Lutador campeão do UFC descreve sua jornada de conversão ao catolicismo


Bas Rutten diz que o famoso ator Kevin James, católico, desempenhou um papel fundamental em atraí-lo de volta à fé

BAS RUTTEN, um talentosíssimo lutador campeão do UFC (Ultimate Fighting Championship, o maior campeonato de artes marciais mistas do mundo na atualidade), descreveu sua jornada à fé católica em um vídeo postado no YouTube (assista ao final).

Rutten, que cresceu na Holanda e agora vive nos Estados Unidos, fora já um campeão de artes marciais nos anos 1990, antes de se tornar o campeão dos pesos pesados ​​no UFC. Ele foi introduzido no Hall da Fama do violento esporte em 2015.

Em um vídeo produzido sob o patrocínio da Arquidiocese de Filadélfia (produzido por Anthem Philly), ele descreve ter sido intimidado na infância por causa de uma doença de pele (um eczema grave). Outras crianças o chamavam de "leproso", segundo o seu testemunho. A coceira era tão feroz que ele a tentava aliviar golpeando repetidamente um azulejo (!) que mantinha ao lado de sua cama. 

Expulso de várias escolas, aos 12 anos de idade Rutten foi ao cinema assistir o filme "Enter the Dragon", estrelado por Bruce Lee, um dos maiores artistas marciais de todos os tempos. Inspirado, persuadiu seus pais a permitirem que ele treinasse o Taekwondo, uma arte marcial coreana que enfatiza os golpes com os pés. O bullying terminou, conta Rutten, depois que ele quebrou o nariz de um valentão...

Rutten foi batizado e crismado quando criança, mas, quando tinha 12 anos, sua família parou de ir à Igreja. Ele mesmo, por sua vez, também não estava interessado o suficiente para continuar a praticar a Religião por conta própria: "Quando uma criança vai à igreja, é uma espécie de coisa intimidadora", disse ele; – "há todas essas estátuas estranhas olhando para você, e ninguém está feliz...", conclui com bom humor.

O retorno do lutador à fé aconteceu depois de trabalhar com o famoso ator católico Kevin James (foto), na comédia de luta livre "Here Comes the Boom". James convidara alguns oradores católicos para palestrar no set de filmagens, e Rutten foi a uma dessas palestras. “Eu fui sugado! – foi isso, isso mudou minha vida!”, disse o Rutten. A partir daí, ele passou a ouvir uma versão da Bíblia Sagrada em áudio, e ao mesmo tempo iniciou leituras bíblicas.

A primeira vez que a Bíblia realmente o mudou, ele disse, foi quando percebeu que estava escravizado pelo vício do alcoolismo. Disse ele: “Eu era um bebedor pesado – e esses estudos me impediam de beber. Agora tenho moderação, algo que nunca tive em minha vida!”.

Rutten ficou fascinado por reaprender sobre a fé. "Assim que você começa a aprender sobre o catolicismo, ou reaprendê-lo, você está viciado", diz o atleta, em seu costumeiro tom bem humorado.

A minha pergunta, que eu sempre faço aos meus alunos, é: como você quer ser lembrado? Aplique isso para lutar: como você quer ser lembrado? Como um bom lutador, um cara que nunca desistiu. Não se trata de ganhar o cinturão de campeão – aí você está recebendo o reconhecimento de seus colegas. Se isso é muito importante para mim, por que eu não quero obter o reconhecimento de Deus e ser o melhor cara que puder? (...) Eu Eu acho que não há nada mais importante do que isso.



____
Fonte:
CatholicHerald.co.UK, 'Champion UFC fighter describes his journey to Catholicism', disp. em:
https://catholicherald.co.uk/news/2018/11/23/champion-ufc-fighter-describes-his-journey-to-catholicism/
Acesso 23/11/2018

** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!
www.ofielcatolico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$13,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail