou o Petrivalianici, ele confunde igrejas, construções, com a Igreja instituição divina fundada por JESUS CRISTO, e que é seu próprio corpo e sua esposa muito amada, e que somo nós membros deste único corpo. Que São Pedro foi a pedra da igreja espiritual, foi coisa alguma, ele foi pedra de fato da Igreja de JESUS CRISTO, se não a pedra verdadeira que esta é JESUS, mas pedra quanto representante da verdadeira Pedra que é JESUS, dizer contrário demonstra uma grande ignorância. Dizer que porque que na Bíblia não está o nome da Igreja de JESUS que é Católica e por isto tenta desabonar a Igreja Católica com uma manobra desta, é demonstrar também ignorância no que tange a palavra Católica, que se o senhor Erivaldo procurasse saber o que significa esta palavra ela quer dizer Universal, e isto não é o nome da Igreja de CRISTO mas um dos predicados dela que é: UNsa, pois guarda na unidade os ensinamentos de CRISTO; Santa, pois seu fundador é Santos, e Santos já são muitos de seus membros que se encontram nos céus, graças a ação salvadora de JESUS que estes santos creram e realizaram tudo o que JESUS ensinou; Católica = Universal (Ver Mateus 28, 19-20), Apostólica, pois vem dos Apóstolos, guarda seus ensinamentos e tem os sucessores dos mesmo e Romana, pois é a sede da Igreja o qual se encontram os túmulos das duas grandes colunas da Igreja que foram São Pedro e São Paulo, e no qual os sucessores de São Pedro se estabeleceram para governar toda a Igreja naquela cidade. E quanto a endeusar o Papa, os padres, etc., como bem responeu também o Petriavalianice acima, ele confunde respeitar com adorar, se pedir benção ao Papa ou algum presbitero é pecado, ou porque não esta na Bíblia, devemos lembrar a ele, que existe inúmeras passagens bíblicas de pessoas que se inclinavam diante de pessoas em sinal de respeito e reverencia, e até esperando ser abençoados por estas pessoas, cujas benção não vem delas mesmo, mas de DEUS, que se utiliza de pessoas para transmitir usas bençãos e graças, então não há nada de anti bíblico em se inclinamos diante de uma pessoa consagrada, seja ela o Papa, um bispo ou presbitero, seja alguém mais velho ou nossos próprios pais, avós, tios, padrinhos e por aí afora, e pedindo até a benção deles, pois sabemos que tais benção serão sempre vinda de DEUS.

      Anonimo Sidnei.

      Excluir
    5. Paz e bem Erivelton,
      Vou te responder em poucos parágrafos tentando ser o menos prolixo possível (o que é difícil porque você soltou uma metralhadora de afirmações que merecem cada qual uma grande ponderação).
      Já no início dos seus questionamentos denotam-se grandes equívocos. Antes de tudo, gostaria de saber qual a fonte (católica) para a confusão feita em torno dos termos Igreja física (Templo) e Igreja espiritual (corpo de Cristo). Pergunto isso porque o Catecismo da Igreja Católica deixa bem claro no seu parágrafo 777, que a palavra Igreja não não se resume ao espaço físico, mas à união espiritual em torno do corpo de Cristo, tanto é assim que quando se trata do corpo místico de Cristo, o Sagrado Magistério usa os termos Igreja Militante (terrena), Igreja Triunfante (Santos) e Igreja Padecente (Purgatório).
      No sétimo parágrafo, você cai em outra contradição ao afirmar que o termo Igreja Católica foi cunhado por Constantino, peço que você estude a carta que Santo Inácio de Antioquia escreveu aos Esmirnenses, carta esta datada do ano 106 d.c, lá você encontrará o que questiona aqui, ou seja, um registro anterior à Constantino aonde se usa o termo Igreja Católica. Assim também, peço que você tenha a bondade de estudar os escritos de Marcião sobre o martírio de São Policarpo datado do ano 150 d.c, inclusive, o historiador Jacques Lebreton garante a autenticidade deste documento, sem falar que uma certa cantora dita “evangélica” também já reconheceu publicamente este documento.
      Com relação ao seu questionamento sobre a Igreja ser chamada de Romana, gostaria de lembrar apenas que este termo diz respeito à união física de nossas Dioceses em torno de Roma, de onde se emanam todas as diretrizes e instruções do Sagrado Magistério. Não encontro nada de condenável neste termo, inclusive, este termo não muda em nada a nossa fé, não há nada de errado com isso, na verdade é você quem está, como diz o ditado popular, “tentando encontrar pelos em ovos”.
      Nós não adoramos papas nem padres, e sequer “endeusamos” Pedro e seus sucessores conforme você está afirmando porque isto seria um pecado mortal, os atos que você citou são meros gestos exteriores que são apenas atitudes de respeito para com aqueles que são nossos pastores. É óbvio que alguns católicos exageram nestes atos, mas cabe a cada Padre ensinar o comportamento correto nestes casos extremos. Antes de ascender aos céus, Jesus entregou aos apóstolos a missão de dar continuidade à evangelização (Mt 28, 19) e não raramente, encontramos citações bíblicas instruindo as comunidades nascentes à não se desviassem da doutrina ensinada por estes. Ocorre caro amigo, que pessoas como você e muitos outros protestantes preferiram dar as costas à sucessão apostólica para seguir as doutrinas de Lutero e dos diversos pastores que abrem uma seita em cada esquina todos os dias com uma doutrina diferente.
      Abraço Fraterno.

      Excluir
    6. Poderia me explicar isso por favor? . Porque a igreja católica não dão o vinho na Santa ceia? Afinal quando Jesus partiu o pão ele deu tbm o vinho dizendo "este é o meu sangue que é dado por vós " então porque eles privam isso aos fiéis?

      Excluir
    7. Quando nós católicos referimos a igreja católica, não estamos referindo a um prédio, uma construção de alvenaria. Eu sou a igreja , somos a igreja, templo vivo do Senhor.

      Excluir
    8. Caríssimo Anônimo. A Igreja não oferece o vinho por questões práticas, devido ao tamanho da comunidade reunida; todavia, não existe corpo vivo sem sangue, desta forma, comungar o pão é comungar o CORPO DE CRISTO, inteiro, VIVO.

      Excluir
    9. Esse profeta tá mais perdido que cego em tiroteio. Da próxima vez que pedir a bênção de um padre, vou estar endeusando o sujeito e nunca mais vou poder corrigi-lo? Prefiro ouvir a outra falando de mandioca, mulher sapiens e golpe que faz melhor ao meu juízo, com todo respeito!

      Excluir
  6. A Paz de Jesus a todos!

    Aos hereges de plantão, que teimam em dizer que Constantino fundo a Igreja e que Pedro nunca foi Papa,o Rafael Rodrigues do site Apologistas Católicos,acabou de fazer uma matéria que fala sobre sucessão dos bispos de Roma segundo os padres da Igreja,fresquinha acabou de sair.

    Contra fatos não há argumentos

    http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/775-a-sucessao-dos-bispos-de-roma-segundo-os-padres-da-igreja

    Quero ver se vai ter alguém capaz de negar os fatos Históricos

    ResponderExcluir
  7. Sou católica e amo muito minha igreja. E para os nossos irmãos protestantes só digo uma coisa falam que somos idolatras mas na verdade temos as imagens como uma foto da mesma forma que muitas pessoas tem fotos de familiares no porta retrato, preferimos ter a imagem dos santos de Jesus e Maria. O fato de não sabermos a cor do cabelo e dos olhos isso é o de menos o que importa é o que elas representam para nós. Agora a idolatria que Jesus fala é você colocar qualquer coisa ou pessoa acima dele e tem tanto protestante que idolatra o pastor. E colocam a foto do pastor na igreja. Isso por acaso não é idolatria? Pois prefiro a nossa igreja que tem imagens de verdadeiros santos e o sacrário onde temos Jesus vivo e ressuscitado. Amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz!

      Claudia, foto de pastor em placa de igreja é mesmo lamentável. Não sei se isso somente é idolatria, porque não convivo com essas igrejas e não sei como eles encaram isso. Mas acho no mínimo estranho e sou totalmente contra essas práticas.

      Excluir
    2. Se isso é verdade o que você pode me dizer sobre as procissões, e quando um católico entra na igreja e se ajoelha perante uma imagem ou a reverencia.

      Excluir
    3. Já tratamos deste assunto num artigo específico, anônimo. Você pode ler no endereço abaixo:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/09/prostrar-se-ou-ajoelhar-se-e-adorar.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  8. Me responda:
    1ª - Qual a distancia de Israel para Roma (Itália)?
    2ª - Se Jesus Nasceu em Israel, que fica no continente asiático, como pode ter fundado uma Igreja em Roma (Itália) Europa.
    Agora quero que todos se projete para aquela época, e pense na distancia desde 2 continente, sem falar que tinha que atravessar o Mar Mediterrâneo, eles não tinha veiculo para transporta-los, ou tinham? Dai pessoal, todas as teoria acima já caíram por terra. Não acredite em tudo que vc ler, não se deixe enganar, pesquise, pense, raciocine, e o grande arquiteto deste Universo agradece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (A paciência é uma grande virtude...)

      Esse seu comentário foi sério ou teve a intenção de fazer rir, "Pensadora"?! Olha, com todo o respeito, você está precisando pensar muito, mas muito mais do que isso, se quiser encontrar a Verdade.

      Falando sério, Jesus fundou a Igreja sobre Pedro, Pedro foi a Roma, pregou em Roma, foi Bispo de Roma. Entre os historiadores, atualmente, não há nenhuma dúvida quanto a isso, inclusive sobre o fato histórico de que os restos mortais de S. Pedro estão no Vaticano.

      Nós já publicamos estudos sobre todos estes temas, neste site. Deixo os links abaixo:

      Sobre o primado de Pedro, o primeiro Papa:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2010/01/origem-e-historia-do-papado.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/04/a-infalibilidade-papal-o-papa-e.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2002/03/pedro-pedra-autoridade-da-igreja.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2002/03/analises-do-nome-de-s-pedro-apostolo-e.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/01/a-pedra-sobre-qual-se-fundamenta-igreja.html

      Sobre os restos mortais do Apóstolo Pedro no Vaticano:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2002/03/o-tumulo-e-os-restos-mortais-de-s-pedro.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2002/02/o-tumulo-e-os-restos-mortais-de-s-pedro.html


      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Além do que foi exposto por Henrique, "Pensadora" , gostaria que você soubesse que São Pedro, São Paulo, os generais romanos que iam à Palestina, judeus exilados e muitíssimas outras pessoas usavam um meio de transporte bem antigo criado pelos seres humanos para navegar chamado BARCO ou usavam NAVIOS.
      Mesmo que fossem por terra, o que demorava bastante, dava pra chegar tranquilo em Roma. Um apóstolo poderia muito bem pregar aos cristãos de Roma e fundar uma diocese lá.
      Ainda bem que você nos manda não acreditar em tudo o que lemos, porque se todo mundo lesse esse seu comentário e acreditasse no que você diz, estaríamos perdidos! Sugiro que comece você mesma a pensar e raciocinar, que Deus, Nosso Senhor e Salvador, e não uma divindade maçom, agradece. A paz de NSJC!

      Excluir
    3. Cara “pensadora” me desculpe, mas, a sua ignorância é equidistante à distancia de Israel a Roma, e o seu pensar meão e tacanho.

      Você já ouviu falar em "inversão do ônus da prova".
      Uma argumentação baseada na Inversão do ônus da prova assume geralmente seguinte forma lógica:
      Eu afirmo algo.
      Você não aceita isso.
      Então você deve provar que isso é falso.

      É, portanto, invertida a ordem lógica que deveria ser:
      Eu afirmo algo.
      Você não aceita isso.
      Então eu devo provar que isso é verdadeiro.

      Portanto, quem tem que provar algo quando se faz uma afirmação é a própria pensadora, e não o pessoal fiel católico a quem você se refere o qual você quer provar. Entendeu??

      Nesta sua linha de pensar, acredito que daqui a dois mil anos, pensadora (s) com idêntica configuração da sua, ignore ter havido algum meio de transporte capaz de transportar o homem a lua ou até mesmo a marte. Você certamente ainda não acredita que o homem foi capaz de descobrir as Américas via oceanos transportados por navios (caravelas) construídos de madeira.

      Me perdoe!

      Santa Maria, pinta e nina, rogai por nós!

      Excluir
    4. É esta pensadora, pensa muito e raciocina pouco, viaja da Palestina a Roma de navio até São Paulo fez, e depois de ira a Palestina a Roma não era o mesmo que atravessar o Oceano Atlântico e chegar a América do Norte ou até mesmo aqui na América do Sul. Parece que quem mais se afasta da Igreja Católica, esta se tornando muito pensador, porém, nem um pouco esperto, falando curto e grosso, ignorante mesmo.

      Sidnei.

      Excluir
    5. Caros, Graça e Paz.

      O termo Grande Arquiteto do Universo, usado pela Pensadora, me parece ser usado também pela Maçonaria. Seria um indicativo da origem de suas ideias?

      Excluir
    6. Pensadora, continue pensando, vcs vão continuar tentando, tentando e vão continuar quebrando a cara, o que é verdade, o que é promessa, e ainda mais, de Jesus, jamais se quebrara, somente o que se quebrara são as igrejas hereges, onde não existe conteúdo...

      Excluir
    7. São João batista falou que não era digno nem de desatar as correias das sandálias de Jesus.

      Excluir
    8. Jesus o cristo e o SENHOR da igreja foi ele quem iniciou a igreja.portanto amados do SENHOR vamos olhar pra jesus o autor e o consumador da Jossa fe.ele e o caminho a verdade ea vida so atraves dele chegaremos a Deus

      Excluir
    9. De fato Ronaldo, somente através de JESUS é que chegamos ao PAI, e é por isto que creio na Igreja, pois foi ELE quem a fundou e deixou Pedro, e os demais Apóstolos e os sucessores destes sob a luzes do ESPÍRITO SANTO, governar e dirigir a Igreja e guardar a sã doutrina. Foi ELE que ao deixar a Igreja, por meio desta Igreja nos deixou uma comunhão entre os irmãos, chamada de comunhão dos Santos nos quais todos podemos e devemos orar uns pelos outros, e se nós aqui na terra podemos e devemos orar uns pelos outros, quanto mais nossos irmãos no céus irão orar, apresentando nossas preces e súplicas perante ao SENHOR, desta forma, intercedendo por nós a todo momento em nome de JESUS. Foi ELE que no alto da cruz, ante de dar o seu último suspiro nos deixou sua mãe Santíssima, como nossa mãe através de seu discípulo amado, o qual representava a todos nós, e que por isto, temos em Maria nossa mãe, não um meio paralelo a JESUS para se chegar a DEUS, mas uma seta sempre a nos pontar a seus FILHO, que é CAMINHO, VERDADE E VIDA. Por isto tudo e muito mais, creio em JESUS CRISTO, único caminho que nos leva ao PAI, e por ser o único caminho que nós leva ao PAI, é por isto que creio em tudo o que ELE nos deixou, caso contrário, nem faria sentido algum até mesmo a própria Igreja, e até entre os protestantes, a Bíblia e os Pastores, pois se fosse apenas em acreditar em JESUS, não precisaria de pastor algum para me orientar nas Sagradas Escriturar, eu mesmo, iluminado pelo ESPIRITO SANTO, chegaria a verdade, sem precisar pertencer a Igreja alguma, sem precisar de orientação de pastor algum, e sem precisar de pagar dízimo nenhum.

      Sidnei.

      Excluir
    10. Pensadorar.infelizmente é pessoas como vc, desinformadas que os profetas ereges se aproveitado para fazer a cabeça contra a fé católica. Não se deixem levar por um qualquer que usa o nome de Deus para ganhar mais contribuinte. $

      Excluir
  9. Pensadora, você pediu para lermos, raciocinarmos e meditarmos e nos projetarmos um pouco na época. Pois bem, ontem 07/05/2015, na liturgia que a Igreja celebra deparei com a leitura abaixo. Penso que você deveria Pensar um pouco sobre o relato abaixo e interpretá-lo bem ao pé-da-letra se quiser. Um breve relato de quem, através de Jesus Cristo, fundou a Igreja.

    Leitura dos Atos dos Apóstolos: (At 15, 7-21)

    Naqueles dias, depois de longa discussão, Pedro levantou-se e falou aos apóstolos e anciãos: “Irmãos, vós sabeis que, desde os primeiros dias, Deus me escolheu, do vosso meio, para que os pagãos ouvissem de minha boca a palavra do Evangelho e acreditassem. 8Ora, Deus, que conhece os corações, testemunhou a favor deles, dando-lhes o Espírito Santo como o deu a nós. 9E não fez nenhuma distinção entre nós e eles, purificando o coração deles mediante a fé. 10Então, por que vós agora pondes Deus à prova, querendo impor aos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós mesmos tivemos força para suportar? 11Ao contrário, é pela graça do Senhor Jesus que acreditamos ser salvos, exatamente como eles”.

    12Houve então um grande silêncio em toda a assembleia. Depois disso, ouviram Barnabé e Paulo contar todos os sinais e prodígios que Deus havia realizado, por meio deles, entre os pagãos. 13Quando Barnabé e Paulo terminaram de falar, Tiago tomou a palavra e disse: “Irmãos, ouvi-me: 14Simão acaba de nos lembrar como, desde o começo, Deus se dignou tomar homens das nações pagãs para formar um povo dedicado ao seu Nome. 15Isso concorda com as palavras dos profetas, pois está escrito: 16“Depois disso, eu voltarei e reconstruirei a tenda de Davi que havia caído; reconstruirei as ruínas que ficaram e a reerguerei, 17a fim de que o resto dos homens procure o Senhor com todas as nações que foram consagradas ao meu Nome. É o que diz o Senhor, que fez estas coisas, 18conhecidas há muito tempo’.

    19Por isso, sou do parecer que devemos parar de importunar os pagãos que se convertem a Deus. 20Vamos somente prescrever que eles evitem o que está contaminado pelos ídolos, as uniões ilegítimas, comer carne de animal sufocado e o uso do sangue. 21Com efeito, desde os tempos antigos, em cada cidade, Moisés tem os seus pregadores, que leem todos os sábados nas sinagogas”.

    Abraço fraterno!

    ResponderExcluir
  10. Foi Constantino que doou o território onde hoje fica a Cidade do Vaticano a Igreja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucimara, salve Maria!

      A questão é bastante complexa. Basicamente, é isto: o território que hoje compreende o Vaticano foi doado à Igreja Católica pelo rei Pepino, dos francos, no ano 756 dC. O Estado do Vaticano, porém, foi oficialmente constituído através do Tratado de Latrão, assinado em 11 de fevereiro de 1929, segundo o qual a Itália reconhece a soberania da Santa Sé sobre o Vaticano.

      Muito antes disso, no ano 326, a Basílica de Constantino foi construída sobre o local onde os primeiros cristãos, desde o primeiro século dC, atestavam a localização do túmulo de São Pedro, informação que veio a ser confirmada na modernidade por arqueólogos.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Só afirma que realmente Constantino não o fundador da igreja católica mais através dele que entrou a idolatria a adoração a deuses pagão.

      Excluir
    3. Caro Adilson, me desculpe mas você, que aparentemente tem dificuldade de escrever (ou digitar, no caso) também deve ter dificuldade de ler, pois o que Henrique falou no comentário dele foi sobre a doação do território do Vaticano. Ele não afirmou que Constantino não fundou a Igreja e que através dele entrou a "idolatria a adoração a deuses pagão".
      Só a nível de curiosidade, você poderia explicar o que seria essa tal de "idolatria a adoração a deuses pagão" e como ela entrou, não se sabe aonde, através de Constantino? A paz de NSJC!

      Excluir
    4. Para que você não seja um incauto servo de Satanás, Adilson Oliveira, isto é, alguém que serve o diabo mesmo sem saber o que está fazendo, – já que o diabo é o pai da mentira, – por favor, diga-nos que "deuses pagãos" a Igreja idolatra desde Constantino. Comprove o que etá dizendo, com honestidade, como faria um verdadeiro cristão.

      Aguardo ansiosamente sua resposta, esperando que o Sr. não assuma o título de servidor de Satanás. E se não puder justificar sua atitude, eu imploro, pelo bem de sua alma: retrate-se, reconheça seu grave erro e comprometa-se publicamente, com todos aqui, a não cometer mais os pecados da maledicência e do falso testemunho.

      Nosso Senhor tenha piedade e lhe conceda discernimento; rezamos por sua alma.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  11. Olá irmãos! Paz de Cristo a todos. Não precisamos discutir, somos todos irmãos filhos do único Deus, o criado do céu e da Terra. É chato ver a divisão do cristianismo, é algo que me incomoda muito, mas infelizmente isso acontece, pois muitos só pensam neles, mas devemos estabelecr a paz entre todos, sei que isso é difícil mais não é impossível. Eu sou cristão amado(a)s e luto diarimente para me manter fiel pois sei que as tentações são grandes, assim como sempre fizeram parte da Igreja, os erros cometidos no passado foram cometidos por humanos, nós humanos somos muito frágeis (e quem nunca pecou?) não podemos condenar e nem julgar isso não depende de nós, cabe a nós perdoar e amar. De todas as igrejas cristãs que existem, sou Católico Apostólico Romano, mas respeito todas as outras igrejas cristãs ou não, mas desejaria que todos fossem católicos, pois é a única que valoriza a vida de grandes homens e mulheres que morreram por amor a Deus (os Santos) estes servem de modelo para nós sermos fiéis também até a morte. Jesus é o nosso modelo maior, mais Jesus é Deus, ver que um humano conseguiu ser fiel até a morte mostra-nos que podemos também.
    O amor de Cristo esteja com todos vocês!

    ResponderExcluir
  12. Olá sou Geovani. Queria entender um pouco melhor sobre o que Pedro e Paulo fizeram?
    Aguardo resposta

    ResponderExcluir
  13. A Igreja Católica é santa e pecadora. Os seus opositores alegam que possui pecados passados graves, a grande maioria de responsabilidade dos regimes totalitários da época, mas esquecem as suas virtudes eternas. A sua santidade está na divulgação fiel e constante do Evangelho e nas suas obras. Na sua história a fé em Deus e a cristandade, preservada nas catacumbas e nos martírios durante o Império Romano e, após a queda deste e durante a invasão dos bárbaros, nos conventos e mosteiros. Posteriormente, foi salva da derrocada cristã no ocidente pela memorável batalha naval de Lepanto (7/10/1571), dirigida pelo Papa Pio V, na qual a imagem de N,S. do Rosário era vista flutuando. Mesmo sem considerar esses fatos históricos, é a todos evidente que foi a Igreja que, doutrinando fielmente desde a ressurreição de Cristo, e com os exemplos, obras e milagres dos apóstolos e de milhares de santos venerados em todo o mundo, inúmeros deles martirizados, além de milhões de fieis e membros assassinados, conseguiu formar e conservar a civilização cristã. E nesta, a fé, a justiça, o amor, a solidariedade, a dignidade do ser humano, as instituições de caridade e o progresso moral, cultural, político e social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hiran, o seu comentário sobre a Igreja ser santa e pecadora já foi respondido nos comentários deste post: http://www.ofielcatolico.com.br/2001/03/entendendo-inquisicao-e-as-inquisicoes.html. A paz de NSJC!

      Excluir
  14. Boa noite, meu nome é Danilo gostaria de saber o que na santa igreja é considerado idolatria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz e bem Danilo,
      Idolatria, segundo a etimologia do termo vem do grego eidolon, que significa objeto ou matéria a qual se atribui alguma divindade. A idolatria é condenada pela Santa Igreja (CIC 2113), além disso, existe uma definição bastante ampla do que seja idolatria não se restringindo apenas à substituição de Deus por algo material, mas também por qualquer vício (drogas, sexo e dinheiro). Sobre as imagens na Igreja, saiba que elas foram permitidas pelo próprio Deus (Números 21,9; Reis 7,29), e na Igreja Católica representam os santos e não deuses, pois as imagens daqueles servem para nos lembrarmos dos mesmos que seguiram à Cristo, e inspirar a nossa fé e não para "adorar". Caso queira saber mais, neste blog tem vários artigos sobre o assunto.
      Abraço Fraterno

      Excluir
    2. Vc disse o que eu queria ouvir! Obrigada! Abraços irmãos e irmãs!

      Excluir
  15. Olá, meu nome é Rodrigo Magalhães, Fiel Católico. Gostaria de saber onde os Papas residiam antes de a Igreja ter como sé episcopal a Arquibasílica de São João de Latrão. Também, se antes de Constantino I, os Papas foram perseguidos e como faziam para eleger o próximo Papa (conclaves). Essas questões aparecem frequentemente através de um amigo protestante que diz já serem suficientes para provar que Constantino foi o fundador da Igreja Católica, porém, saberei como responder após a sua ajuda.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rodrigo ms, salve Maria!

      Antes de tudo, o melhor conselho que posso lhe dar é este: fuja destas esparrelas protestantes / "evangélicas". Quando uma pessoa não quer ver, não adianta mostrar a Verdade. Quando não há boa vontade, toda discussão sobre religião se torna vã disputa e nada mais.

      Sobre as questões que você traz, observe como são irrelevantes para a nossa fé! Honestamente, não sei onde os papas residiam, mas é bem possível que em suas próprias casas, já que a Igreja era perseguida e subsistia em oculto.

      Quanto às eleições, as reuniões dos cristãos eram realizadas às escondidas (em alguns períodos mais, outros menos, porque houveram governantes mais e outros menos tolerantes), e às escondidas eram eleitos os Papas. Evidentemente, não era tudo exatamente como é agora, nem o conclave acontecia da forma como conhecemos hoje, com fumacinha preta e tudo mais. Mas os sucessores de S. Pedro Apóstolo sempre foram eleitos pela Igreja reunida.

      Creio que você poderá aprender um pouco mais sobre este assunto lendo nosso artigo específico, acessando o link que estou disponibilizando no final deste comentário.

      Agora, veja bem que isso não tem absolutamente nenhuma relevância para se confirmar a Sucessão Apostólica (a lista dos papas desde S. Pedro). Qualquer pesquisador minimamente informado sabe que se trata de um fato histórico, e os próprios teólogos das igrejas protestantes históricas o reconhecem.

      Sucessão Apostólica – a lista de todos os Papas

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Os primeiros Papas eram escolhidos pelo clero de Roma que se reuniam às escondidas ou às claras dependendo das circunstâncias. Não havia cardeais, conclaves, etc.

      Excluir
  16. Acredito que há muito mais pessoas com profundo conhecimento teológico no seio evangélico... salvo algumas raríssimas exceções como pode ser o seu caso... a maioria do povo católico não estuda a bíblia nem a levam às missas não são como os crentes de Beréia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que há pessoas com profundo conhecimento teológico no meio PROTESTANTE elas se convertem ao catolicismo, anônimo. Não há necessidade de levar a bíblia às missas porque já existem leituras das Sagradas Escrituras na Missa. Agora, se a maioria dos católicos não lê a Bíblia, como também não lê os textos da Sagrada Tradição e do Sagrado Magistério, o problema não é da Igreja, e sim desses ignorantes.
      Também não são melhores que eles os hereges que seguem o Sola Scriptura e interpretam a Bíblia de forma particular, e por isso se diferenciam dos crentes de Beréia. A paz de NSJC!

      Excluir
    2. Realmente, o protestantes adoram citar os crentes de Beréia, mas se esquecem, que os crentes de Beréia, não eram como os protestantes de hoje em dia. Ninguém dos crentes de Beréia foi ler as Sagradas Escrituras do A.T. (que só havia ainda o A.T. naquela época, pois o N.T. nem existia ainda, ela estava sendo formada oralmente, e somente anos mais tarde é que começou a ser copilada, e anos mais tarde ainda, a Igreja determinou o que era de fato escritos sagrados ou não, dando o cânon definitivo para os cristãos lê-la) de forma particular e interpretando da mesma maneira, mas sim, toda a comunidade foi ler as Sagradas Escrituras do A.T. para saber se o que São Paulo estava dizendo, batia com as citações bíblicas por ele citadas. Não houve leitura particular, não houve interpretações pessoais, tudo foi feito em comunidade, então, os cristãos de Beréia estão longe de ser iguais aos protestantes.

      Excluir
  17. Porque a igreja nao abandona a prática de ter imagens ai os protestantes iriam ficar sem argumentos contra ...eu sou ateu e não vejo porque tem toda essa rivalidade se vcs adoram o mesmo Deus que é o Jeová dos judeus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está mais do que óbvio que você é ateu, Bruce. Se fosse cristão, não teria essa preguiça de ler a Bíblia e veria que TER imagens na Igreja é extremamente diferente de adorar imagens e que o próprio Deus mandou fazer imagens no Templo. Não vê o porquê da rivalidade porque não entende nada de doutrina, heresia, Revelação, etc, só quer se meter na religião dos outros sem nem ter noção do que está falando.
      Aproveitando a sugestão ridícula feita por vossa senhhoria, lhe pergunto: Porque vocês ateus não abandonam a prática de ficar irritando tanto os adoradores de um suposto "cara que nem existe", além de viverem falando mal dele sem nem acreditar na sua existência, apenas para serem refutados pelas provas da Existência de Deus de São Tomás de Aquino e os diversos milagres que nem a ciência conseguiu explicar, como as aparições de Nossa Senhora, por exemplo? A paz de NSJC!

      Excluir
  18. E o concilio de Niceia ? nao foi organizado por constatino para ditar algumas regras conhecidas até hoje?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E porque você não vai estudar um pouco a história da Igreja, sobre tudo, dos padres da igreja anteriores a Constantino para saber, que alquilo que se acredita ainda hoje, já era crido antes de Constantino. Deixa a preguiça de lado, e comesse estudando a doutrina da Igreja Católica, até mesmo a respeito das questões das imagens, conforme a indagação acima, aqui por este blog mesmo. Pequice, leia, se queres continuar a ser ateu, isto é problema seu, mas acreditar o que seja Igreja Católica, se ser o que você pensa o que é, j[á é problema nosso.

      Sidnei.

      Excluir
    2. O Concílio de Niceia, foi organizado para dirimir as questões que incomodavam os bispos e presbíteros da igreja. Estava tendo muitas dispustas a respeito de certas doutrinas, principalmente a que diz respeito à pessoa de Jesus Cristo, Ário um dos presbíteros foi o principal personagem que negava a divindade de Jesus Cristo, Porem ele enfrentava vários outros que criam na divindade de Cristo, cada um de uma forma diferente. Constantino, pelo que pude entender era muito mais simpático às teses arianistas do que as outras. Venceu pois a Ortodoxia, Constantino não interviu e nem podia, pois não era bispo e pelo que se sabe nem batizado era ainda.

      Excluir
  19. Ok, sim , ja que você me mandou estudar, vou pedir que você deveria também voltar a estudar, e aprender a ter bons modos, para poder dialogar com as pessoas, e ter mais moderação e responder com respeito e educação, principalmente! pois os servos de Deus, não deveriam falar assim com tanta arrogância, e sim deveria ter mansidão, apenas fiz algumas peguntinhas básico de forma alguma quis lhe ofender, se ofendi me desculpa, mais essa não é forma de responder qualquer pessoa que se opõe a lhe perguntar, onde está o amor e o respeito e os ensinamentos de sua doutrina ? valeu de boa!! e só pra lhe responder eu já estudei e , estudo, pois jamais faria perguntas se não tivesse argumentos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Bruce, Então apresente seus argumentos quanto as imagens e quanto ao concílio de Niceia, pois apenas perguntou em um tom de ordem.

      Você diz que é ateu, mas caiu na lábia protestante, não percebeu isso em seus estudos?

      Nós não devemos abandonar o uso das imagens, quem deveria aceitá-las são os hereges.

      Quais as tais regras do concílio que você pretende refutar?

      Paz e Bem!

      Excluir
    2. Caros irmãos fieis católicos,
      Graça e paz!
      Tomem bastantes cuidados, pois, já querem nos silenciar, nos intimidar e nos enquadrar no Código Penal Brasileiro, por estarmos falando as verdades da verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, que é Católica, Apostólica e Romana, que para nós, católicos, fora da qual não há SALVAÇÃO. Existe algum escarnecimento ou vilipendia nisto?

      Seja Louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

      Salve Maria, “A Mãe do Meu Senhor”! (São Lucas 1, 43)

      Excluir
    3. Verdade André Catholicus.

      Já vi por aqui, e em outros sites católicos, este discursinho ditatorial, no melhor estilo dos discursos petistas e socialistas que vemos atualmente.

      Que Nossa Senhora interceda por nós e o Espírito Santo nos guie.

      São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate.

      Excluir
    4. Só para constar, meu comentário acima não foi dirigido a você Bruce Matos, e sim uma consideração ao que o André Catholicus escreveu.

      Excluir
    5. Bruce Matos, se para você nós te respondemos em tom de arrogância, saiba que pelo seu jeito de questionar também se encontra um tom de arrogância:

      "E o concilio de Niceia ? nao foi organizado por constatino para ditar algumas regras conhecidas até hoje?"

      Nesta sua questão parece já querer trazer a resposta, colocando que tudo o que nós católicos cremos hoje, foi determinado em tal concílio, então na próxima vez em que vier questionar alguma coisa, saiba questionar, e não questione em tom de arrogância, pois quando alguém vem perguntar alguma coisa, querendo já trazer a resposta em sua indagação, não se está fazendo uma pergunta por não saber de tal questão, mas, esta querendo desafiar para quem pergunta, algo que quem esta perguntado, já esta sabendo de seu modo, e que este seu modo de saber já sobre poe ao conhecimento daquele que se pede resposta, aí meu amigo, é de esperar duas coisas: se pegar alguém pela frente que tiver um pouco de paciência, vai responder com paciência, mas se pegar alguém, que já teve estas questões, feitas com esta indelicadeza jogada na cara inúmeras vezes, e que está escaldado com tais imprecações, pode esperar que não vai receber nem um pouco respostas delicadas e cheias de ternura, mas sim, uns bons cascudos para aprender a perguntar na próxima vez, com mais educação e respeito.

      Sidnei.

      Excluir
    6. O que eu acho engraçado é isso: o "protestateu" (desde que Lutero xingou NSJC no seu livro Conversas à Mesa a linha divisória entre protestantismo e ateísmo fica cada vez mais tênue) que quer dar lição de moral nos servos de Deus mesmo sem supostamente acreditar nEle ,escreve um comentário com uma sugestão irônica na qual quer que a Igreja Católica mude a sua Doutrina em favor dos protestantes sem apresentar argumento nenhum, no estilo "Manda os teus discípulos se calarem" dos Evangelhos e quando recebe uma resposta digna de refutar a sua ignorância e sem nenhuma ofensa por parte de Sidnei, fica se vitimizando e exigindo bons modos, "amor" e respeito.
      Fique sabendo, Sr.Bruce, que fomos educados com você na medida que o senhor mereceu segundo os seus comentários, até porque quem quer respeito dá.
      Diferente de vocês ateus, para nós cristãos, a dureza e rispidez na correção, quando feitas na santidade, são sim atos de amor para os corações duros e desrespeitosos em relação ao Altíssimo, que por vezes debocham dEle e nos atacam violentamente e/ou sem necessidade.
      O Amor da nossa doutrina está, por exemplo, em NSJC expulsando os vendilhões do Templo a chibatadas e nas repreensões de São João Batista, que não se encaixam nos respeitos humanos (curto e grosso, frescuras mesmo) e mundanos que você exige.
      E nem venha com essa balela de que você estudou e tem muitos argumentos, pois como apontado por Patrick, você falou, falou e não apresentou nenhum em suas "perguntinhas básicas" (acusações mal fundamentadas), seja em relação ao Concílio de Niceia, seja em relação às imagens. A paz de NSJC!

      Excluir
  20. Caro anônimo eu estou estudando história das religiões , por isso vim parar nesse blog, não estou estudando pra contestar a igreja nem seus ensinamentos. Desculpe se lhe ofendi com minha duvida , não foi intencional lhe deixar ofendido. .eu so levantei as questões porque é claro eu não tenho todo conhecimento histórico que eu vom certeza queria ter , nas minhas pesquisas eu vi que os ensinamentos que existem foi baseado no que alguns da igreja primitiva criam mas existiam divergências entre eles, e o concili organizado por constatino em Niceia formalizou algumas dessas idéias, eu estou ciente de que ele nao fundou diretamente a igreja porque ela foi fundada por cristo mas fica evidente que ele foi responsável por estatizar se é que se pode assim dizer a igreja , e de certa forma contribuiu um pouco para dar a face que a igreja tem hoje. Desculpe se lhe ofendo , mas por favor não precisa ser agressivo, como disse nao vim aqui discordar de você mas aprender com sua opinião e dos demais comentadores. Obrigado e um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruce, a única coisa que Constantino fez de ruim, foi de inaugurar a intromissão do Estado em assuntos eclesiásticos. Se por um lado, era bom, pois o Estado defendia a fé a protegei, por outro era ruim, porque o Estado se achava no direito de se intrometer até nas eleições dos Papas, e isto perdurou até no final do século XIX, quando começaram haver a separação entre o estado e a Igreja, coisa que na época, até o Papa Pio IX e mais alguns sucessores deles, protestaram para que isto não acontecesse, mas olhando para trás, foi uma das melhores coisas que ocorreu para a Igreja. Se por um lado ela perdeu a proteção estatal, embora, a Igreja continua livre para exercer seu ministério, por outro, não tem mais a intervenção estatal para atrapalhar o andamento dela, embora, de uma vez outra, o esta sempre parece querer colocar as manguinhas de fora para controlar a Igreja e todas as religiões. Você poderá indagar nas intervenções religiosas em assuntos estatais como nos casos do casamento gay e o abroto, mas nestes casos, ocorre o princípio democrático, no qual, todos tem voz e vez para falar e colocar sua agenda em pró da nação, e a Igreja esta dentro deste processo, no qual, ela representado por todos os fieis, tem voz e dirito para concordar ou discordar em determinados assuntos e até, aplicá-los nas leis, se esta for a vontade da maioria. Quanto a Constantino, o único fator negativo que vejo dele, foi, como escrevi atrás, de ter inaugurado este fato das intervenções estatais ao logo da história da Igreja que foi mais nociva que benéfica para a Igreja, mas fora disto, ele, ao contrário do que muitos protestantes afirmam, não criou dogma algum, não interferiu nos ensinamentos da Igreja, tanto, que muito do que se acreditava na Igreja e se acredita até hoje, já se acreditava mito antes de Constantino ser o imperador de Roma e ter dado a liberdade de culto aos cristãos pelo edito de Milão. A unica coisa que ele fez de bom mesmo, foi ter convocado o concílio de Nicéia sob o aval do Papa, pois senão seria um latroconcílio e não um concílio de verdade, e neste concílio derrubou a tese de Ario que dizia que JESUS era a criatura mais perfeita que DEUS criou, mas que não era DEUS, e triunfou a Verdade, que já vinha desde a boca de CRISTO, o qual ELE mesmo afirmou inúmeras vezes, que ELE e o PAI, eram UM, que quem O via via o PAI, que tudo que o PAI tinha, ELE também O tinha, enfim, todas passagens que comprovam que JESUS era DEUS com o PAI, e isto também era atestado pelos escritos dos Pais da Igreja e que somente anos mais tarde foi contestado por Ario, e por isto, que houve este concílio para dirimir quaisquer dúvida.

      Sidnei.

      Excluir
    2. Obrigado Anônimo você tirou muitas das muitas dúvidas que eu estavs tendo em relação a esse assunto e peço desculpas a todos pelos meus questionamentos, fico feliz de poder dialogar com vcs e espero sinceramente que no futuro não exista mais nenhuma intolerância religiosa, como lhes disse sou ateu mas não sou anti religião

      Excluir
  21. Amigos, eu achei esse site do google e ao ler os comentarios de voces, não pude deixar de me pronunciar aqui. Eu fui criada na igreja católica, participei de muitas coisas da igreja, e ainda assim ao chegar na minha juventude, sempre via que as pessoas debatiam sobre religiao, evangelico e catolicos. Mas eu sempre ficava calada porque eu nao estudava direito, nao conhecia a fundo a igreja catolica, e via pessoas catolicas indo pra evangelica e tal, e comecou a surgir duvidas na minha cabeça, qual sera a mais certa? E mesmo conversando com evangelicos eu nao debatia muito, so escutava, nao sabia, ficava na minha porém eu nao me deixava influenciar. Cheguei a ler livros espíritas e tal mas o meu coraçao sempre foi catolico. E eu perguntava pra DEUS, o que será que é a VERDADE? Bem, depois passou um tempo saí da igreja, so ia de vez em quando na missa, pois estava vivendo de forma mundana, ate que chegou um momento que o próprio JESUS me esclareceu toda a verdade de forma sobrenatural e num ambiente de trabalho, foi tenso, mas foi quando ele me resgatou me tirando dos pecados e mostrando o chamado dele pra mim. E eu agora sei que a VERDADE PLENA está na igreja católica. Um abraço a todos. E DEUS os abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algo semelhante aconteceu comigo, mas infelizmente testemunhos deste tipo não ajudam muito, já que as experiências supranaturais, por sua própria natureza, caem no terreno do abstrato, do particular, do individual.

      Mesmo assim, creio que tais testemunhos são de grande valia para aqueles que possuem a fé autêntica, e que por vezes, por meio de um auxílio divino extraordinário, entendem que que são verdadeiros.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo, e salve Nossa Senhora Aparecida!

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  22. O que uma pessoa tem que fazer para ser salvo,
    Estando na igreja católica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado anônimo,

      Inicia-se o Catecismo da Igreja Católica, – logo no seu Prólogo, – com a citação abaixo:

      "PAI,... é esta a vida eterna: que eles Te conheçam a Ti, único Deus verdadeiro, e aquele que enviaste, Jesus Cristo" (Jo 17,3). "Deus, nosso Salvador... quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade" (1 Tm 2,3-4). "Não há, debaixo do céu, outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos" (Act 4,12), afora o nome de JESUS.

      É somente a partir daí, que se desenvolve todo o texto da doutrina da fé católica. Eu lhe recomendaria, então, o estudo atento e paciente do Catecismo, para que você pudesse obter a sua reposta de modo muito concreto e também completo. Você pode ler online ou baixar gratuitamente o Catecismo da Igreja Católica no endereço abaixo:

      http://animacaosjc.com.br/paginas/downloads/projetoalicerce/02-Organizacao/01-Documentos/Catecismo-Igreja-Catolica.pdf

      Além disto, conto com a colaboração de nossos irmãos fiéis católicos para que respondam a pergunta do leitor anônimo. Será um exercício interessante.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Eu diria que, como o Henrique mencionou, o Catecismo da Igreja Católica é fundamental. Pode ler algumas páginas diariamente, assim como a Bíblia, e consultar sempre que tiver dúvidas.

      Além disso é essencial também a oração. Se não começou, comece agora.

      "Terminemos este primeiro ponto, concluindo de tudo o que dissemos que, quem reza, certamente se salva e quem não reza, certamente será condenado."
      - Santo Afonso Maria de Ligório

      Devemos rezar e viver a oração do Pai Nosso. O livro Caminho de Perfeição de Santa Tereza D'Ávila nos faz penetrar e conhecer o quão perfeita é a oração que Nosso Senhor Jesus Cristo nos ensinou.

      Além disso é necessário para um bom Católico, conhecer os pilares da Igreja, que são a Tradição, o Magistério e as Sagradas Escrituras.

      O Católico deve sempre participar da Santa Missa, ao menos aos domingos, deve recorrer frequentemente as Sacramento da Reconciliação, no mínimo uma vez por ano, ou sempre que cometer pecado grave. Deve sempre estar próximo de Jesus Cristo na Sagrada Eucaristia.

      Como qualquer pessoa, o cristão é pecador, por isso sempre devemos pedir a Deus que aumente nossa Fé, Caridade e Esperança.

      Complementando, eu recomendaria a leitura dos grandes santos, pois o testemunho deles se torna vivo quando lemos suas obras acompanhados da fé, e de uma disciplina com as recomendações acima.

      Isso é o que eu tento fazer, e para isso peço a Deus, que me conceda a Graça de seguir Seu caminho, progredindo nas Virtudes.

      Paz e Bem!

      Excluir
    3. Não sou muito em entrar em certos questionamentos anônimos, mas, como exercício, aí vai minha parcela de contribuição:

      “O que uma pessoa tem que fazer para ser salvo,
      Estando na igreja católica?”

      Primeiro, ter certeza da sua catolicidade, ou seja: acreditar no que diz a Santa Tradição, Magistério e as Sagradas Escrituras. E como ter acesso a tudo isto? Estudar, meditar e rezar os doze artigos da nossa Santa Profissão de Fé (Credo Apostólico). Trata-se de um estudo imprescindível e minucioso como se fosse uma “Lectio Divina” (leitura orante), para todos aqueles que se sentem católicos e desejam mergulhar mais profundamente na beleza da nossa Santa Fé Católica e assim, terem capacidade de dar a quem pedir as rações da Fé Católica.

      Segundo, joelhos no chão e Santo Rosário na mão diante do Santíssimo Sacramento!

      Seja Louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

      E Salve Maria!

      Excluir
  23. Porque os 10 mandamentos da igreja catolica são diferentes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo Marcos, nós respondemos a esta sua pergunta num artigo próprio, que você pode ler acessando o link abaixo (queira acessar):

      Os Mandamentos de Deus e da Igreja

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Sobre os mandamentos da ICAR de cada dez católicos onze não sabe nem que existe, tô exagerando na verdade nove que desconhecem.

      Excluir
    3. Na verdade, sobre a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA, onze em cada dez protestantes não sabem absolutamente nada, a não ser o que o "pastô" ungido na esquina mais próxima, ou Lutero afirmando que dormiu com o diabo (!) revelou.
      Aliás, nós católicos conhecemos tanto os Mandamentos de Deus que compreendemos muito bem o significado da frase "Não darás falso testemunho". Já o anônimo, mentindo descaradamente... A paz de NSJC!

      Excluir
  24. Afirmar que Constantino fundou a Igreja Católica seria o mesmo que dizer que a Princesa Isabel fundou o candomblé ao assinar a Lei Áurea.
    Que o Senhor encaminhe os nossos corações ao amor de Deus e a constância de Cristo.
    Max

    ResponderExcluir
  25. É preciso compreender pelo contexto espiritual que a igreja universal é aquela que tem Cristo como cabeça e fundamento. Foi por essa igreja que Ele entregou a sua vida e derramou o seu sangue para lavagem e perdão dos pecados. Se creio que o sacrifício na cruz não foi simplesmente um ato teatral ou fictício, e sim algo verdadeiro, não tenho que atribuir a mais nada, para que possa ser salvo e liberto da condenação. Na verdade, igreja é uma agência de proclamação da palavra e não detentora ou responsável pela salvação de ninguém. Enquanto se discute sobre, quem é veio primeiro e depois, vidas estão morrendo e indo para o inferno. Nós nos perdemos é quando deixamos de acreditar unicamente na palavra de Deus. Quando se lê, Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem a Pai senão por mim; (João 14:7), será que não dar para entender que Jesus, o dono da igreja, quer exclusividade?. por acaso a função da igreja, seja ela Batista, Assembleia de Deus, Católica, Presbiteriana. não é levar pessoas aos pés de Jesus? ; e sem precisa nem de pastor nem de papa para isso? mas algumas só querem engrossar sua estatística ou encher-se de poder. É no livro da Vida que contém os nomes daqueles que tiveram seus pecados lavados pelo sangue de Cristo. A estratégia do inimigo é desviar homem da cruz. e isso é um prato cheio para ele. Vamos continuar sendo os donos da verdade, assim o inferno continuará cheio e o diabo sorrindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Anônimo,

      Sinto muitíssimo ao perceber que você foi cegado pelo ideologia relativista reinante no mundo, e já não consegue compreender o autêntico conceito de Igreja.

      Além disso, você está completamente equivocado quanto à doutrina e prática católicas. Mas, – o que é muito pior, – não deixa de emitir juízo sobre estas coisas, que não compreende (e que claramente não procurou compreender).

      Primeiro você diz que o Cristo quer exclusividade, e com isso denota sua completa ignorância. É claro que o Senhor quer, merece e recebe total exclusividade em todo o culto da Igreja Católica Apostólica Romana, – a Igreja que Ele mesmo fundou e deixou neste mundo como sua continuidade histórica, seu Corpo, sua Noiva imaculada. Ora, com Quem, por Quem e em Quem nós celebramos a santa Missa, que é o auge e a maior de todas as práticas católicas, todos os dias? Eu respondo: com Cristo, por Cristo e em Cristo!

      A Santíssima e para sempre Bem-aventurada Virgem Maria e todos os santos, assim como todos os santos anjos, juntamente com todas as práticas, todas as orações e devoções católicas, tudo, enfim, absolutamente tudo o que fazemos, têm, no Centro e por fim, a Santíssima Trindade na Pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, único Redentor e Salvador do Mundo.

      Só não sabe disso quem nunca se preocupou em entender o que é catolicismo, quem nunca leu uma página do Catecismo ou documento da Igreja e acredita no que diz o pobrezinho do "pastô" iludido pelo demônio, do alto de seu palco teatral que chama equivocadamente de "altar" (sem compreender que sem Sacrifício não há Altar, e o Sacrifício Salvador de Jesus só se renova, diariamente, na Igreja Católica).

      Você cita João 14,7 ('Ninguém vem ao Pai senão por Mim'), mas por que ignora tantos outros, como por exemplo 1Timóteo 3,15, que diz que é a Igreja (e não a Bíblia sozinha) a coluna e o sustentáculo da Verdade para o cristão?

      Ou Efésios 4,5, que deixa claro que a verdadeira Igreja é una, isto é, uma só e indivisível, porque professa "um só Senhor, uma só Fé e um só Batismo"? Ora, a fé de cada uma das dezenas de milhares de "igrejas" ditas "evangélicas" deste mundo, inventadas por homens, é diferente da outra! Você já parou para pensar nisso?

      [Continua...]

      Excluir
    2. [...conclusão]

      É curioso você achar que o Papa não serve para nada, sendo que foi esse mesmo Jesus Cristo, – que você imagina que segue, – Quem deu ao sucessor de Pedro a sua autoridade, pois lhe deus as chaves do Reino dos Céus e o poder de ligar ou desligar na Terra o que será ligado ou desligado no Céu (Mateus 16,18).

      Mais do que isso, o Senhor voltou a confirmar a autoridade de Pedro quando lhe confiou a tarefa de "apascentar o seu rebanho" (a Igreja) quando já havia ressuscitado (João 21,14-17). Você não leu este trecho na sua Bíblia?

      Deus é Onisciente, sabe tudo. Sabedor das contestações que surgiriam, no correr da história, quanto a autoridade do Papa, fez questão de repetir por três vezes que estava entregando a Ele, Pedro, a missão de apascentar seus cordeiros e suas ovelhas, isto é, a Igreja neste mundo.

      A (re)confirmação definitiva consta no Evangelho segundo Lucas, quando o Senhor Jesus Cristo fala a Simão Pedro:

      "Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como o trigo; mas eu roguei por ti, para que a tua confiança não desfaleça; e tu, por sua vez, confirma os teus irmãos." (Lc 22,31)

      É Pedro quem deve confirmar a fé dos seus irmãos, isto é, da Igreja. Estamos falando da Igreja do Senhor, como Ele disse "sobre esta Pedra edifico a minha Igreja, no singular, e não "as minhas igrejas" criadas por homens que terão como única regra as Escrituras.

      Mais tarde, o próprio Apóstolo Pedro confirmou esta mesma verdade, quando disse, no meio de todos os Apóstolos e presbíteros da Igreja reunidos, no Concílio de Jerusalém:

      "Irmãos, sabeis que há muito tempo Deus me escolheu dentre vós, para que da minha boca os pagãos ouvissem a Palavra do Evangelho e cressem." (Atos 15,7).

      O problema todo está no fato de você imaginar que seguir Jesus é uma coisa, e pertencer à Igreja é uma outra coisa, mas isso está completamente errado. Cristo e sua Igreja se confundem como Um só. Por isso o Senhor disse a Saulo, que perseguia a Igreja: "Porque ME persegues?" (Atos 9,4), e não "por que persegues a minha Igreja?".

      Perseguir a Igreja é perseguir Cristo, assim como aceitar a Igreja é aceitar Cristo, integrar a Igreja é ser membro do Corpo de Cristo. E renegar a Igreja e renegar Cristo.

      A Luz de Nosso Senhor Jesus Cristo ilumine o seu entendimento

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  26. Vamos por parte.
    Primeiro: Pelo pecado de Adão, todos foram feitos pecadores e separados da gloria de Deus. Segundo: A palavra diz que todos estão mortos e essa morte que é espiritual contaminou toda a humanidade. Mas, tudo estava no controle.No princípio era o verbo, e o verba estava com Deus e o verbo era Deus. E o verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:1 e 14. Ele veio restabelecer o reino de Deus no mundo, isto é, reconduzir o homem à presença de Deus. Depois da sua ressurreição e assunção, Ele cumpriu a promessa de enviar um outro consolador, o Espírito Santo que dentre muitas funções, é convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo. A igreja do Senhor que é anônima surgiu, está espalhada por todo mundo e tem um cadastro o Livro da Vida. Tá certo que de acordo com sistema doutrinário católico, o papa pode ser o comando e chefe da igreja.
    Ok, mas tenho algumas dúvidas como: Se tenho liberdade de acesso direto ao Pai, por meio de Jesus Cristo, por que que tenho que buscar outros intercessores? se os mortos não ouvem, por que continuo insistindo por suas intercessões? por que a igreja venera, beatifica e canoniza tornando santas, pessoas que já estão mortas. Se Deus é onipresente, onisciente e Onipotente. porque que santos protetores nas profissões, nos dias, nas cidades. É notório que a igreja católica é uma instituição que faz um excelente trabalho social e de grande importância em todo mundo, mas indicar o caminho da cruz é preciso, para que nela todos vejam a libertação de pecados, se convertem a Jesus e salvem.
    Também é preciso dizer que batismo não salva, igreja não salva, que purgatório não salva nem ajuda, caridade não salva. Porque todas as vezes que canalizarmos as pessoas para esses procedimentos, também se deve dizer que Jesus é o único meio para a salvação eterna.
    E quanto a ascensão de Maria? o túmulo dela está mesmo vazio? será que está mesmo no céu? quem viu, e onde está registrado na bíblia? em João 13:13 diz: Ora, ninguém subiu ao céu senão aquele que de lá desceu, a saber, o filho do homem. Na verdade, Deus, por intermédio do Espírito Santo, continua orientando sua igreja, salvando e levantando homens e mulheres em todos os lugares do mundo. Além disso, ainda têm o sinal da cruz, as procissões, o terço e muitas outras coisas que mais fazem confusão que ajuda. Que Deus tenha misericórdia. Quanto a história dos três pescadores que acharam uma parte do corpo aqui outra ali? será que para alguém que está viva no céu poderia agora surgir desta maneira? aos pedaços no rio Paraíba do Sul em 1917? Será que não podemos ter um pouca mais de discernimento espiritual e maior percepção do que Deus significa para nós?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos por parte, porque o meio de campo aqui está todo embolado:

      Primeiro: Pelo pecado de Adão, todos foram feitos pecadores e separados da gloria de Deus. Segundo: A palavra diz que todos estão mortos e essa morte que é espiritual contaminou toda a humanidade.

      Resposta: OK

      Segundo: Mas, tudo estava no controle

      Resposta: Não, se o ser humano estava desviado da Vida Eterna da presença divina, por causa do pecado de Adão, nada então estava sob controle, por isto que CRISTO veio ao mundo, se encarnando como homem, morrendo na cruz, para justamente nos dar a vida eterna e por ordem nas coisas.

      Terceiro: No princípio era o verbo, e o verba estava com Deus e o verbo era Deus. E o verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:1 e 14

      Resposta: OK

      Quarto: Ele veio restabelecer o reino de Deus no mundo, isto é, reconduzir o homem à presença de Deus.

      Resposta: OK, e isto reforça a resposta do segundo item, derrubando a tese que antes de CRISTO vir ao mundo tudo esta sob controle, quando nada havia sob controle, e somente começou a estar tudo em ordem, tudo sob controle, depois que CRISTO veio ao mundo e morreu por nós pelos nossos pecados, e ressuscitou a terceiro dia.

      Quinto: Depois da sua ressurreição e assunção,

      Resposta: Assunção não, ascensão.

      Sidnei
      Continuar

      Excluir
    2. Continuação

      Sexto: Ele cumpriu a promessa de enviar um outro consolador, o Espírito Santo que dentre muitas funções, é convencer o homem do pecado, da justiça e do juízo.

      Resposta: OK

      Sétimo: A igreja do Senhor que é anônima surgiu, está espalhada por todo mundo e tem um cadastro o Livro da Vida

      Resposta: A Igreja de CRISTO não é anônima coisíssima nenhuma, pois como JESUS que nunca foi anônimo, a Igreja DELE, que é seu corpo e sua esposa muito amada, não será também anônima, assim como não foram anônimos, os Santos Apóstolos, os Santos Mártires, todos o Santos e todos os cristãos de todos os tempos. Foram pessoas reais, de carne e osso, outros mais santos outros não, uns eram mais trigo outros mais joios, mas todos tinham caras e nomes, portanto, não há nenhuma Igreja do SENHOR anônima espalhada pela terra, há a Igreja de CRISTO, que tem quatro características: Una – Porque possui uma unidade de doutrina e esta unida aos seu Divino Fundador; Santa – Porque seu Divino Fundador é Santo, e Santos já são parte de seus membros que se encontram nos céus, e santos serão todos os que NELE creem ; Católica – Universal, que está em toda parte e Apostólica – Porque guarda os ensinos dos Apóstolos, e a sucessão apostólica.

      Oitavo: Tá certo que de acordo com sistema doutrinário católico, o papa pode ser o comando e chefe da igreja.

      Resposta: Pode ser não, ele é.

      Nono: Ok, mas tenho algumas dúvidas como: Se tenho liberdade de acesso direto ao Pai, por meio de Jesus Cristo, por que que tenho que buscar outros intercessores?

      Resposta: Sim você pode ir ao PAI em nome de JESUS sem nenhum outro intercessor, mas não há nenhuma passagem bíblica que diz que não se pode recorrer a intercessão de um irmão que pode orar por mim, ou eu mesmo orar pelos irmãos. JESUS é nosso intercessor eminente, principal, o qual todas as nossas preces em nosso favor ou a favor de alguém deve ser feita em nome DELE. Assim também nos céus os Anjos, Os Santos e Maria intercederão por nós me nome DELE. DEUS aceita sim, as preces que fazemos de uns pelos outros, caso contrário, não haveria tantas passagens bíblicas indicando a oração que uns faziam em favor de outros, e como a oração que fizemos em favor de nossos irmãos, é um exercício da caridade, e como São Paulo diz que a caridade jamais acabará (1º Cor. 13, 8) e DEUS dispôs no corpo de CRISTO que é a Igreja para que os membros o qual ajamos os mais desnecessários, são os que mais podem por nós e tudo isto DEUS dispôs para que todos os membros tivessem a mesma solicitude de uns para com os outros: (1º Cor. 12, 12-25) cremos que nosso irmãos nos céus, que aos olhos do mundo nada mais podem fazer por nós, justamente estes, é que podem e muito, orando e intercedendo por nós, apresentado nossas preces e súplicas que fazemos ao SENHOR por meio destes nosso irmãos que estão nos céus que intercederão por nós em nome de JESUS.

      Décimo: se os mortos não ouvem, por que continuo insistindo por suas intercessões?

      Resposta: que mortos se está falando?, dos cadáveres que estão nas sepulturas, não ouvirão mesmo, porque as células que formavam o aparelho auricular já foi destruída faz tempo pela ação da decomposição; das almas que estão no inferno?, estas menos ainda, porque estão longe da face do SENHOR, das almas dos que estão nos céus?, bem estas o corpo pode estar morto na sepultura, envolto no sono da morte, mas se estas almas estão nós céus, duvido muito que eles não ouvirão nossas preces e elevarão para junto de DEUS PAI, em nome de JESUS, pois como disse JESUS, que assim como há alegria entre dos Anjos de DEUS nós céus quando há conversão de um só pecador (Lucas 15,10) e como disse JESUS, que todos estão vivos diante de DEUS e que todos serão como os Anjos (Lucas 20,36), assim cremos que os Santos também podem, como os Anjos saberem do que se passa aqui na terra, e entre isto, de saberem quem está pedindo a intercessão deles.

      Sidnei
      Continuar

      Excluir
    3. Continuação

      Décima primeira: por que a igreja venera, beatifica e canoniza tornando santas, pessoas que já estão mortas.
      Resposta: Não é através de canonizações que a pessoa se torna Santa, Santa ela se tornou se creu em CRISTO e fez tudo que ELE ordenou que fizesse e até de maneira heroica. Os já estão mortos, fica para conta dos que assim creem, mas nós cremos que eles estão bem vivinhos diante do PAI, do que muitos que andam neste mundo, que tem nome de vivos mas estão mortos (Ap. 3,1). E ao contrário dos que muitos pensam, os Santos mais do que para pedir intercessão, são canonizados, isto é, reconhecidos como já salvos e no céus, mais para serem seguidos como exemplo na santidade e na fé em CRISTO, como já faziam os cristãos desde o início da Igreja (1º Cor. 11,1; Heb. 13,7 ; Tiago 5, 10-11)

      Décima segunda: . Se Deus é onipresente, onisciente e Onipotente. porque que santos protetores nas profissões, nos dias, nas cidades.
      Resposta: Por que DEUS quer - 1º Cor. 12, 12-25; Mat. 25, 14-23; Lucas 19; 12-19; 2º Tim 2,12; Ap. 2, 26-27; 3,21; 20, 4-6

      Décima terceira: É notório que a igreja católica é uma instituição que faz um excelente trabalho social e de grande importância em todo mundo, mas indicar o caminho da cruz é preciso, para que nela todos vejam a libertação de pecados, se convertem a Jesus e salvem.

      Resposta: A Igreja sempre indicou o caminho da cruz, somente alguém que não conhece de fato a Igreja Católica pode falar uma bobagem desta.

      Décima Quarta: Também é preciso dizer que batismo não salva
      Resposta: Marcos 16, 16 – “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.”. O Batismo junto com a fé é parte imprescindível para a salvação de uma pessoa, não foi a Igreja quem colocou isto, mas o próprio CRISTO: Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. (São João 3, 5); Esta água prefigurava o batismo de agora, que vos salva também a vós, não pela purificação das impurezas do corpo, mas pela que consiste em pedir a Deus uma consciência boa, pela ressurreição de Jesus Cristo. (I São Pedro 3, 21).

      Décima Quinta: , igreja não salva
      Resposta: A Igreja transmite a salvação de CRISTO através dos Sacramentos, e como a Igreja é CRISTO formam uma única unidade, quem esta foram dela, está fora de CRISTO, e perderá a salvação eterna (fora os que estão fora dela por ignorância invencível)

      Sidnei
      Continuar

      Excluir
    4. Continuar

      Décima Sexta: que purgatório não salva nem ajuda
      Resposta: O Purgatório não é para alguém se salvar, a salvação e a condenação se dará em definitivo conforme o estado da alma quando partir deste mundo, se ela estiver em estado de pecado mortal, não há purgatório na eternidade que dará jeito nisto, e se parte em estado de graça, o céus será a recompensa, se parte em estado de graça mas há algum empecilho que impedirá da alma de entrar imediatamente no céu (pecado venial, não reparação das desordem provocadas pelo pecado, que não perdoou seu irmão de todo coração) o purgatório será o destino desta alma, até que tudo esteja em ordem e entre no céu. O purgatório é para os salvos e não para os não salvos.

      Décima Sétima: caridade não salva
      Resposta: Se a caridade não salva, ou não faz parte integrante para a salvação, então para que pratica-la? A caridade por sí só não salva ninguém mesmo, assim como a fé sem obras é morta por sí mesma (Tiago 2,26). Somente uma fé vivida pela caridade é que salva, caso contrário a fé é infrutífera, e as obras igualmente, não servirão para nada.

      Décima Oitava: Porque todas as vezes que canalizarmos as pessoas para esses procedimentos, também se deve dizer que Jesus é o único meio para a salvação eterna.

      Resposta: OK, tudo tem seu valor a partir de JESUS: a fé, a caridade, o purgatório, a Igreja, os sacramentos, as Sagradas Escrituras, a Sagrada Tradição, o Sagrado Magistério da Igreja, enfim, se nós cremos em isto tudo, foi porque JESUS nos revelou, caso contrário, nada disto teria valor algum.

      Décima Nona: E quanto a ascensão de Maria? o túmulo dela está mesmo vazio? será que está mesmo no céu? quem viu, e onde está registrado na bíblia?

      Resposta: E aonde está o túmulo dela?, ela está no céu?, se fosse JESUS aonde eu queria que minha mãe estivesse? no inferno?. Onde está registrado na bíblia?, e precisa estar com todos os pormenores?, sendo ela mãe de JESUS Verdadeiro DEUS e Verdadeiro homem, isto não conta?. Ela que foi constituída por DEUS desde sua concepção como Cheia de Graça, haveria deixa-la entregue a morte?.

      Vigésima: em João 13:13 diz: Ora, ninguém subiu ao céu senão aquele que de lá desceu, a saber, o filho do homem.

      Resposta: Aqui não é contra argumento a Assunção de Maria, porque sua assunção daria anos mais tarde de JESUS ter dito estas palavras, no qual, nem estava se referindo a alguma suposta assunção de alguém aos céus, mas está dizendo, que ante que alguém tenha subido aos céus, ELE que já estava lá deste toda eternidade com o PAI, desceu dos céus para nos trazer a revelação plena do PAI, e a nossa salvação por meio de seu sacrifício vicário na cruz e nossa justificação por meio de sua ressurreição.

      Sidnei
      Continuação

      Excluir
    5. Continuação

      Vigésimo Primeiro: Na verdade, Deus, por intermédio do Espírito Santo, continua orientando sua igreja, salvando e levantando homens e mulheres em todos os lugares do mundo

      Resposta: DEUS, por intermédio do ESPIRITO SANTO, continua salvando e levando homens e mulheres em todo os lugares do mundo através de CRISTO seu filho que se torna presente no mundo pela sua Igreja, que transmiti a graça da salvação trazida por CRISTO através da proclamação da Palavra e da administração dos sacramento.

      Vigésima Segunda: Além disso, ainda têm o sinal da cruz, as procissões, o terço e muitas outras coisas que mais fazem confusão que ajuda.

      Resposta: Fazem confusão nas cabeças de quem não entendem ou não querem entender o significado disto tudo.

      Vigésima Terceira: Que Deus tenha misericórdia.
      Resposta: Sim, dos ignorantes, que vem a um site católico, despejar um mote de perguntas, não com intuito de se informar e aprender, mas de encurralar os católicos que frequentam este blog, como se todos fossem tolos e ignorantes, que não saberiam dar as devidas respostas, mas quebrou a cara e a ainda não toma vergonha na mesma.

      Vigésima Quarta: Quanto a história dos três pescadores que acharam uma parte do corpo aqui outra ali? será que para alguém que está viva no céu poderia agora surgir desta maneira? aos pedaços no rio Paraíba do Sul em 1917?
      Resposta: A história dos três pescadores que acharam a estátua de Maria em dois pedaços, que é a história de Nossa Senhora Aparecida, aconteceu em 1717 e não em 1917, dá para ver que quem questiona isto está mais perdido que cego em tiroteio. E esta história como a devoção a Maria que começou com este achado de sua imagem no Rio Paraíba, isto não foi uma aparição de Maria que se encontra nos céus ao lado de seu filho JESUS CRISTO, como forma as aparições de Guadalupe; Lourdes ou Fátima, mas isto foi um sinal, uma manifestação divina que DEUS, JESUS e sua Mãe, estão junto deste povo, o povo brasileiro e que podemos contar com a graça de DEUS e de JESUS, e a intercessão de Maria, que sempre vem me nosso socorro, orando, intercedendo por nós em nosso favor diante de seu FILHO e do PAI e nome de seu FILHO JESUS NOSSO SENHOR.

      Vigésima Quinta: Será que não podemos ter um pouca mais de discernimento espiritual e maior percepção do que Deus significa para nós?
      Resposta: Esta percepção do que DEUS significa para nós, nós católicos temos e muito, não precisa ensinar o padre a rezar a missa. Agora, restaria os protestantes ter um pouquinho de discernimento do que é Igreja Católica, para perceber que aquilo que eles ajam que é passa longe do que realmente é.

      Sidnei

      Excluir
    6. Já tinha lido esse artigo do Blog mas não tinha lido todas essas perguntas absurdas que as pessoas fazem! Meu Deus como existe pessoas ignorantes!! Deu pra se notar claramente que a difamação contra Igreja vem de todos os lados (protestantes,ateus,etc)
      Como o video que vi do Blog O Catequista (Tretas Sobre Protestantes), para que sua acusação tenha credibilidade basta que seja referente a Igreja Catolica, e pronto, todo mundo acredita"

      Excluir
  27. Olá Henrique. Pode me ajudar com essa questão do kαθολικός eκκλησία? Procurei no site http://codexsinaiticus.org e não estou achando essas palavras especificamente.
    Salve Maria!!!

    ResponderExcluir
  28. Por quer romana se a igreja e de cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo anônimo, leia a sua resposta acessando o link abaixo:

      Por que a Igreja Católica é Romana?

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  29. A Paz de nosso Senhor Jesus Cristo.
    Caros irmãos em cristo, pessoalmente nunca achei este site, estava a procura de alguma questão e encontrei este site. Estou no meu local de trabalho e fiquei aproximadamente 5 horas pendurado a ler os comentários. Devo dizer que nunca desperdicei tanto tempo de trabalho para algo tão bom, algo que faz bem a alma. Algumas perguntas são mesmo tendenciosas, com insultos e provocações, ainda bem que as respostas estão ao nível de todas estas perguntas, porém se tudo aqui escrito e dito não lhe faz ver e pensar diferente, então caros irmãos explicadores gastem os vossos esforços e tempo a quem quer saber ao certo a verdade verdadeira. Sou Católico e há muita informação que nunca me passou pela cabeça, hoje passou e me sinto leve e mais confiante em saber que naquilo que eu acredito existem provas, e no que tenho por dúvida, não tenho provas, portanto não me inquieta.
    Os irmão que têm de forma caridosa e humana gasto seu tempo para responder algumas questões pertinentes e outras nem por isso, que continuam com esta paciência, que os Santos fortificam o vosso saber e vos dê saúde para continuarem a levar a boa nova em todas as nações conforme manda nosso Sr. Jesus Cristo.
    Este é a partir de hoje o meu site preferido. Obrigador por tudo e que Deus pai nos ilumine e cada dia que raia o sol, os picos e os sobressaltos no decorrer desta longa jornada sejam tapetes macios aos nossos pés.

    Alberto Francisco, África - Angola - Luanda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi minha história pela sua! Fico lendo não só as matérias, mas todos os comentários e cada vez gosto mais!

      Excluir
    2. Igual a mim, sou Católica mais era tão desinformada e tão fraca em minha fé, esse site me ajudou tanto. o meu muito obrigada a todos que souberam responder a cada dúvida com um grande esclarecimento. Muito feliz aqui gente. Shalom a todos !!

      Excluir
  30. Boa tarde! Por favor, qual a base Bíblica para a afirmação de que foi o próprio Jesus que fundou a Igreja Católica? Jesus não fundou nenhuma Igreja! Ele deixou ensinamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo anônimo, agradeço pela sua participação, em nome de todo o nosso apostolado.

      Respondendo à sua pergunta, temos muitíssimas, mas uma só "base bíblica" seria suficiente para dar a prova que você pede, e é a afirmação de 1 Timóteo 3,15, onde se lê que a Igreja é a coluna e o sustentáculo da Verdade.

      Como pode ver, eu acabo de lhe mostrar que a Bíblia afirma, com todas as letras e com toda a clareza, que a verdadeira base que temos para seguir Jesus é a Igreja, e não a leitura das Escrituras apenas.

      Mais importante do que isso, porém, é que a Bíblia também afirma, muitas e muitas vezes, que a Igreja é o próprio Corpo de Cristo, sendo Jesus mesmo a Cabeça deste Corpo (1Cor 12,27; Cl 1,18).

      Sim, a Cabeça da Igreja é Jesus Cristo, e como a única Igreja que existe desde antes de a Bíblia cristã ser escrita e canonizada é a Católica, eu não preciso lhe dar mais "base bíblica" para absolutamente nada.

      Ao contrário, se você quer ser cristão e, mais do que seguir Jesus, comungar do seu santíssimo Corpo, integrando-o como membro, você deve procurar, isto sim, a "base eclesiástica" daquilo que crê.

      Por outro lado, o que acontece se eu lhe desafiar a me dar a "base bíblica" de que só a Bíblia é a única regra? Antes de você, algumas dúzias de anônimos passaram por aqui e não encontraram esta passagem, porque ela não existe. O que existem são trechos que afirmam a excelência das sagradas Escrituras, mas nenhum deles diz que só a Bíblia basta, nem dizem que a Bíblia é a base, a coluna, o sustentáculo ou o fundamento de tudo. Por quê? Porque, como acabei de lhe mostrar, a base é a Igreja.

      Aliás, a própria Bíblia diz também:

      "Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação particular.” (2 Pd 2,20)

      Nosso Senhor continua no mundo hoje, agora, na sua Igreja, que é o seu próprio Corpo. O Apóstolo Paulo perseguia a Igreja, mas quando ouviu a voz de Jesus no caminho para Damasco, ela dizia: "Saulo, Saulo, por que ME persegues?". Paulo estava perseguindo a Igreja, porque Jesus já estava no Céu, mas o Senhor lhe diz: "Por que ME persegues?", e diz assim porque a Igreja é Jesus e Jesus é a Igreja! Entende isto? Se você não está na Igreja, então também não está em Comunhão com Cristo. Simples assim. Aí está a sua verdade "bíblica" inquestionável.

      O resto é invenção de homens que interpretam a Bíblia de modo particular, cada um ao seu gosto, e se consideram a si mesmos "pastores". Infelizmente, não falta gente ingênua e preguiçosa (para estudar e buscar o discernimento) que segue esses falsos profetas.

      Ensinamentos? Belos ensinamentos muitos têm. Os budistas e os hindus, por exemplo, têm belos ensinamentos dos seus mestres. Nós, cristãos, somos membros do Corpo do Cristo, o Filho de Deus, Salvador do mundo, nosso Deus e nosso Sumo Bem.

      Agora, se você me disser que não sabe onde está escrito que Jesus fundou a sua Igreja, vou ter que lhe perguntar que parte de "sobre esta Pedra edifico a minha Igreja" (Mt 16,18) você não entendeu.

      Nosso Senhor o ilumine e salve

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Uma pergunta o papa Francisco falou que Jesus falhou na cruz que ele carrega um livrinho q fala isso é que Lúcifer e pai de Jesus e agora em quem acrediter nos papas nas escrituras ou em vcs falando estas bobeiras

      Excluir
    3. Você já ouviu a expressão: "Falar, até papagaio fala"? Onde e quando o Papa disse isto? Quem lhe passou esta "informação"?

      Você sabia que falso testemunho, calúnia e difamação, além de pecado grave que leva para o inferno, é crime?

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    4. Tem uma matéria no Catequista que explica esta palhaçada.

      http://ocatequista.com.br/archives/16204

      Seria bom antes de os protestantes saírem por aí falando m..., buscar o real sentido do que alguém, falou, sobre tudo o Papa, antes de inventar calunias e difamações.

      Sidnei.

      Excluir
  31. Bom dia, gostaria muito de esclarecimentos com relação ao casamento religioso, realizado sob cerimônia de um sacerdote católico. Isso tem me causado alguns questionamentos, sendo que no período de Cristo, antes Dele e mesmo muitos anos depois os casamentos sempre foram realizados sem uma referência religiosa e eram igualmente abençoados por Deus. Por exemplo, nos tempos antigos os casamentos eram realizados por próprias pessoas do povo ou da família, inclusive o casamento onde Jesus realizou seu primeiro milagre não tinha nenhum "teor" religioso. Porque necessito me casar perante um padre ou sacerdote para ser abençoado por Deus?
    Agradeço desde já as considerações que serão feitas..
    Grande abraço e paz..

    ResponderExcluir
  32. Deus e fiel amém !!

    ResponderExcluir
  33. Então a Igreja Católica foi fundada por Constantino no ano 313 d.C.? Conte-me de qual Igreja eram os 32 Papas anteriores?

    São Pedro (32-67)
    São Linus (67-76)
    St. Anacleto (Cletus) (76-88)
    São Clemente I (88-97)
    St. Evaristus (97-105)
    St. Alexander I (105-115)
    São Sisto I (115-125) - também chamado de Xystus I
    São Telesphorus (125-136)
    São Higino (136-140)
    São Pio I (140-155)
    São Aniceto (155-166)
    São Soter (166-175)
    São Eleutério (175-189)
    São Victor I (189-199)
    São Zeferino (199-217)
    São Calisto I (217-22)
    São Urbano I (222-30)
    São Pontain (230-35)
    São Anterus (235-36)
    São Fabiano (236-50)
    São Cornélio (251-53)
    Lúcio St. I (253-54)
    Santo Estêvão I (254-257)
    São Sisto II (257-258)
    São Dionísio (260-268)
    São Félix I (269-274)
    São Eutychian (275-283)
    São Caio (283-296) - também chamado Gaius São Marcelino (296-304)
    São Marcelo I (308-309)
    Santo Eusébio (309 ou 310)
    São Milcíades (311-14) 

    Credo in Unam, Sanctam, Catholicam et Apostolicam Ecclesiam.

    ResponderExcluir
  34. Antes de ser "igreja católica apostólica (romana)", era (igreja católica apostólica), (só igreja católica "apostólica", sem o "romana"), que foi fundada por apostolos e por pedro um dos discípulos de Jesus, isso você sabe! Então conte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá, e aonde foi parar esta "igreja católica apostólica" sem a "romana"?, que foi fundada por apóstolos e por Pedro um dos discípulos de Jesus, isto você sabe! Então conte!.

      Sidnei

      Excluir
    2. Aproveite para responder também: Entre as mais de 40 mil denominações “evangélicas” existentes, qual delas subsiste a "igreja católica apostólica" sem a "romana"?

      Excluir
  35. Irmão em cristo,poderia me dizer quem é esse Miguel Dimond, que fala mal dos últimos seis papas dizendo serem anticristo, chega a doer em mim, tanta maldade, para desviar aqueles de pouca segurança em sua fé. Me responda por favor quem é esse fulano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiel católico preciso saber quem é esse tal de ir Miguel Dimond

      Excluir
  36. O que vem a ser esse mosteiro da sagrada família, desse ir Miguel Dimond, que faz de tudo para desacreditar os católicos? Me responda por fazer, só com sua resposta posso compreender, obrigado.

    ResponderExcluir
  37. Lendo a bíblia católica não encontrei nada falando de Maria que foi assunto ao céu e também não achei nada falando de nossa senhora Aparecida . Se alguém puder mim ajudar estarei muito agradecido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então faça o seguinte: leia a Bíblia "evangélica" ou protestante e encontre onde fala que a verdadeira Igreja surgiria somente mais de 1500 anos depois de Cristo, fundada por um homem chamado Lutero, e depois continuada por um bando de "pastores" que interpretariam a Bíblia cada um ao seu modo particular e sairiam fundando milhares de novas "igrejas" por aí.

      Encontre onde diz que a primeira Igreja, fundada por Cristo, se corromperia, porque a Bíblia que eu conheço diz que o próprio Jesus Cristo prometeu que permaneceria sempre com a sua Igreja, até o fim dos tempos (Mateus 28,19-20), e que o Inferno jamais prevaleceria contra ela (Mateus 16,17-19).

      Encontre também onde diz que somente as Escrituras são a única regra de fé e prática do cristão, que existem muitas igrejas diferentes e que "placa de igreja" não importa – a Bíblia que eu conheço diz o contrário: que a Igreja é o Corpo de Cristo e que é a coluna e o sustentáculo da Verdade (1Tim3,15).

      Depois que você encontrar essas coisas, podemos voltar a conversar, e aí eu lhe mostrarei onde, nas Escrituras, o Espírito Santo de Deus, pela boca de Isabel, chama Maria "Mãe do SENHOR" (Deus); mostrarei onde a própria Virgem Maria, cheia do Espírito Santo, profetiza de si mesma que todas as gerações a proclamariam Bem-aventurada; mostrarei a visão do Apóstolo, da Mãe de Cristo e da Igreja "vestida de sol" e coroada de estrelas. E talvez eu também lhe explique o significado da expressão Gratia Plena, com a qual Deus mesmo a saudou, pela boca do seu Mensageiro o Anjo Gabriel.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  38. Quem pode perdoar os pecados? somente Jesus ou um padre ou papa pode perdoar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não nós, anônimo, mas Nosso Senhor Jesus Cristo responde a esta sua pergunta:

      "Aqueles a quem perdoardes os pecados, serão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos." (Jo 20,23

      Aí está o Salvador falando aos Apóstolos, os primeiros presbíteros da sua Igreja. Sua resposta está dada, com todas as letras.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Complemento a resposta de Henrique com a seguinte passagem em 2 Coríntios 5, 18-20

      E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;
      Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.
      De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.
      2 Coríntios 5:18-20 (almeida)

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Excluir
  39. olá meu nome é lorenzo, caro moderador creio que cometi o pecado mortal pois quando era protestante (e agora gostaria de ser católico) eu pensei voluntariamente e maliciosamente que nunca iria fazer o que achava que Deus me pedia que era contar pra alguém que eu tinha um espírito maligno que me atormentava pois tinha vergonha de manifestar e pensei também que se desistindo de Deus eu ia parar de ser atormentado eu assim pensei, creio que eu apostatei, hoje eu mudei totalmente, não consigo me arrepender deste pecado pois é o espírito santo que convence do pecado aqueles que ainda tem salvação, sou um completo vazio tenho certeza que não tenho mais salvação e você o que acha do meu caso? poderia me mandar também por e-mail sua resposta? meu e-mail é lorenzzoalves@hotmail.com

    ResponderExcluir
  40. Por que a inscrição 'VICARIUS FILII DEI" que esta escrita na tiara do Papa,que significa vigário filho de deus,quando a convertemos cada letra da inscrição em algarismos Romanos elas se transformam em números que quando somados nos revela o numero 666 que é o número da nesta,que esta em apocalipse cap13 versículo 18; V-5,I-1,C-100,A-0,R-0,I-1,U-5,S-0 que somado-112 e F-0,I-1,L-50,I-1,I-1 e D-500,E-0,I-1 que nos remete ao cálculo de VICARIUS-112 FILII-53 DEI-501 que somados-666? Não seria o Papa a besta do Apocalipse? Porque ele usa essa inscrição em sua tiara ou chapéu para os mais leigos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz questão de publicar este comentário ridículo para desafiar o autor a nos provar que existe tal inscrição na "tiara"(?) do Papa.

      Eu ouvi essa história pela primeira vez quando tinha os meus 18 anos de idade, mas como já possuía espírito crítico, fui investigar e vi que não passava de pura mentira. Espanta-me que ainda permaneça sendo pregada até hoje. Satanás, o pai da mentira, é realmente incansável.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Infelizmente essas mentiras são difíceis de morrer e se multiplicam com muita rapidez entre os mais simples ou pior, entre os com intenções perniciosas. Seguem-se a essa os tais dos sete reis, a mulher de púrpura e dourado e toda essa espécie de misticismo que algumas seitas criam. Porque ao meu ver, esse tipo de crença só pode ser descrita como misticismo e superstição. Há nas seitas e nas pessoas que dão crédito a esse tipo de ideia um fascínio pelo mistério, pelo oculto, teorias conspiratórias, "linhas históricas ocultas", por querer prever, adivinhar ou saber aquilo que ninguém sabe. Puro misticismo. PS: A pior que vi foi uma história em quadrinhos na qual uma dessas seitas conta "como a Igreja Católica criou o Islão" e que na verdade Maomé era católico. É o caso onde se aplica a frase "seria cômico se não fosse trágico". Ou vice-versa.

      Excluir
    3. Se você considera o Papa a besta do apocalipse, talvez a besta seria você mesmo. Uma pessoa, sem nenhuma formação teológica e, além do mais, nem é iluminado pelo Espirito Santo, como pode ter capacidade para interpretar a Bíblia. Da próxima vez, ao emitir sua opinião, não seja covarde, procure se identificar.

      Excluir
  41. caro moderador aqui é o lorenzo humildemente peço que me responda pois preciso muito de alguma resposta, grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo Lorenzzo,

      Somos um apostolado leigo de apologética e catequese. Não somos diretores espirituais – e embora contemos com diretores espirituais que integram a nossa associação, não é possível aconselhá-lo em questões tão delicadas a partir de uma página de internet.

      Aconselhamos a procurar um bom sacerdote para orientá-lo, preferencialmente um que possa ser o seu diretor espiritual, com quem possa se encontrar regularmente para conversar e tirar dúvidas. Diga-nos em que município você mora e talvez possamos indicá-lo.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  42. A citação do Grego que fizeram acima não tem nada haver com o original. Não sei da onde tiraram, mas quando citado Hebreus 12:22-24 esta falando sobre conselho e avisos e sendo que nesse tempo nem Igreja não existia, onde a igreja vem surgir a seculos depois. Precisamos estudar um pouco a história geral e não uma história contada pela Igreja, para afirmar tal coisa onde de maneira nenhuma a Bíblia diz. Sou Teologo e entendo Hebraico, Grego e se fizermos uma exegese do texto saberemos que não é isso que a Biblia diz: o que me contar do concilio realizado onde foi acrescentado livros na Bílbia? O que dizer sobre as Imagens e as Esculturas? Vamos ler, estudar e entender a Biblia que saberemos a verdade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Nesse tempo não existia Igreja"?? "A Igreja vem a surgir séculos depois"?? Como assim, anônimo? E a Igreja que Jesus Cristo fundou sobre Pedro Apóstolo? E a Igreja que a Bíblia menciona em todas as cartas dos Apóstolos? E a Igreja primitiva, o Corpo de Cristo segundo Paulo Apóstolo, na mesma Bíblia, que era perseguida pelos judeus e depois pelos romanos?

      Você vem nos aconselhar a "estudar", sem conhecer o mais básico do básico?

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Você é teologo com acento ou sem ? Queria saber o dia que nossa SAGRADA ESCRITURA caiu do Céu com zíper e tudo? Como surgiu a escrita? Por favor tira minhas dúvidas . Abraço

      Excluir
  43. Igreja católica apostólica ROMANA... O nome diz tudo e querem explicar de onde veio. . . Estudem história e não a bíblia,amigos cobradores de indulgencias e queimadores de bruxas. Igreja de cristo né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estude você antes de vir aqui bancar o papagaio repetidor de bobagens tão infantis quanto estas, Gabriel, e pior, baseado em "conclusões" tão rasas. Não envergonhe o glorioso Arcanjo que lhe deu nome, seja homem e não um moleque irresponsável.

      Se quer aprender, leia os artigos abaixo:

      • Por que a Igreja é "romana":

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/03/porque-igreja-catolica-e-romana.html

      • Sobre a Inquisição:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/03/entendendo-inquisicao-e-as-inquisicoes.html

      http://www.ofielcatolico.com.br/2013/10/porque-inquisicao-nao-e-impedimento-nem.html

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Vejo que a preguiça de ler ou má fé mesmo é algo que sempre vai haver. Sobre a inquisição é simplesmente escolher aquilo que quer enxergar. Impressionante como a Igreja tem " inimigos" .

      Excluir
    3. "E, por causa do meu Nome, sereis odiados de todos. Contudo, aquele que permanecer firme até o fim será salvo." (Mt 10,22)

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  44. Em Ap 22, 18-19: “ Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e se alguém tirar qualquer cousa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa das cousas que se acham escritas neste livro”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobre Lutero, que retirou sete livros inteiros da Bíblia!

      Excluir
  45. Primeiramente não quero ofender ninguém peço desculpa se acabei colocando comentários que tenha de uma certa forma ofendido alguma pessoa. Todos nós independentes de sermos evangélicos ou católicos temos que respeita um ao outro, conserteza estão acompanhando o que o estado Islâmico estão fazendo quem acredita em Cristo destruindo igrejas e matando sem dó e piedade, por isso eu acho muito mais de discutir nossas diferenças que são evidentes devemos se unir como cristãos.

    ResponderExcluir
  46. Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja.
    Alguém com conhecimento absoluta poderia me dizer o significado dessa citação? ,Mas quero uma explicação bem detalhada de cada palavra .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, senhor!

      Para uma boa introdução ao assunto, acesse nosso "Índice de respostas católicas para acusações protestantes e 'evangélicas'", endereço mais abaixo, e procure pelos seguintes estudos:

      • A Pedra sobre a qual se fundamenta a Igreja neste mundo

      • Análise do nome do Apóstolo Pedro, o primeiro Papa

      • Pedro, a Pedra: a autoridade da Igreja Católica

      Acesse:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2000/01/indice-de-respostas-catolicas-para.html


      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail