Quem foi Chico Xavier?

Santo? Insano? Farsante? Amplie seus conhecimentos sobre o assunto


EM 2010 OS ESPÍRITAS de todo o país comemoraram, com amplo apoio da mídia televisiva e impressa, os 100 anos do nascimento deste que consideram o maior "médium" brasileiro. Em 2012, um programa de TV o elegeu, por meio da votação popular, "o maior brasileiro de todos os tempos". Podemos sem dúvida considerar o Sr. Francisco Cândido Xavier (1910-2002), mais conhecido como "Chico Xavier", uma das personalidades mais populares e também mais polêmicas da história recente do Brasil. E como a nossa mídia (incluindo grandes emissoras de TV, redações dos grandes jornais e revistas e o meio artístico em geral) está repleta de militantes do espiritismo, presenciamos frequentemente um verdadeiro festival apologético à figura de Chico Xavier. Filmes nos cinemas, peças de teatro, lançamentos de uma infinidade de livros, especiais de TV, matérias de capa nas revistas...

Mas o fato é que é muito raro a grande mídia abordar as diversas facetas desse controverso personagem: existe uma outra realidade bem diferente dessa que estamos acostumados a ver nos meios de comunicação, e que pode ser comprovada muito facilmente. A revista "O Fiel Católico" é uma publicação comprometida com a verdade. Longe de querer provocar polêmicas, e com todo o respeito a todos os espíritas, não poderíamos deixar de abordar esses fatos. Para falar de uma personalidade tão conhecida, o bom senso e a boa consciência nos obrigam a abordar o assunto de maneira responsável e imparcial. - Algo bem diferente da tremenda propaganda que temos presenciado nos meios de comunicação.

Apresentamos uma série de fatos a respeito de Chico Xavier que é desconhecida da maioria. Advertimos que todas as questões aqui colocadas são fundamentadas na pesquisa histórica e documentada, e em depoimentos que foram publicados em veículos sérios e respeitados.


1. Foi comprovado que Chico Xavier usou truques de mágica e pirotecnia em "shows de mediunidade" no começo de sua carreira.

As fotos ao final deste texto retratam algumas dessas exibições. Existem muitas outras, que se encontram facilmente na internet: em salões alugados, ele se sentava em frente a uma cortina, diante da plateia. Luzes piscavam por detrás do pano, e um cheiro de éter enchia a sala. Aos poucos, vultos surgiam atrás das cortinas e Xavier, junto com outros "médiuns", diziam que eram espíritos se materializando... Fotos da revista “O Cruzeiro” (1964) mostram claramente que eram pessoas vestindo lençóis brancos e véus cobrindo a cabeça. Mesmo assim, alguns ingênuos pareciam acreditar na farsa. O pesquisador Eurípedes Tahan disse que as pessoas da plateia podiam até tocar as tais "entidades" e tirar fotos! Nessa época, "médiuns" e mágicos costumavam viajar pelo país com seus shows. Chico dizia que usava seus "poderes" para materializar os espíritos. Ele ficava sentado e dizia se concentrar, enquanto as “entidades” saíam de trás do pano. Curioso é que as figuras nunca “apareciam” na frente da plateia, como deveriam, se fossem entidades etéreas se materializando. Convenientemente, elas saiam de trás da cortina, como se vê nos shows de mágica mais rudimentares. Anos mais tarde, a farsa foi definitivamente desmascarada, e Otília Diogo, uma das pessoas que se passava por “espírito” chegou a ser presa. Foi com esses shows que Chico começou a se tornar conhecido.


2. O sobrinho de Chico Xavier, numa entrevista ao jornal "O Diário de Minas", confessou que as psicografias do tio não passavam de farsa.

Amauri Pena Xavier, sobrinho de Chico, também se dizia "médium" e afirmava psicografar textos e cartas de pessoas falecidas. Aos 25 anos de idade, sondado por jornalista do referido jornal, ele declarou, textualmente: "Aquilo que tenho escrito foi criado pela minha própria imaginação". Na ocasião, ele também desmascarou o tio famoso, Chico Xavier, dizendo que as cartas "psicografadas" por ele não passavam de fraude: "Assim como tio Chico, tenho enorme facilidade para fazer versos, imitando qualquer estilo de grandes autores. Com ou sem auxílio de outro mundo, ele vai continuar escrevendo seus versos e seus livros". - O mais incrível é que, depois dessa, tanta gente tenha continuado a acreditar nas psicografias de Chico Xavier. Foi nessa época que ele, acuado pelas investigações, saiu de Pedro Leopoldo e foi para Uberaba, local onde o espiritismo se encontrava em expansão, onde recebeu apoio.


3. Em 1971, o repórter José Hamilton Ribeiro, da revista Realidade, visitou as sessões de psicografia de Chico, e denunciou que ali aconteciam truques para impressionar os mais crédulos.

Declarou o repórter: "Meu fotógrafo viu um dos assessores de Chico levantar o paletó discretamente e borrifar perfume no ar". Chico era famoso pelo perfume que parecia surgir "do nada" em meio às sessões de “psicografia”. - "As pessoas pensavam que o perfume vinha dos espíritos", completou Ribeiro.


4. Em muitos livros de Chico Xavier, especialistas encontraram casos claros de plágio de obras literárias publicadas por diversos autores.

O pesquisador especializado Vitor Moura, criador do website "Obras Psicografadas", comparou trechos dos livros ditos psicografados por Chico com livros de outros autores e descobriu evidências inquestionáveis. Um dos casos mais impressionantes é o da cópia quase literal de trechos da obra "Vida de Jesus", do filósofo Ernest Renan, no livro "Há dois mil anos", que Chico afirmou ter sido psicografado pelo "espírito Emmanuel".


5. Já foi definitivamente comprovado pela pesquisa histórica que o tal “Públio Lentulus”, que Chico descreveu como "procurador da Judéia do tempo de Jesus" em seus livros, e afirmou tratar-se de um dos seus orientadores espirituais, nunca existiu.

Hoje se sabe que, historicamente, não existiu nenhum senador de Jerusalém ou procurador da Judéia cujo nome tenha sido “Públio Lentulus”. Além disso, os nomes, datas e detalhes que constam na obra de Chico são incompatíveis com os fatos históricos. Para saber detalhes, acesse: obraspsicografadas.haaan.com

Além disso, um detalhe curioso a respeito do "guia" de Chico Xavier: o polêmico Pe. Oscar Gonzalez Quevedo, numa palestra pública, tentou conversar em latim com o “espírito Públio Lentulus”, supostamente incorporado em Chico Xavier, mas este simplesmente fugiu das perguntas do padre, demonstrando que não compreendia o que estava sendo dito e, visivelmente perturbado, retirou-se do ambiente.


6. Apesar de muitos pensarem que Chico Xavier dizia detalhes sobre os entes queridos falecidos das pessoas que o procuravam, que não teria como saber, a verdade é que ele dava um jeito de conseguir esses dados, e sem nenhuma ajuda de espíritos.

O próprio Waldo Vieira, médico que foi uma espécie de sócio de Chico por quase duas décadas (desde o tempo dos ‘shows de mediunidade’), declarou o seguinte: "Funcionários do centro espírita iam às filas pegar detalhes dos mortos. Ou aproveitavam as histórias relatadas por parentes nas cartas em que pediam uma audiência. O que as mensagens de Chico continham eram essas informações". Chico ou seus assessores faziam uma entrevista com as famílias que participariam das sessões de "psicografia". O engenheiro Maurício Lopes conta que quando seu irmão de 9 anos foi morto num atropelamento, sua família procurou Chico atrás de ajuda. Ele diz: "Chico perguntou à minha mãe detalhes da morte e nomes de parentes, e tudo isso foi citado na carta, depois".


7. A teoria de que Chico Xavier, nendo semi-analfabeto, não teria como escrever seus livros, é completamente falsa.

Chico não foi longe na escola, mas era autodidata. Ele sempre estudou muito por conta própria, e lia muitíssimo. Colecionava recortes de textos e poesias, comprava livros e mais livros e montou uma biblioteca particular (preservada até hoje em Uberaba), com obras em inglês, francês e hebraico! Nessa coleção estão os livros dos autores que ele dizia "receber do além” para escrever seus próprios livros, como Castro Alves, Humberto Campos e outros...


8. Apesar de o espiritismo se declarar uma “ciência”, Chico Xavier se recusava a permitir que cientistas estudassem seus alegados poderes. Ele dizia que seu "guia" não permitia. Mas o que ele temia?

Se as suas habilidades fossem verdadeiras, as pesquisas só poderiam demonstrar a veracidade dos fenômenos e ajudar na propagação do espiritismo...


9. Otília Diogo era uma charlatã que se cobria com lençóis para se passar pelo espírito "Irmã Josefa" nos "shows de mediunidade" de Chico Xavier e Waldo Vieira. Ela foi enquadrada e presa anos depois.


10. O repórter Hamilton Ribeiro foi até Uberaba e desmascarou as mensagens ditas psicografadas de Chico, de maneira muito simples:

Ele inventou nome e endereço falsos e os entregou a Chico, se passando por crédulo e pedindo uma psicografia. Na edição de novembro de 1971 da revista Realidade, ele publicou a conclusão do seu experimento: "Receita psicografada: do pedido que fiz hoje, em nome de ‘Pedro Alcântara Rodrigues, da Alameda Barão de Limeira, 1327, apto 82 - São Paulo’ (dados falsos), me veio a orientação espiritual: "Junto aos amigos espirituais que lhe prestam auxílio, buscaremos cooperar espiritualmente em seu favor. Jesus nos abençoe...’”(!) Mas como?? Não existia ninguém com aquele nome, nem naquele endereço, era tudo inventado! Sim, mas os “espíritos de luz” que assistiam ao Chico Xavier se comprometeram a auxiliar essa pessoa de mentira nos planos espirituais.

* * *

Aí estão alguns dados concretos. Não se tratam de opiniões ou considerações, mas de fatos. Que cada um tire as suas próprias conclusões. Encerramos o assunto com a exortação de nosso Mestre maior: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!”. (Mt 11, 15) - E quem tem olhos para ver...








Acima, fotografias publicadas na revista "O Cruzeiro" e outras, mostram o jovem Chico Xavier ao lado de “espíritos materializados” em shows de mediunidade que ele promovia no início de sua carreira. Entre estes, o "espírito" de “Irmã Josefa”, que era, na verdade, a charlatã Otília Diogo vestindo panos brancos: ela foi desmascarada e presa em 1970 (publ. ‘O Cruzeiro’). Estes fatos raramente constam nas biografias oficiais, e nunca são retratados nos filmes.


* * *


** Aviso aos nossos leitores espíritas e/ou admiradores do mito Chico Xavier:

A direção deste blog pede encarecidamente aos admiradores da figura de Chico Xavier que tomem os seguintes mínimos cuidados antes comentar este artigo:

Leia o texto antes de comentá-lo. Muitos leem apenas as primeiras linhas (quando não apenas o título) e já se apressam em postar mensagens indignadas. Na maioria dos casos, os argumentos usados por esses comentaristas já estão bem esclarecidos no próprio artigo que estão comentando.

Observe os comentários já publicados e as nossas respostas. Praticamente todos os argumentos usados em favor de Chico Xavier já foram respondidos por nós, no espaço para comentários, diversas vezes. Exemplos abaixo:

a) Muitas pessoas já disseram que estamos "julgando" Chico Xavier. - Já explicamos, exaustivamente, que apresentar FATOS BIOGRÁFICOS sobre a vida de um indivíduo não é "julgamento", e sim esclarecimento: nesta postagem, não fizemos absolutamente nada além disso e citando as devidas fontes e referências bibliográficas, além de fotografias documentais.

 b) 
Muitas pessoas já disseram que Chico Xavier foi exemplo de humildade e que vivia o que pregava. - Respondemos, simplesmente, que isso não é atestado de autenticidade da doutrina que ele pregava. O fato de alguém ser humilde e praticar o que prega não é garantia de que aquilo que ele prega seja verdadeiro. Nossa preocupação e nossa fidelidade, neste site, é para com a verdade. Ainda que Chico Xavier tenha sido uma pessoa humilde e desapegada, tudo indica também que ele gostava de ser admirado, cercado de atenção e idolatrado, - o que ele conseguiu, e como! O que ele deixou de receber em dinheiro, sem dúvida nenhuma, recebeu em atenção, carinho, admiração, devoção e uma verdadeira idolatria, que perdura até hoje. Nem sempre a motivação de um charlatão é o dinheiro. - Não estamos, com isso, afirmando que Chico tenha sido um charlatão, mas sim demonstrando as abundantes evidências que existem neste sentido.

c) Muitas pessoas já alegaram que  estamos "falando do que não conhecemos" ou que o artigo não tem valor porque foi escrito por alguém que não conheceu Chico Xavier pessoalmente. - De fato, os autores do artigo não conheceram Chico Xavier pessoalmente, o que não tem a menor importância neste caso: ninguém, por exemplo, precisa ter conhecido Adolf Hitler pessoalmente para saber que foi um déspota cruel e sanguinário. Não estamos comparando Xavier a Hitler, mas o exemplo serve para fazer entender o óbvio: o absurdo de supor que seria preciso conhecer uma pessoa pública pessoalmente para formar juízo de valor. Além disso, o autor principal do texto, Henrique Sebastião, é pesquisador da ciência das religiões há mais de duas décadas e estudou todas as obras espíritas basilares, frequentou centros espíritas, participou de cursos na Federação Espírita Brasileira e até se submeteu a supostos "tratamentos espirituais". O argumento do desconhecimento de causa fica, portanto, completamente descartado.

d) Noventa e nove por cento dos comentaristas indignados com os fatos apresentados nesta postagem limitam-se a atacar a Igreja Católica, mas não comentam nenhuma das verdades aqui apresentadas. POR FAVOR, NOTE QUE O ASSUNTO EM DISCUSSÃO AQUI É CHICO XAVIER. Se você não é capaz de refutar o que estamos demonstrando e comprovando neste artigo, não tente desviar o assunto apontando problemas da Igreja ou fazendo acusações contra os católicos, porque são questões diferentes, e nós já abrimos espaço para essas outras discussões neste website (já tratamos dos assuntos inquisição, cruzadas, pedofilia na Igreja, entre outros). COMPREENDA QUE APONTAR ERROS OU PROBLEMAS NA MINHA RELIGIÃO NÃO É ARGUMENTAR: É FUGIR DO ASSUNTO, É TENTAR MUDAR O FOCO DA DISCUSSÃO.

** Esclarecemos, por fim, que não voltaremos a publicar comentários que se enquadrem na categorias descritas acima, pela simples razão de que não há sentido em nos colocarmos aqui a repetir, indefinidamente, os mesmos argumentos e contra-argumentos, ad nauseam.

Se você chegou até este ponto da leitura, somos gratos pela atenção. A Paz e a Luz de Nosso Senhor Jesus Cristo sejam sobre a sua vida.

_________________
Fontes e bibliografia:

• FRIDERICHS, Edvino Augusto. Os Méritos da Parapsicologia no Campo Religioso. São Paulo: Loyola, 1993.

• QUEVEDO, Oscar González. Os Mortos Interferem no Mundo? - tratado 5º vol. São Paulo: Loyola, 1992, pp. 32-35.

• KOLPPENBURG, Boaventura. Espiritismo, orientação para os católicos, 8ª ed. São Paulo: Loyola, 2005.

• REVISTA SUPERINTERESSANTE. São Paulo: Editora Abril, ed. 277, pp. 50-60, abril 2010.

• OBRAS PSICOGRAFADAS. Disponível em:
http://obraspsicografadas.haaan.com/2011/materializaes-de-uberaba-otlia-a-mulher-barbada-fotos-inditas/
acesso em 04 abril 2010
ofielcatolico.blogspot.com

71 comentários:

  1. Que a verdade seja dita. Hoje e sempre.

    Uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AGRADEÇO A DEUS E A SEMPRE VIRGEM MARIA POR COLOCAR PESSOAS CHEIAS DE DEUS ESPIRITO SANTO NO TEMPO E NA HISTORIA DO POVO DE DEUS. LOUVADO SEJA DEUS

      Excluir
  2. Muito esclarecedor. Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  3. A igreja católica devia falar para a humanidade sobre a pedofilia,é o que eles entendem muito,em vez de estarem falando de um homem de bem como Chico Xavier!Jesus disse uma vez que se reconhece a árvore pelo fruto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz!

      Jesus disse que pelos frutos se conhece a árvore. Creio então que alguém que nega as verdades do evangelho, que é que Chico fez, não pode ser um exemplo. Pra dizer o mínimo.

      Excluir
    2. Ooo Katia. Como alguém de bem quer enganar as pessoas? O inimigo se disfarça de luz, o Pai da mentira, que vai nos enganando e cegando a gente. Você precisa ''acreditar naquela ilusão'' (naquilo, a enganação) que acontece Katia, senão, quem voltara lá???
      Pois bem, (João 5,39-43): Vós perscrutais as Escrituras, julgando encontrar nelas a vida eterna. Pois bem! São elas que dão testemunho de mim (Jesus).
      E vós não quereis vir a mim para que tenhais a vida...
      Não espero a minha glória dos homens, mas sei que não tendes em vós o amor de Deus.
      Vim em nome de meu Pai, mas não me recebeis. Se vier outro em seu próprio nome, haveis de recebe-lo...

      Excluir
    3. Oi, Kátia, tudo bem?

      Como eu tenho certeza que você não se deu ao trabalho de ler o texto antes de comentar, vou reproduzir abaixo o que ele diz, na parte final:

      Noventa e nove por cento dos comentaristas indignados com os fatos apresentados nesta postagem limitam-se a atacar a Igreja Católica, mas não comentam nenhuma das verdades aqui apresentadas. POR FAVOR, NOTE QUE O ASSUNTO EM DISCUSSÃO AQUI É CHICO XAVIER. Se você não é capaz de refutar o que estamos demonstrando e comprovando, não apele para os problemas da Igreja, porque são questões diferentes, e nós mesmos já abrimos espaço para essas outras discussões (...).

      Mesmo assim, eu vou lhe mostrar porque você está completamente equivocada: acontece que você não tem noção do que significa a palavra "Igreja". A Igreja não entende de pedofilia. A Igreja entende do verdadeiro Evangelho de Cristo, de santidade, do Caminho que leva à vida eterna, que é o próprio SENHOR.

      Agora, dentro da Igreja (assim como dentro de muitos terreiros de espiritismo também) existem pessoas doentes, como os pedófilos, e outros tantos traidores. A Igreja começou com doze homens. Mesmo assim, um destes traiu Jesus, e outro o renegou quando Ele partia para entregar a sua vida em Sacrifício, na cruz.

      Da mesma maneira, hoje temos traidores na Igreja, e se formos analisar a situação proporcionalmente, agora são em número bem menor: posso lhe garantir que não há um traidor a cada doze padres. Ao contrário, os tristes casos de pedofilia representam bem menos de meio por cento do clero. Se você se informasse sobre o assunto, antes de tentar usá-lo como arma contra a Igreja, saberia disso.

      Jesus pode ser julgado a partir de Judas?

      A Igreja que Jesus deixou, que é o seu Corpo Místico, pode ser julgada a partir dos padres pecadores?

      Por outro lado, se você analisar a doutrina cristã católica, não vai encontrar uma vírgula que deponha contra ela. - Evidentemente, são os que seguem a doutrina da Igreja que representam a própria Igreja, e não os que vão contra o que ela ensina. Óbvio, não?

      Já o caso do Chico Xavier é completamente diferente: os problemas já começam na própria pessoa, continuam na doutrina que ele defendia e completam-se nas farsas que ele praticava.

      Agora, se você acha que iludir as pessoas com uma falsa doutrina é um "bom fruto", não há mais o que discutirmos. Se você tiver boa vontade, eu posso lhe apresentar alguns milhares de verdadeiros bons frutos espirituais, dados por santos, sacerdotes e leigos católicos.

      Abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    4. Henrique e Filipe, só posso dizer uma coisa: parabéns pelos comentários.....

      Excluir
    5. Henrique e Felipe,
      Uma santa quaresma!

      E antes que eu me esqueça:
      PARABÉNS! PARABÉNS! PARABÉNS pelas suas palavras sábias e esclarecedoras.

      Excluir
    6. Fiz 2 anos de teologia no Centro Loyola em Bh ,larguei porque o padre nos disse em sala de aula que não existia o purgatorio que era invenção da igreja por causa da inquisição ...me lembro que disse a esse padre ...Mas como a igreja pode subsistir através de uma mentira...e ai ele falou ...e por esse motivo porque q vcs leigos hoje estão aqui estudando teologia para dizer as verdades ao mundo .....Deus sabe que não minto , ele ve tudo e sabe q isso aconteceu...Então percebo que manipulam e sempre manipularam a verdade ....mas Cristo mostrará ainda que ele sim é o senhor da verdade e não os homens

      Excluir
    7. Os católicos acreditam na existência do purgatório, mas a Bíblia não fala dele

      http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?e=12108#.UzFtTPldUk0

      Excluir
    8. Uma quaresma cheia de luz para vcs

      Excluir
    9. Simone, veja só como Deus age de modos misteriosos: logo ao me levantar, hoje cedo, senti um forte impulso para publicar um estudo sobre o Purgatório neste site, que é um tema importante na doutrina católica e que ainda não abordamos. - E ao verificar agora os comentários, vejo que você questiona a Igreja exatamente por conta desse assunto.

      Interessante, você me mandou um endereço que aponta para um artigo que confirma a existência do purgatório... Parece que você não leu, mas como viu o título dizendo: "A Bíblia não fala dele...", acabou se enganando sobre o conteúdo.

      Publicarei então o post sobre o Purgatório, mas por aqui mesmo vou explicar, rapidamente, duas coisas:

      1. A Igreja escreveu a Bíblia (Novo Testamento), e foi a Igreja que canonizou a Bíblia, isto é, determinou quais livros integrariam o cânon (lista) das Sagradas Escrituras. Por isso, obviamente, a autoridade para interpretar as Escrituras pertence à Igreja. O cristianismo não é nem nunca foi religião do Livro: somos a Religião do Santo Espírito de Deus (Espírito de Deus, e não 'espíritos', porque a necromancia, isto é, a comunicação com os espíritos dos mortos, sempre foi condenada por Deus, desde os tempos antigos). Então, muita coisa em que cremos e praticamos não está na Bíblia, embora tudo esteja em concordância com a Sagrada Escritura.

      2. Você não sabe, nem teria como saber, mas, lamentavelmente, temos muitos padres hereges infestando a Igreja, hoje em dia, especialmente entre os que ministram "cursos de teologia" por aí.

      É uma situação complicada e muito triste, mas a verdade é que, hoje, o que um padre fala nem sempre deve ser levado em consideração, a não ser que esteja em harmonia com a Sagrada Tradição e o Sagrado Magistério da Igreja.

      É um assunto bem complexo, que não cabe ser tratado aqui, mas se você tiver interesse no assunto pode assistir às aulas do Padre Paulo Ricardo (um padre de verdade) nos endereços que deixo abaixo, e ler o Catecismo da Igreja Católica.

      Sobre o Purgatório, o Catecismo trata especificamente a partir do parágrafo 1030. - O Catecismo é o resumo da doutrina oficial e correta da Igreja, e não a opinião do padre A, B ou C. Está a disposição para leitura e download na internet, inclusive neste site (veja em nossa coluna à direita).

      ** Aulas do Padre Paulo Ricardo sobre o marxismo cultural que assola a Igreja e desvia padres da autêntica fé católica:

      https://padrepauloricardo.org/cursos/revolucao-e-marxismo-cultural

      *** Padre Paulo Ricardo explica a diferença entre a Igreja que é infalível e os padres hereges:

      https://padrepauloricardo.org/episodios/como-entender-que-a-igreja-nao-erra

      Abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    10. Na segunda parte do primeiro vídeo do Pe. Paulo Ricardo que lhe indiquei acima, Simone, ele entra definitivamente na questão dos padres que se desviam da Verdade da Igreja. Assista neste endereço:

      https://padrepauloricardo.org/episodios/como-entender-que-a-igreja-nao-erra-parte-2

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    11. Como pode Padres "hereges" permacer dentro da Igreja Católica? A Igreja nao faz nada para remover os"HEREGES"? em que padres eu posso acreditar? Vários padres já tentaram afastar o Padre Paulo Ricardo dos meios de comunicações, quem estava com a verdade?

      Excluir
    12. A questão é delicada, mas a resposta para a sua última pergunta não é difícil. Os padres que estão com a razão são simplesmente aqueles que pregam a verdadeira doutrina católica, que seguem e ensinam a fé da Igreja, e não alguma coisa que eles inventam. Simples. Quer saber o que é catolicismo de verdade, e não desvios do padre A, B ou C? Estude o catecismo, as bulas papais, os documentos da Igreja. Isto é catolicismo. Pe. Paulo Ricardo é um grande exemplo de padre fiel ao catolicismo, não porque ele seja simpático, porque seja mais inteligente ou melhor do que alguém. Ele é um padre exemplar simplesmente porque é um padre fiel ao Magistério e à Tradição da Igreja.

      Mas ele, graças a Deus, evidentemente não é o único. Dentre os que "aparecem" na mídia digital, eu poderia citar o Padre Demétrio Gomes da Silva, o Bispo Dom Henrique Soares da Costa, de Aracajú (SE), o Padre Duarte Sousa Lara, o Padre João Batista de A. Prado Ferraz Costa (nosso amigo), o Padre David Francisquini e muitos outros.

      Não se assuste com os padres hereges e traidores da fé. Nos tempos de Jesus, a Igreja era formada por apenas doze, e mesmo assim um deles entregou o Senhor à morte, e outro o negou por três vezes. O Cristo mesmo profetizou que haveriam apóstatas da fé e falsos profetas. Creia! "Ainda que os católicos fiéis à Tradição se reduzam a um punhado, são eles a Verdadeira Igreja de Cristo" (Santo Atanásio)!

      Abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    13. A propósito, Simone, abaixo está o endereço para o post sobre o Purgatório, em resposta à sua pergunta:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/05/existe-o-purgatorio.html

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    14. Não quero convencer ninguém a acreditar, a ter fé , naquilo que tenho como verdade.
      Mas creio que Chico deixou uma obra que ninguém, neste mundo, tem autoridade para questionar, fui católica durante 26 anos e me encontrei, me sinto mais próxima de Jesus, depois que me tornei espírita, me identifiquei muito,porque encontrei algumas respostas que não tinha. Agora, quanto a existência de espíritos e sua comunicação, todos saberão a verdade um dia...deixo para vocês descobrirem...Um abraço Fraterno.

      Excluir
    15. Me desculpe, irmã, mas os verdadeiros católicos NUNCA deixam a Igreja de Cristo, que Ele mesmo fez questão de fundar. Quem vive um verdadeiro catolicismo e é praticante sabe que comungar do Corpo e Sangue de Cristo na Santíssima Eucaristia é estar muito mais próximo do Senhor do que invocando os mortos, prática que Chico tinha e a Bíblia, a Tradição e o Magistério condenam.
      Que existem espíritos e eles podem se comunicar conosco todos sabem, mas invocar espíritos é invocar Satanás, que as Sagradas Escrituras dizem que se disfarça de anjo de luz para enganar os homens.
      Portanto, ao invés de deixar uma misteriosa "verdade" para todos descobrirem sem dizer que verdade é essa, peço que você siga, e verdadeiramente, á Coluna e Sustentáculo da Verdade, que é a Igreja (1Timóteo 3,15). A paz de NSJC!

      Excluir
    16. Católico de verdade nunca sai da Igreja. Até porque, quanto mais se estuda a igreja, mais fiel se torna e se comprova o quanto a igreja foi realmente fundada pelo nosso Deus.

      Excluir
  4. Olha , Parabéns não só por este texto mas pelos outros também , o mundo ja deveria ter percebido que nao há outro caminho a nao ser Jesus , e nao ha outro manual a seguir que nao seja o evangelho , uma resposta nítida que comprova isto é o tamanho da insegurança , preconceito e ignorância que outras religiões e doutrinas demonstram a cada dia a respeito de tudo o que é Cristão.
    Eu sou um Cristão da igreja Sara Nossa Terra e sou a favor do culto racional , mais uma vez Parabéns por usar os argumentos certos(Bíblia)!

    ResponderExcluir
  5. Acho que o principal beneficio do espiritismo é que não nos são impostos Dogmas . O Espiritismo diz que :'Não há salvação , fora da caridade', não temos a necessidade de atacar nossos irmãos que pensam diferente. O tempo que é perdido por muitos tentando desmascarar crenças contrárias as suas , é um pecado , pois poderia ser empregado de maneira mais útil e edificante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário foi respondido em forma de post, Paulo. Por gentileza, leia acessando o link abaixo:

      Catolicismo, dogmas e espiritismo

      Abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  6. Paulo, não se trata de desmascarar crenças, mas de proclamar a verdade. Lógico que podemos ter visões diferentes sobre algumas coisas. Mas a Verdade e a Vida é Cristo! Creio que fora da Igreja de Cristo não há salvação, e não digo isso para destruir, mas para alertar aqueles que perecem. O Senhor nos atraiu com laços de amor. Não se deixe enganar por aquilo que Deus não revelou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filipe, se você crê que fora da Igreja, que é o Corpo de Cristo e não um conjunto de corpos, não há salvação, então porque você está fora dela, no calvinismo? A paz de NSJC!

      Excluir
    2. Petrivalianici, a doutrina protestante também acredita que fora da Igreja não há salvação, no sentido que não se pode cultivar a vida cristã sem ir à Igreja, participar Ceia, ser batizado, ouvir da palavra e tudo o mais. É que nesse caso, a noção de Corpo de Cristo é espiritual, não preso à ideia de uma só Igreja ( ou como se fala entre os evangélicos, denominação ). É como um corpo cujos membros estão em Igrejas diversas unidas por amos à Cristo. Imagino que para os católicos seja difícil de entender esse conceito e impossível de aceitar.

      A Paz de Cristo para você também, e para todos que contribuíram para o enriquecimento de nossas conversas.

      Excluir
    3. Então, Filipe, vocês protestantes crêem que fora de "igrejaS" não há salvação. E que corpo é esse em que os membros se contradizem? Um crê numa coisa e o outro crê em outra? NSJC já disse que um reino que se divide acaba ruíndo. O corpo deve, sim, ter vários membros, mas com diversas funções, como é o caso do papa, dos bispos, etc. São Paulo nos disse que deveríamos crer num só batismo e professar uma só fé, o que não acontece no protestantismo. A paz de NSJC!

      Excluir
    4. Caro Felipe,
      Esta visão que vocês evangélicos tem sobre o Corpo de Cristo, pasmem! Eu sinceramente nunca tinha visto ou ouvido falar. Um corpo dividido em varias igrejas? Parece-me uma grande heresia.
      Você falou em doutrina protestante. Onde podemos encontrar escritos sobre estas doutrinas? Acaso vocês acreditam em outros escritos doutrinais, que não seja somente a Bíblia?
      “Ora, para definir e descrever esta verdadeira Igreja de Cristo - que é a santa, católica, apostólica Igreja romana - nada há mais nobre, nem mais excelente, nem mais divino do que o conceito expresso na denominação "corpo místico de Jesus Cristo"; conceito que imediatamente resulta de quanto nas Sagradas Escrituras e dos santos Padres frequentemente se ensina.”

      “A Igreja é um "corpo". Corpo único, indiviso, visível. Que a Igreja é um corpo, ensinam-nos muitos passos da sagrada Escritura: "Cristo, diz o Apóstolo, é a cabeça do corpo da Igreja" (Cl 1,18). Ora, se a Igreja é um corpo, deve necessariamente ser um todo sem divisão, segundo aquela sentença de Paulo: "Nós, muitos, somos um só corpo em Cristo" (Rm 12,5). E não só deve ser um todo sem divisão, mas também algo concreto e visível, como afirma nosso predecessor de feliz memória Leão XIII, na encíclica "Satis cognitum": "Pelo fato mesmo que é um corpo, a Igreja torna-se visível aos olhos".

      Caso você queira saber qual origem destes escritos, e o que representam para NÓS católicos apostólicos romanos e o que vem a ser “O Corpo Místico de Cristo”, indico-o ler e estudar com muito afinco a maravilhosa Carta Encíclica “Corpo Místico de Cristo” do Sumo Pontífice Papa Pio XII. É fácil de encontrar na internet:
      https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxncnVwb29lbnNmfGd4OjJmOWMzYWI4YmQ1NjliMzg
      Pax et Bonum!


      Excluir
    5. Petrivalianici e André, Graça e Paz.

      Talvez nunca ouviram falar disso porque nunca houve oportunidade de diálogo como estamos tendo hoje.
      O Sola Scriptura não quer dizer que só lemos ou conhecemos a Bíblia, mas sim que ela é a autoridade máxima, sobre a qual se faz doutrinas.
      A visão de Igreja Universal (que não é a do Edir Macedo...) é diferente entre nós, porque eu e o irmão da Assembleia de Deus somos igualmente Cristãos, batizados em nome de Jesus e vivemos para agradar a Deus. Ele terá algumas práticas e interpretação bíblica diferente de mim em certos pontos, mas ainda assim, nos reconhecemos como sendo do mesmo Corpo.
      Um dito que já ouvi de alguns pastores é que nesse sentido somos todos católicos, no sentido de pertencermos à Igreja Universal. Concordo com isso, mas creio que vocês vão achar isso um absurdo.
      Vou tentar ler a carta Encíclica, assim que possível. Ando muito ocupado!


      Graça e Paz.

      Excluir
    6. Todos pertencemos à Igreja Universal ou a um conjunto de seitas sem uma liderança única, Filipe? Deus quer que sejamos todos um ou todos separados? Um único corpo tem uma única liderança e uma só forma de organização, pois se não fosse assim ele seria um conjunto desorganizado de órgãos e sistemas que não obedece a cérebro nenhum. E quanto ao Reino que não se divide e a única Fé e o único Batismo? Também acho que você vai considerar um absurdo, mas penso que nem seguir a Sola Scriptura vocês protestantes seguem, pois há passagens bíblicas que vocês não levam em conta ao criarem suas doutrinas. Cristo veio para unir e centralizar o seu Rebanho, enquanto que o diabo veio para separar e dispersar, divindindo as ovelhas. Se a Igreja, Una e Indivisa, é o Corpo de Cristo, Nosso Senhor, várias "igrejas", separadas e divididas, são o corpo de quem? A paz de NSJC!

      Excluir
    7. Consideramos Cristo como a liderança. Embora não sejamos unidos administrativamente, penso nos evangélicos como órgãos do mesmo corpo, separados em funções mas unidos pelo sangue.
      A paz de Cristo para você também!

      Excluir
    8. Você está se desviando das minhas perguntas, Filipe. Peço que leia todo o meu comentário, pois eu levantei argumentos que você não respondeu, como o das passagens bíblicas. Só me responda uma coisa: Como Cristo pode liderar os protestantes aqui na terra se vocês tem organizações diferentes uns dos outros? Como a cabeça pode liderar o corpo se os órgãos não se unem de forma organizada? O que separa os protestantes não são as funções que eles ocupam, mas as crenças. O papa, como eu já falei, ocupa um cargo diferente do bispo, mas todos crêem na mesma fé e no mesmo batismo. Por fim, peço que você leia e tente responder TODO o meu comentário, o que você não fez com o outro, e refaço a minha pergunta: Várias "igrejas", separadas e divididas, são o corpo de quem? A paz de NSJC!

      Excluir
    9. Petrivalianici, não acho que tenha me desviado do assunto. Este é um ponto de vista, no entanto, ao qual não estou acostumado. Nunca vi as coisas dessa forma. Como eu disse antes, apesar de termos muitas denominações, seguimos uma fé única, no mesmo Cristo. Quando alguém se batiza na Assembleia de Deus ou na Batista, é aceito na IPB sem problemas. Há situações em que isso não ocorre, é verdade, pois temos um grande e excessivo divisionismo. Mas no íntimo, é a mesma Igreja de Cristo. Nos tratamos como irmãos, embora pensemos de forma diferente em alguns assuntos. O próprio Calvino, batizado católico, não se rebatizou e considerava que havia cristãos verdadeiros na Igreja Católica.
      Você e eu, por exemplo. Cremos no mesmo Deus, no sacrifício substitutivo de Cristo, na ação do Espírito Santo; que Cristo é o único mediador entre Deus e os homens; no mesmo evangelho, posto que a revelação no novo testamento é a mesma para nós; cremos que fora do Corpo de Cristo não há salvação; que aborto, homossexualismo e outras práticas são pecados terríveis; que o espiritismo e qualquer outra religião não cristã não tem poder para salvar; e muito mais. Se eu você temos tanto em comum, imagine os evangélicos entre si. Sei que temos muitos problemas, e que o crescimento evangélico tem sido grande em número mas creio que fraco em conhecimento bíblico. Mas nunca tive essa visão que são vários povos de Deus. Sempre nos vi como um único povo.
      Cristo lidera seu povo através da Escritura, da ação do Espírito Santo nos corações e da liderança de homens comprometidos com o Evangelho.
      Mas continuemos conversando, gosto do seu ponto de vista!

      Excluir
    10. Eu não disse que você está se desviando do assunto, Filipe, mas sim das minhas perguntas. Quando São Paulo pede que tenhamos uma só fé, é óbvio que ele não está nos pedindo que tenhamos apenas uma única fé em relação a NSJC, pois todos os cristãos já o reconhecem como Deus. É necessário também que tenhamos a mesma fé em relação á nossa doutrina, pois a Verdade é única e, repito, não faria sentido para o apóstolo nos ordenar que tivéssemos a mesma fé apenas em relação a Deus. Cristo lidera seu povo através do Espírito Santo sim, Filipe, mas o Espírito Santo não se divide, fazendo uns acreditarem numa coisa e outros em outra, tornando a Igreja uma verdadeira Babel. Com certeza, NSJC lidera o seu povo através de homens comprometidos com o Evangelho, e sabe o que o Evangelho diz ? Que Cristo escolheu São Pedro, um simples pescador, para apascentar suas ovelhas e ser a Pedra pela qual Ele (Cristo) faria a sua Igreja (e não as suas igrejas). Quer um homem mas comprometido com o Evangelho do que Pedro e os seus sucessores? Também gostaria de lhe lembrar, mais uma vez, que o Reino de Cristo não se divide, muito menos por causa de uma revolução, travestida de reforma, que só serve para desunir o Povo de Deus. Por fim, peço que você veja as respostas que eu lhe dei no post das tatuagens. A paz de NSJC!

      Excluir
    11. Petrivalianici, muito do que você disse eu concordo. O fato de termos visões diferentes não deve ocasionar desunião. Você vê o Reino de Deus dividido; mas eu não vejo assim. Somos todos, os cristãos sinceros, parte da Israel de Deus, enxertados na videira juntamente com os ramos naturais. Essas divisões acontecem por causa da limitação dos homens em compreender a total verdade do Evangelho, e nos mostra o quanto somos pequenos. Por isso somos aceitos apenas porque a justiça de Cristo nos é imputada. No céu, saberemos toda a verdade, onde acertamos e onde erramos. Lá, nós conversaremos bastante sobre isso!
      Paz de Cristo!

      Excluir
    12. A resposta do Anônimo Sidnei já é suficiente para responder o seu comentário, Filipe, mas acrescento que você falou uma verdade essencial : As divisões acontecem por causa da limitação dos homens em compreender o Evangelho, pois se eles compreendêssem, voltariam todos para a Única Igreja de NSJC. A paz de NSJC!

      Excluir
  7. "Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão."

    Se será apenas no céu que saberemos de tudo, se saberemos aonde acertamos e aonde erramos, então não adiantou de nada JESUS ter se encarnado, nos ter ensinado a Verdade, e prometido o ESPIRITO SANTO, que iria nos conduzir na Verdade pelna e deixado seus Santos Apóstolos tendo Pedro o primo entre os pares e seus sucessores, guardiães desta Verdade plena que JESUS nos deixou. Se é apenas no céus que saberemos toda a Verdade, a Igreja deixa de ser a coluna e sustentáculo da Verdade. JESUS é um só a Verdade é uma só, pois ELE mesmo é o Caminho a Verdade e a Vida, igrejas com verdades distintas se afastam cada vez mais da unidade querida por JESUS e de seus próprios ensinamentos. A Unidade de fé e de batismo só pode ocorrer que houver alguém no comando do leme deste navio chamado Igreja, e não cada um querendo direcionar este navio de qualquer jeito, pois se for assim, mais cedo ou mais tarde, poderá afundar. JESUS é o dono deste navio, porém ELE deixou alguém na terra, visível, entre nós para administrar e dirigir o leme deste navio, se tal capitão (o Papa) dirigiu bem ou mau, ele terá que haver com o dono do navio, mas todos devemos confiar e orar para que o comandante faça seu trabalho bem, pois todos saímos ganhando com isto, mas imaginar ninguém dirigindo esta navio, quando o dono do navio confiou um comandante para o dirigir na sua ausência, parece querer forçar a barra e deixar a todos ao DEUS dará, sem ida e nem beira.

    Anonimo Sidnei.

    ResponderExcluir
  8. a Igreja católica manipulou o mundo todo até hoje.
    Matou pessoas queimadas , torturadas , religião com maior riqueza material da face da Terra.
    Maior índice de pedofilia e hipocresia, e querem julgar Chico Xavier que era católico tbém .
    vão estudar história da humanidade , teologia e depois venham criticar pessoas em nome de doutrinas e religiões .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chico Xavier era católico? Kkkkkkkkkkk. Sério, anônimo, em todas as suas mentiras satânicas, vocês espíritas se superaram. Saiba que a Igreja Católica criou centenas, talvez até milhares de univer sidades e escolas, enquanto que você, sendo espírita, critica ela, apesar de não saber ler, sendo quase um analfabeto. Sim, pois você não leu o post direito, não leu as NOTAS NO FINAL QUE DIZEM QUE O ASSUNTO É CHICO XAVIER, E NÃO O CATOLICISMO. Você, em sua douta ignorância, não sabe nem o que é julgar. Acha que apresentar fatos comprovados sobre a vida de uma pessoa é julga-la e ainda manda a Igreja estudar. Quanta hipocrEsia, não anônimo? Se você estudasse a história direito veria que a doutrina da Igreja não é matar, queimar ou torturar ninguém, assim como a doutrina dos apóstolos (que é a mesma da Igreja) não era trair Cristo, como Judas fez. A Igreja é muito rica, sim, mas qual é a instituição que tem milhares de asilos, orfanatos e leprosários por todo o mundo? A Igreja tem muito dinheiro, mas tem com o que gastar esse dinheiro. E tenha muito cuidado com os líderes que se apresentam como pessoas boas, amigos de Deus, mas são servos do diabo, usando da boa aparência para enganar os mais humildes. Por fim, procure estudar mais e se informar, pois como diz o famoso Frei Clemente Rojão, pior que um lobo vestido de ovelha é um lobo vestido de jumento, gente que, infelizmente, só tem ignorância pra mostrar. A paz de NSJC!

      Excluir
    2. Meu Deus você está correto anônimo, hj, não tenho trabalho no centro e estava procurando algo sobre Chico para ler,mas é pura perda de tempo , prefiro ir numa reunião de estudo do evangelho, estudo mediúnico ou dar, ou receber passes é mais útil. Nós espíritas praticantes não podemos nos dar ao luxo de ficar em casa na net , ou assistindo novela, temos que trabalhar pra melhorar moralmente e espiritualmente. Temos compromisso com Cristo e com nossos irmãos.Não tenho que abrir os olhos de ninguém, nem convencer ninguém cada um vê de acordo com seu desenvolvimento espiritual, e a verdade a todos será revelada!
      Abraços fraternos!

      Excluir
    3. "a verdade a todos será revelada!"

      Já nos foi revelada por JESUS NOSSO SENHOR e confia a sua Igreja, portanto, não precisa de mais ninguém, de nenhuma doutrina extra seja de quem vier seja da onde vier para nos ensinar a Verdade, pois a Verdade é JESUS e sua Igreja, Coluna e Sustentáculo da Verdade.

      Anonimo Sidnei

      Excluir
    4. É pura perda de tempo mesmo, ler um artigo como este e ficar dizendo que é perda de tempo. Se você tem compromisso com Cristo, irmã, sugiro que não fique aplaudindo o anônimo e estude a Verdade que JÁ foi revelada, como falou o anônimo Sidnei. A paz de NSJC!

      Excluir
  9. Sinceramente...o que vocês fazem aqui é discutir é Religião...pontos de vista. E na verdade somos todos Cristãos, e Paulo prega na Carta aos Efésios a união dos Cristãos. Continuem praticando o bem, a caridade e o amor que todos estarão no caminho certo independente de qual "vertente"...Igreja e Religiões são criações dos homens e todos somos falíveis. Não é preciso tentar "desmacarar" e atacar uns e outros que defendem pontos de vista diferente, procurem seguir as máximas de Jesus: " Amarás o Senhor teu Deus de todo seu coração, de toda sua alma, de todo seu Espírito e de todas as suas forças". " Amarás o teu próximo como a ti mesmo". O que vem além disto não passam de pontos de vista, de interpretações, de imposições que não levam a lugar nenhum a não ser a intolerância, a animosidade e o afastamento entre os seres humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, leia um post nesse site chamado "Jesus e a Religião", que contém as respostas para algumas de suas acusações. Acrescento, porém, que religião e pontos de vista são coisas diferentes.
      Somos todos cristãos se acreditarmos e praticarmos o que o cristianismo ensina, que inclui pregar que CRISTO É DEUS, crer num mesmo batismo e numa mesma fé e crer na ressurreição dos mortos, coisas das quais SÃO PAULO (quem é Paulo eu não sei) falou nas suas cartas e nem por isso você as cita.
      Os cristãos devem ser unidos, mas isso não significa que eles devem se unir aos pagãos, no que diz respeito ás crenças, e digo isso porque o espiritismo, pelo que eu já falei, NÃO é uma religião cristã.
      Quanto a praticar o amor, saiba que o verdadeiro amor não é aquele que, por medo e vergonha, se acomoda onde está e não diz que aqueles que pregam doutrinas diferentes da de Cristo estão errados. Isso é relativismo, essa sim uma criação humana, pensada por alguém que quer que os homens parem de discutir sobre a Verdade e defender a Sã Doutrina, limitando-se a fazer "ações caridosas", puramente materiais, e se esquecendo de que o maior amor e a maior caridade que existem são levar as almas para o Céu (isso mesmo, para o CÉU), fazendo-as crer no nome de Deus e do Seu Filho, como a própria Bíblia diz.
      Quem a ama a Deus verdadeiramente pode até morrer por Ele, como os primeiros mártires e verdadeiros cristãos faziam, mas nunca deixa de falar a verdade ou de fazer as pessoas professarem a fé em Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, na Sua Igreja, uma RELIGIÃO que Ele mesmo criou em Mt 16,18-19 E em tudo o que Ele falou.
      Quem ama o próximo verdadeiramente não tem preguiça de falar que o próximo está errado, mas corrige ele porque sabe que só a Verdade o libertará e só entra no Céu (e não numa dimensão material elevada) quem, depois de ouvir a Verdade, crê nela. Quem não leva a lugar nenhum é o deus materialista dos espíritas que só se importa com as boas ações materiais, e não com a Fé, e depois dessa vida promete bênçãos materiais, e não a Vida Eterna dada a aqueles que não tiveram medo de falar a verdade e a Sã Doutrina.

      Excluir
    2. Caro (a) anônimo (a), saiba que para ser um cristão verdadeirante cristão, é preciso ter muita vergonha na cara e não ter a grande covardia em viver no anonimato. Os primeiros cristãos não eram anônimos e sempre seguiram os ensinamentos do Mestre Jesus Cristo. Faça o mesmo, se é que você é realmente um Cristão.
      Sinceramente, tipos de comentários anônimos não merecem ser respondidos e nem levados em consideração.

      Excluir
    3. Anônimo, a Ideia de Igreja e religião não é nada humana: foram criadas por Deus! O Cristianismo surgiu com Cristo. Como isso é humano?
      Se viermos aqui com más intenções, como inflar nosso orgulho, isso certamente é reprovável; mas viermos com o objetivo de glorificar a Deus, qual o problema? Podemos discutir qualquer assunto, de forma humilde e fraterna, sem que isso cause desunião.

      Excluir
    4. Agradeço pelas respostas ao leitor anônimo. Esse tipo de argumentação sempre reaparece, de tempos em tempos, em algum de nossos posts.

      Segue abaixo o endereço para a postagem indicada por Petrivalianici, intitulada "Jesus e a Religião", que trata exatamente deste assunto:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/05/jesus-e-religiao.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  10. Os homens desse tempo medíocre que vivemos ainda estão longe de entender o trabalho do Chico.
    Mas, falando agora dos padres pedóculos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, como sempre, quando a pessoa não encontra argumentos para defender-se, ela entra na questão da pedofilia ou inquisição...

      Excluir
    2. Caro anônimo, se você não é um completo analfabeto, tente ler o post no qual você está comentando. E tem que ser até o fim, se vossa senhoria conseguir. Digo isso porque o seu infeliz comentário já foi refutado no próprio texto sobre Chico Xavier. A paz de NSJC!

      Excluir
    3. Anônimo, o Cristo é a verdade. Lamento dizer, mas senão houver conversão a Cristo, não há salvação para a alma. Por isso, dizemos que o espiritismo não é a verdade. Não o fazemos por mediocridade ou preconceito, mas por amor às almas!
      Deus o abençoe.

      Excluir
  11. Mas, falando agora dos padres pedófilos, da inquisição, das circunstâncias obscuras da morte do papa João Paulo I, do escândalo financeiro do banco do vaticano ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro espírita, saiba: O espiritismo tanto de umbanda, candomblé ou kardecista, são antros na sua maioria de homossexuais. E onde há homossexuais há pedofilia em potencial.
      “Nem todo homossexual é pedófilo, mas, todo pedófilo é um homossexual em potencial” (autor desconhecido no meio gay)

      Excluir
    2. * Padres pedófilos - estão indo todos para cadeia, e expulsos da Igreja.

      * Inquisição - não foi o bicho que todos pensam, embora houve abusos e injustiça, porém, deve-se estudar a inquisição pelo pensamento das pessoas do seu tempo, e não com os pensamentos dos tempos atuais. Agora querer elevar o número de executados a enésima potencia e ainda dizer que todos fora vítimas, aí já é coisa de sem vergonha e de ignorante.

      * Circunstância obscuras da morte do Papa João Pulo I - se você é espírita, vai pergunta a um de teus fantasminhas camaradas que eles poderão responder melhor sobre isto, já que eles sabem de tudo. Não existem provas concretas e o restante é tudo especulação, querer atingir a Igreja por uma suposição da morte do Papa João Paulo I, se provas concretas e por especulações só pode parir de gente estúpida, sem vergonha e ignorante.

      * Escândalo financeiro do banco do Vaticano - se passam a mão no dinheiro de estatais como a Petrobrás, e há negócios obscuros em grandes bancos mundiais, como não ira haver também no pequeno banco do Vaticano?, larápios existem em todos os lugares, porém o Vaticano esta promovendo a limpeza deste banco, e portanto, há uma grande diferença em ficar indiferente diante de tal escândalo e tentar concertar.

      Agora eu pergunto, o que um espírita vem questionar isto?, só para dizer que não podemos falar nada do espiritismo de do Chico Xavier?, querem nos calara a boca por causa dos erros de alguns filhos da Igreja?, e aí não podemos dizer que o espiritismo contém erros o qual os cristãos, os católicos não podem seguir tais doutrinas e que o Chico Xavier não foi est homem santíssimo como todos pintam e bordam, mas teve também seus defeitos, mas aí de quem falar um i do sr. Chico Xavier, serão tratos como bestas humanas e irão padecer por toda a eternidade em inúmeras reencarnações de sofrimentos, morte e dor. Aí que meda!!!.

      Anonimo Sidnei.

      Excluir
    3. Meus irmãos, não percam tempo com esses espíritas ignorantes que ficam repetindo o mesmo discurso de atacar a Igreja pelos pecados dos filhos dela só por não conseguirem defender o próprio charlatão. Só o fato de o post já alertar para esse tipo de gente e haver outros comentários do mesmo nível já refutados indica que ou o anônimo tem dificuldade de ler, e precisa ir para uma escola urgentemente, ou é só vontade de irritar mesmo e temos que ignorá-lo. A paz de NSJC!

      Excluir
  12. Caríssimos irmãos, devido ao declínio no nível intelectual e moral das mensagens aqui postadas, reativei a moderação dos comentários, pelo menos por algum tempo. Nosso trabalho não se presta a divulgar calúnias, e sim esclarecimentos. Menos ainda estamos aqui para perpetuar certas velhas e repetidas bobagens já respondidas mais de uma vez. Para os que não se conformam com os pecados dos filhos da Igreja, por favor leiam o post abaixo antes de comentar:

    Os "podres" da Igreja

    A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

    Apostolado Fiel Católico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente sou obrigado a concordar com vc, Sebastião. Não adianta democracia com pessoas que não tem educação e não tem boa vontade. A coisa estava virando bagunça. Infelizmente tb tem irmão católico que faz questão de responder as abobrinhas e assim dão asas pra quem só quer criar confusão.

      K. R.

      Excluir
    2. Agradeço pela compreensão, K. R. Deixo claro que Isso não quer dizer que eu não aprecie um bom debate. – Um bom debate. – Isto é, aquele que é praticado em alto nível, com oponentes que conheçam minimamente os assuntos discutidos.

      Agora, responder sobre padre pedófilo, "idolatria" na Igreja ou interpretações rocambolescas do Apocalipse, principalmente quando esses temas são colocados só para desviar o foco do assunto... Não nos prestemos a isto. Vamos exigir que respeitem a nossa inteligência.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    3. É lamentável que por causa da falta de educação de alguns, todos paguem. Mas não há saída; o Henrique está corretíssimo, alguma atitude tinha que ser tomada. Apelar pra padre pedófilo é coisa de quem só quer derrubar mesmo. Parabéns pela firmeza.

      Excluir
    4. Isto mesmo: “Um bom debate”, caríssimo Henrique, vemos que nos comentários dos “espíritas” que aqui frequentam, nenhum, mas nenhum mesmo, se dispôs refutar os argumentos do Post, partindo para as acusações. Eles falam muito no amor ao próximo e na caridade, mas não isto que vemos por aqui.
      Considero muito interessante o que disse um anônimo acima: “Caro espírita, saiba: O espiritismo tanto de umbanda, candomblé ou kardecista, são antros na sua maioria de homossexuais. E onde há homossexuais há pedofilia em potencial”. Concordo!!!!
      Falou-se no post que o charlatão Chico Xavier foi mais um farsante e fraudulento do famigerado espiritismo, no entanto, não se leu por aqui nenhuma defesa a este respeito.
      Sinceramente, não há mais o que se questionar.
      “Não nos prestemos a isto. Vamos exigir que respeitem a nossa inteligência”.
      Concordo!!!!
      Seja Louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

      Excluir
    5. Agradeço pelo apoio geral. Abraço fraternalmente a todos, e que o Bom Deus nos guarde.

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  13. Cristãos, RESPEITEM-SE.
    Esses ataque só servem para nos dividir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, anônimo, ataques desrespeitosos só servem para nos dividir, mas lhe garanto que o desrespeito nos comentários veio do lado espírita, não do cristão. Nós cristãos apenas nos defendemos de acusações covardes e fora de contexto contra a Igreja que nada tem a ver com Chico Xavier. A paz de NSJC!

      Excluir
  14. A paz de NSJC!
    Agradeço imensamente ao caro Irmão em Cristo Henrique Sebastião pelo esclarecedor post. Eu, como muitos católicos mal instruídos, admirava o trabalho do Sr Chico Xavier, romantizado pela mídia. Abri meus olhos. " E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" (Jo 8,32). Aprendo muito aqui.
    Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  15. Grata pelo texto , parabéns .

    ResponderExcluir
  16. Desculpe por desvirtuar um pouco do assunto, mas tenho uma grande dúvida: porque o tal Allan Kardec não decodificou o Alcorão e lançou o Corão segundo e espiritismo? Para um esquizofrênico como ele, talvez fizesse sucesso entre as pessoas que gostam de seguir seitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce, por acaso,se deu o trabalho de ler o evangelho segundo o espiritismo?

      Excluir
    2. Claro que sim. Li quando conheci e frequentei o espiritismo, na minha juventude, e cheguei a considerá-lo como um caminho válido.

      Depois, como pesquisador das religiões, não só o reli, mas estudei a fundo, e foi exatamente a partir daí que eu comecei a perceber a profunda desonestidade que envolve toda a estrutura da doutrina espírita.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  17. Artigo muito interessante. Sou atéia, mas estudo sobre as religiões e queria mais informações do Espiritismo de forma mais cética e neutra. Muitos artigos que eu li ou tentam uma conversão para o espiritismo ou tentam "ofender" o espiritismo. Apesar de ser um site católico, gostei muito das informações. Obrigada

    ResponderExcluir
  18. Adorei o artigo. Parabéns por expor a realidade.

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail