Oração: uma fonte de energia divina

Por Padre Matthias von Bremscheid

A ORAÇÃO É UM COLÓQUIO de amor com Deus. A criança, que ama verdadeiramente os pais, gosta de falar com eles, manifesta-lhes tudo que agita seu coraçãozinho. Cada alegria que sente, vai logo comunicá-la à mãe, ou ao pai; expõe-lhes todas as suas dores; narra-lhes os seus receios; conta-lhes os seus interesses.

Se a criança passasse com seus pais um dia inteiro sem lhes dirigir uma só palavra, teriam eles muita razão em se queixar: “Nosso filho não nos ama, pois se nos amasse seria mais comunicativo conosco!”. É o que se dará contigo, jovem cristã: se amares a Deus vosso Salvador verdadeiramente e de coração, sentirás necessariamente que tens que falar com Ele e entreter-te com Ele, isto é, rezar sempre. A oração é para ti um dever sagrado, que não hás de omitir um só dia sequer.

_______
* Do livro “A Donzela Cristã” (Die christliche jungfrau), lançamento próximo da editora Caritatem com revisão e projeto gráfico de Henrique Sebastião e Frat. Laical S. Próspero


** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!
www.ofielcatolico.com.br

Um comentário:

  1. A paz de Jesus Cristo! Exato, padre Matthias está correto. Orar sempre, várias vezes ao dia nos faz muito bem. Além de ser um dever do cristão, é também se comunicar com o Pai, Jesus, Maria, nossa amada Mãe e intercessora. Orar nos eleva até aos Céus. Oremos! Salve Maria! Paz e Bem.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$13,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir