Entrevista exclusiva com o parapsicólogo Mario Umetsu

A PARAPSICOLOGIA é o ramo da psicologia que estuda fenômenos tidos como "espirituais", tais como telepatia, premonições, telecinesia, psicocinese e outros. Tais fenômenos são relativamente comuns em ambientes espíritas e umbandistas, e mesmo em cultos pentecostais; popularmente costumam ser alardeados como "sobrenaturais" ou "milagrosos". O estudo parapsicológico, que muitas vezes desvenda e desmistifica tais casos, também gera certa controvérsia entre fiéis católicos.

Nessa entrevista com o criador do apostolado "Sugestão Católica", motivado e incentivado pelo inesquecível (e polêmico) Padre Quevedo, Mario Umetsu, com o seu bem humor característico, conta um pouco da sua história e esclarece algumas questões importantes.



5 comentários:

  1. Na minha modesta opinião de leigo católico, a parapsicologia deveria ser matéria obrigatória nos seminários e ser mais difundida em nossas dioceses.Quando isso ocorrer,pastores pentecostais, macumbeiros, médiuns, videntes e assemelhados, ficarão todos desempregados. Mais que um podcast,foi uma tremenda aula. Obrigado irmãos Henrique e Mário.Que Cristo, nosso Senhor e Salvador abençoe os vossos apostolados e que a Mãe do Céu vele por vocês. Paz e bem, meu abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel, você não acredita no poder do demônio?

      Samanta

      Excluir
  2. Excelente explanação! 1 hora de áudio que dá pra ouvir de boas e esperando a próxima! Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Parabens ao fiel católico! Acho interessantissimos esses assuntos! Gostaria que tivesse mais explicaç~eos sobre o toc. Eu sou portadfor de toc e já sofri muito por causa disso, não tinha nem coragem de confessar os meus pensamentos pra o padre. O Mari umetsu poderia me explicar qual é a orgiem dessa doença psicologica? seria organica, genetica? A minha mãe sofria era maniaca compulsiva. Sera que isso tem a ver com o meu problema?

    Fabio F.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Fabio;

      A origem dessa enfermidade ainda há muito que ser discutida, mas podemos adiantar que é ou pode vir a ser orgânica, modificando mesmo a anatomia cerebral fisicamente (com o aumento do metabolismo da glicose no córtex orbitofrontal e no núcleo caudado) - até porque apresenta comorbidade frequente com os transtornos depressivos, e sabemos que sua ocorrência se deve a problemas e insuficiências sobre os neurotransmissores.

      Costuma ser tratado com ISRS's: Escitalopram, Sertralina, Paroxetina ou mesmo Imipramina. As chances de melhora são grandes, mas é muito difícil o paciente extirpar os sintomas para sempre.

      O fator genético é preponderante, mas pode também ser "aprendido" a partir do contato com outros pacientes, mas em casos assim não deve chegar a altos níveis, a menos que haja certa predisposição à ansiedade.

      Espero ter ajudado!

      Forte abraço.

      Umetsu.

      Excluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir