Oração e alegria: a Via da Purificação e a Via da Iluminação

Nesta Semana Santa, apresentamos um estudo profundo sobre as etapas ou estágios da verdadeira conversão, baseado na obra do grande teólogo Pe. Garrigou Lagrange. Que seja útil.


A CONVERSÃO, no cristianismo, é um processo que se dá com base principalmente na vontade. Nesse processo, o elemento mais importante não é o intelecto, e menos ainda a emoção, por seu caráter efêmero, fugaz, inconstante. Atualmente, entretanto, florescem movimentos religiosos que valorizam o sentimentalismo, criando e alimentando nos fiéis a ideia de que o “sentir-se bem” deve servir como principal parâmetro para decidir se aquele caminho religioso é autêntico ou não.

** Ler o artigo na íntegra
www.ofielcatolico.com.br

Os Mandamentos de Deus e da Igreja – e a profecia de Daniel


RECEBEMOS, EM nossa caixa de e-mails, de um leitor que se identifica pelo pseudônimo "Edu," a seguinte mensagem:

"Há alguns ramos protestantes que acusam o catolicismo de ter alterado os mandamentos de Deus. Há até mesmo aqueles que acusam a Igreja Católica Apostólica Romana de ser o cumprimento de Daniel 7:25. Gostaria de fazer duas perguntas: Os mandamentos do catecismo são essencialmente os mesmos de Êxodo 20? Por que há alguma diferença entre eles? É devido a alguma mudança ou ao resumo das leis contidas no Novo Testamento?
E qual é a interpretação oficial da Igreja sobre Daniel 7:25?

** Ler a nossa resposta
ofielcatolico.com.br

Diferença entre orar e rezar – as "vãs repetições"


UM GRUPO de pessoas elaborou e difundiu a esdrúxula ideia de que "rezar" seria repetir "vãs palavras", enquanto que "orar" seria, verdadeiramente, falar com Deus. Analisemos bem esta questão...

** Ler o artigo na íntegra
ofielcatolico.com.br

Arte e espiritualidade - 4

INICIAMOS COM esta postagem uma série que trará imagens católicas antigas, publicadas em cartões, flipcards, gravuras e ilustrações de velhos livros, que retratam com singela beleza uma pureza espiritual que parece irremediavelmente perdida em nossos dias.




Este card alemão (início do séc. 20) retrata a Santíssima Virgem Maria, e suplica: "Maria, Rainha de Todos os Santos: "Rogai por nós!"
ofielcatolico.com.br

G. K. Chesterton: "Por que sou católico"


A DIFICULDADE em explicar “Por que eu sou Católico” é que há dez mil razões para isso, todas se resumindo a uma única: o catolicismo é verdadeiro. Para falar da Igreja Católica eu poderia preencher todo o meu espaço com sentenças separadas, todas começando com as palavras “é a única que...”

** Continuar a leitura
www.ofielcatolico.com.br

Aparições de Nossa Senhora das Graças


POPULARMENTE, CONSIDERA-SE que as modernas aparições marianas tiveram início com as visões da camponesa Bernardete Soubirous, em Lourdes, na França, no decorrer do ano de 1858: essas visões até hoje inspiram o interesse de religiosos e pesquisadores de fenômenos supranaturais do mundo inteiro. Mas, na realidade, as aparições da Virgem Maria na era moderna começaram 28 anos antes do ocorrido em Lourdes, no Convento das Irmãs de Caridade da Rue du Bac, em Paris, a uma freira chamada Catarina Labouré...

** Conheça a história das aparições de Nossa Senhora das Graças e de Santa Catarina Labouré
ofielcatolico.blogspot.com

Aparições e revelações na Igreja Católica


EPIFANIAS SÃO acontecimentos inexplicáveis e raros. São aparições através das quais a Graça de Deus se manifesta e nos exorta a permanecer no Caminho, que é Cristo, e guardar a Fé. A partir da próxima edição da revista impressa Fiel Católico, publicaremos uma série de artigos a respeito das aparições da Virgem Maria reconhecidas pela Igreja, ao redor do mundo. Um assunto fascinante, cujo estudo cuidadoso muito pode nos ajudar e fortalecer em nossa caminhada de fé.

** Ler o artigo completo
ofielcatolico.blogspot.com

Receba O Fiel Católico em seu e-mail