Aberrações do Sínodo de 2023 e a 'moda litúrgica antiquada' que incomoda Francisco: 'rendinhas da vovó'

"Você viu a última do Papa?", alguém me perguntou: "Ele agora ridicularizou a liturgia tradicional e as vestes litúrgicas, que Bento XVI tano amava...". Claro que estou sabendo do caso, claro que me entristece profundamente saber e ver que a situação da Igreja de Cristo no mundo vai-se deteriorando mais e mais a cada dia. Por temor e pelo bem das almas, evito entrar nesse tipo de polêmica sempre que posso, mas o caso é clamoroso e eu pensava no que dizer, quando soube que meu valoroso irmão e colaborador regular  da FLSP, Lorenzo Lazzarotto, já preparava um vídeo a respeito.

    O vídeo foi postado, e nele está dito praticamente tudo o que eu tinha a dizer sobre o caso (o Lorenzo costuma fazer isso), e mais muitas outras coisas importantes. Então, eu me limito, por ora, a compartilhá-lo aqui (abaixo), rezando para que sejam úteis ao maior número possível das almas que acompanham o meu trabalho. Rogo aos fiéis católicos que não esmoreçam, mesmo sendo assim perseguidos e humilhados: se tudo parece já irremediavelmente perdido, a santa Igreja infalivelmente triunfará, no final.





AS POSIÇÕES DEFENDIDAS pelos bispos alemães, como o fim do celibato obrigatório, a ordenação de mulheres e a bênção sacerdotal a duplas do mesmo sexo, agora são endossadas por duas das mais importantes Dioceses da Espanha: Barcelona e Saragoça.


    Enquanto isso, o Papa Francisco, indignado, declara-se muito preocupado por notar que alguns padres e bispos italianos continuam usando paramentos litúrgicos tradicionais, sem ter aderido completamente à revolução do Vaticano II. Entre outras coisas, chamou os paramentos litúrgicos, que foram considerados sagrados e que eram obrigatórios até antes do Vaticano II, à "superstição popular" (palavras dele!). Um verdadeiro tapa na cara, que constrangerá e desencoraja ainda mais àqueles que ainda resistem em celebrar a santa Missa com dignidade.


    Isso é ainda mais preocupante pelo fato de o Arcebispo e Cardeal de Barcelona, Dom Juan Jose Omella, é também o Presidente da Conferência Episcopal Espanhola (equivalente à CNBB daquele país). Portanto, suas declarações representam oficialmente o posicionamento geral do Episcopado Espanhol.


    Assim, confirmou-se a previsão do meu canal (História e Fé católica com Lorenzo) que há vários meses vem afirmando que o Caminho Sinodal alemão seria imitado por várias outras "CNBB's" até o momento em que se tornaria a tendência dominante da "nova Igreja", após a celebração do 'Sínodo sobre a Sinodalidade' que representa a consumação do legado demolidor do Papa Francisco.


    As MESMAS decisões aprovadas na Alemanha a serem apresentadas como propostas à Igreja em nível mundial no próximo ano foram defendidas pelos Bispos espanhóis, a saber:

    • Bênçãos a casais "irregulares" (segunda ou terceira união, divorciados 'recasados' e claro, uniões do mesmo sexo);

    • Abolição da obrigatoriedade do celibato eclesiástico;

    • Ordenação de mulheres como diaconisas e, se possível, sacerdotisas;

    • Ambientalismo e Ecologia;

    • "Revisão" do ensinamento da Igreja sobre bioética (início e fim da vida...)


    Uma subversão completa da moral da Igreja a fim de fazer dela um instrumento a serviço do processo revolucionário. [Cabe aqui dizer que só o fato de esse documento existir e ser encarado com naturalidade pelo Papa e pelos bispos, mesmo que não venha a ser aprovado, já se configura em um escândalo incomensurável, um mal tão grande e de gravidade tal como nunca foi visto, em toda a longa história da Igreja.]


    A Espanha abençoada com a aparição de Nossa Senhora do Pilar em pleno 1º Século, evangelizada por São Tiago Apóstolo, regada pelo martírio de inúmeros fiéis perseguidos pelos romanos e depois,  pelos hereges arianos; a mesma Espanha que lutou por 800 anos para libertar-se do jugo maometano e que, uma vez livre, conquistou e evangelizou as Américas, criando o maior Império colonial já visto no mundo até então...

    ...hoje, o Episcopado Espanhol lança documentos que, segundo os próprios eclesiásticos, foram lançados após a consulta de organismos como a "Associação Cristã de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais da Catalunha".


    Diante dessa aberração, desse gritante contraste, como alguém poderia ainda insistir em afirmar que a Igreja não se encontra em gravíssima crise, sem pecar contra a verdade?

_____________
Fontes: 

Arquidioceses espanholas querem fim do celibato, ordenação de mulheres e aceitação de uniões do mesmo sexo:
www.acidigital.com/noticias/a...

Cardeal espanhol diz que mulheres sacerdotes e abolição do celibato são só “propostas”:
https://www.acidigital.com/noticias/c...

Papa Francisco recrimina "moda" litúrgica "antiquada":
www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-recrimina-moda-liturgica-antiquada-78949

7 comentários:

  1. O fim do mundo tem que estar perto agora . Esse video aqui tb é muito bom: https://www.youtube.com/watch?v=775ToeSYRGo&t=755s

    ResponderExcluir
  2. Sou médico há 36 anos. Sou católico apostólico romano. Nos meus 62 anos, não me recordo de ter visto um Santo Padre pregar tanto a Misericórdia. Acredito que o Santo Padre, em sua senectude, já apresenta sinais de distúrbios cognitivos. Sua mente inteligentíssima já está ficando comprometida. Esperemos e poderemos ver sua decadência mental se agravando. Oremos por ele, e que Deus nos permita que o próximo Papa seja mais ao gosto dos conservadores, para talvez diminuírem as divisões na Santa Igreja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre o quadro clínico de Francisco não posso opinar, mas devo de dizer que ele me parece muitíssimo lúcido e que as suas ações, decisões e ensinamentos, continuam perfeitamente coesos com a proposta do seu reinado desde o primeiro dia, desde o triste momento em que apareceu na sacada da Basílica de São Pedro e, ao invés de abençoar a multidão ou bendizer a Cristo, disse simplesmente "Boa noite"... Um pequeno gesto que já disse muito.

      Quando ao próximo Papa, para mim não precisa ser "do gosto dos conservadores". Só o que espero é que seja um Papa católico, que não ensine o erro à Igreja, que não faça uso da sagrada Cátedra para confundir as almas, que não persiga a Missa e os padres que ainda querem ser santos, favorecendo os que promovem o pecado. Nada mais e nada menos do que isso.

      Deus o abençoe e guarde.

      Fraternidade Laical São Próspero

      Excluir
  3. Henrique, o papa Francisco, quando foi eleito e apareceu na sacada, também disse que ele veio do fim do mundo e pediu, como costuma fazer, para rezar por ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Desculpem a resposta que dei anteriormente que seria para outro post. Para o presente post, estou respondendo ao Henrique que disse que o papa deu um "boa noite". Ele falou algo mais. Pouca relevância, é verdade.

      Excluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Subir