O Sacramento da Crisma ou da Confirmação


EM NOSSO ESTUDO anterior apresentamos uma exposição sobre o Sacramento do Batismo. - Vimos que neste Sacramento somos mergulhados no Espírito do Cristo Ressuscitado. Esse Espírito nos "cristifica" e nos dá uma vida nova, a vida no Ressuscitado, aquela vida plena que a Escritura chama de Vida Eterna, porque é a Vida do próprio Eterno, que é Deus. Vimos que, habitados pelo Espírito de Amor, Espírito que é o Amor do Pai e do Filho, somos feitos Templos da Trindade Santíssima. Vamos agora tratar de um outro Sacramento, o segundo dos três que constituem a iniciação cristã. Trata-se do Sacramento da Crisma ou Confirmação.

Desde os seus primórdios, a Igreja de Cristo conhece este Sacramento, intimamente ligado ao Batismo, denominado Crisma ou Confirmação. Em que consiste este Sacramento? Qual o seu significado? Qual a sua fundamentação bíblica? É destas questões que trataremos neste artigo, começando com o Catecismo da Igreja Católica (CIC), que ensina:

A Confirmação aperfeiçoa a graça batismal; é o Sacramento que dá o Espírito Santo para enraizar-nos mais profundamente na filiação divina, incorporar-nos mais firmemente a Cristo, tornar mais sólida a nossa vinculação com a Igreja, associar-nos mais à sua missão e ajudar-nos a dar testemunho da fé cristã pela palavra, acompanhada das obras.
(CIC §1316)

Vale a pena, antes de mais nada, analisar essas palavras. São ditas duas coisas importantes a respeito da Crisma: ela aperfeiçoa a graça batismal e é o Sacramento que dá o Espírito Santo. Ora, será que a graça batismal é imperfeita? Mais ainda: o Batismo já não nos deu o Espírito? Não é no Espírito do Cristo ressuscitado que fomos mergulhados no santo Batismo? Além do mais, como católicos cremos que todo e cada Sacramento nos dá o Espírito Santo, e que somente no Espírito pode haver Sacramento. Sendo assim, como compreender as afirmações do Catecismo citadas acima?

Afirma-se que a Crisma aperfeiçoa a graça batismal no sentido de torná-la "madura", aperfeiçoada, plenamente desenvolvida. É importante compreender bem isto. No Batismo, nós recebemos o Espírito do Cristo Ressuscitado; ele nos é dado como vida divina, vida nova, vida eterna que faz de nós novas criaturas. Procure reler tudo quanto dissemos sobre isso ao expor o Sacramento do Batismo. Ora, esta vida não é algo estático, parado, congelado; como toda vida, ela vai crescendo sempre mais, e assim vai nos configurando cada vez mais ao Cristo Jesus, para que sejamos como ramos da Videira que é Ele próprio, vivamos como reflexo do Senhor neste mundo. Pois bem, o Sacramento da Crisma é o que leva esta vida na Graça, recebida no Batismo, à sua maturidade. Na Crisma, o Espírito que nos tinha sido dado como vida, nos é dado como Força divina, que nos dá a capacidade de testemunhar Jesus, de anunciar o Evangelho e assumir ativamente nosso lugar na comunidade eclesial. Por isso mesmo é que se diz que a Crisma confirma o Batismo, que é o Sacramento da Confirmação.

Não é que o Batismo seja incompleto e necessite ser completado. O sentido é outro: a Confirmação nos dá a graça da maturidade cristã, de tal modo que a vida nova recebida no Batismo pode e deve, agora com a Crisma, ser testemunhada e transbordada para os outros com a graça deste Sacramento.

Em outras palavras: enquanto que no Batismo a vida recebida é graça que nos renova e transforma, na Confirmação esta mesma vida é Dom que devemos testemunhar e partilhar. Por isso o crismado deve estar consciente do seu lugar na Igreja, na comunidade eclesial, e do seu dever de testemunhar o Cristo sendo, como se diz, um soldado do Senhor.


"Combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a Coroa da Justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda." (2 Tm 4,7-8)

Aqui convém eliminar um mal entendido. Em geral se afirma que a Crisma é o Sacramento da maturidade cristã e confirma o Batismo porque recebemos este quando crianças pequenas e aquele quando jovens, já sabendo o que queríamos. Não é assim: a maturidade que a Crisma nos dá não é a maturidade psicológica, mas sim a maturidade espiritual. Em outras palavras: se uma criancinha for batizada e crismada, seu “organismo espiritual”, sua estrutura cristã, por assim dizer, já recebeu a maturidade. Que fique bem claro: a Confirmação nos concede uma graça distinta do Batismo. Sem este Sacramento não há maturidade na vida cristã. Por isso mesmo, rigorosamente falando, todo aquele que assume qualquer trabalho na Comunidade deve ser crismado.

Há ainda uma outra distinção importante no modo de agir do Espírito no Batismo e na Confirmação: no Batismo o Espírito nos é dado como Espírito que torna o Pai e o Filho presentes em nós, fazendo-nos, assim, templos da Trindade. Na Confirmação, ao invés, o Espírito dá-nos algo que é próprio dele como Terceira Pessoa da Trindade, a saber: a força, a coragem, o ânimo, o vigor, a doçura para testemunhar o Senhor Jesus. A fé da Igreja exprimiu isso muito bem com a imagem dos Dons do Espírito.

Agora podemos entender porque o Catecismo fala, no texto acima citado, numa mais profunda incorporação a Cristo: é que com a Confirmação o Espírito nos une ao Cristo na sua missão de Sacerdote, Profeta e Rei, para que sejamos, na comunidade eclesial e no mundo, continuadores de sua Missão, continuadores do próprio Cristo.

Por fim e como complemento, importa dizer que a Crisma está relacionada, direta ou indiretamente, com o Batismo no Espírito Santo mencionado nas Sagradas Escrituras (At 1,5). Embora haja alguma controvérsia teológica, por um lado não podemos afirmar que se tratem exatamente de uma "mesma coisa"; porém, se cremos que este Sacramento nos confere os Dons do Espírito Santo, a relação é real e inevitável.


Resumo

Crisma, portanto, é o Sacramento que confere os Dons do Espírito Santo, conduzindo o fiel católico ao caminho da perfeição cristã. Representa como que a passagem da infância para a fase adulta, espiritualmente falando. Nesse sentido é que a Crisma é o Sacramento da Confirmação do Batismo. A Crisma é a confirmação do Batismo porque fortalece a Graça que este nos deu: se o Batismo nos imerge no Espírito Santo, a Crisma deve nos tornar “fortes e robustos” no mesmo Espírito, enquanto cristãos e membros do Corpo Místico de Cristo neste mundo, a Santa Igreja.

A palavra Crisma vem do grego e significa Óleo da Unção. O termo, no feminino (a Crisma), refere-se ao Sacramento em si, e no masculino (o crisma), refere-se ao óleo de ungir. Ungir é untar a fronte do crismando com o óleo próprio, em cruz. O óleo usado na cerimônia da Crisma é consagrado na Missa da Quinta-Feira Santa.

Três passos são necessários à administração da Crisma: a imposição das mãos sobre a cabeça do crismando; a unção com o óleo na fronte; as palavra do Bispo: “Recebe por este sinal o Espírito Santo, Dom de Deus”, ao que o crismando responde: “Amém”.

É o Bispo quem ministra o Sacramento da Crisma, mas em sua ausência pode delegar essa missão a um padre. Durante a celebração, o Bispo suplica os Dons do Espírito Santo na seguinte oração:

Deus Todo-Poderoso, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que, pela água e pelo Espírito Santo destes uma vida nova a estes vossos servos, libertando-os do pecado, enviai sobre eles o Espírito Santo Paráclito; dai-lhes, Senhor, o Espírito de sabedoria e de inteligência, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de ciência e de piedade, e enchei-os do Espírito do vosso temor.


Os Sete Dons do Espírito Santo:

Sabedoria - Não sabedoria do mundo, mas aquela que nos faz reconhecer e buscar a Verdade, que é Deus, Fonte da Sabedoria. Verdade que encontramos na Bíblia e na orientação da Igreja.

Entendimento - Dom que nos faz aceitar as verdades reveladas por Deus.

Conselho - É a luz para distinguir o certo do errado, o verdadeiro do falso, e assim orientarmos acertadamente a nossa vida, e as vidas daqueles que precisam de um conselho nosso.

Ciência - Não as ciências do mundo, mas a ciência do Sagrado, das coisas de Deus. Ciência da Verdade e da Vida. Por esse Dom, o Espírito Santo nos indi-ca o caminho a seguir na realização da nossa verdadeira vocação.

Fortaleza - É o Dom da coragem para viver fielmente a fé no dia-a-dia, até mesmo no martírio, se for preciso.

Piedade - É o Dom pelo qual o Espírito Santo nos dá o gosto de amar e servir a Deus com alegria. Nesse Dom nos é dado o "sabor" inigualável das coisas de Deus.

Temor de Deus - Não é "medo de Deus", já que “o Perfeito Amor lança fora o medo; quem tem medo não é perfeito no Amor” (Jo 4, 18). Temor de Deus significa viver o Amor sincero por Deus, tão grande que queima o coração de respeito e sincera devoção pelo Criador. Não é pavor da Justiça Divina, é zelo em agradar a Deus.


A Crisma na prática

Quem pode receber a Confirmação? Todo batizado pode receber este Sacramento (Cân. 889, §1) uma vez. Para recebê-la licitamente é necessário estar devidamente preparado, disposto e em condições de renovar as promessas do Batismo (Cân. 889, §2). Como regra geral, a idade mínima é de 14 anos. O candidato à Confirmação deve professar a fé, estar em estado de graça (confessar antes), ter a intenção de receber o Sacramento e estar preparado para ser discípulo e testemunha de Cristo, na comunidade eclesial e nas ocupações temporais (CIC §1319).

Padrinho/Madrinha: não podem ser os pais do crismando (Cân. 893 e 874). Precisa ser católico, confirmado, ter recebido o Santíssimo Sacramento da Eucaristia e estar disposto a orientar sua vida de acordo com a fé e o encargo que vai assumir (Cân. 874, §1). Precisa ter dezesseis anos completos, a não ser que outra idade seja determinada pelo Bispo diocesano (Cân. 874, §1). É desaconselhável escolher como padrinho o esposo(a), namorado(a) ou noivo(a). Alguém de outra religião pode ser admitido como testemunha da confirmação, ao lado de um padrinho católico.

Preparação: Após a primeira Eucaristia, o adolescente deve participar de encontros de perseverança e atividades paroquiais próprias para sua idade, dando continuidade ao processo de formação na Fé. Os padrinhos e pais devem acompanhar a formação do crismando, e participar dos encontros e palestras promovidas pela Igreja, sobre temas bíblicos, morais, doutrinários e litúrgicos. É recomendada a leitura dos bons livros católicos que levem à melhor compreensão possível a respeito do grande passo que será dado.

A preparação deve ter a duração de ao menos um ano, com encontros de evangelização e formação na fé, bem como a participação nas celebrações da comunidade.

_________________________
Fontes e referência bibliográfica:


• COSTA, Henrique Soares da, Bispo. "O Sacramento do Batismo", disponível em:
http://domhenrique.com.br/index.php/sacramentos/confirmacao/176-o-sacramento-da-confirmacao-i
acesso 20/2/014


• ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO. Diretório dos Sacramentos da Arquidiocese de São Paulo. São Paulo: Paulinas, 1982.

• PEREIRA, Leonardo Tarcísio Gonçalves, Pe. Tocar o Senhor. São Paulo: Loyola, 10ª ed., 2004, pp. 57-59.

ofielcatolico.blogspot.com

46 comentários:

  1. Muitos são os católicos que não receberam este sacramento, por comodismo, ignorância, falta de conhecimentos, fata de interesse, etc. Eu por exemplo hoje tenho 41 anos e ainda não fui crismado, porém não sou casado e nunca casarei ois sinto que não tenho vocação ao casamento, porém, e aqueles que querem casar e não
    foram crismados ainda, tem que receber o sacramento do crisma antes?. E quem não recebeu o sacramento do crisma como eu (por comodismo, diga-se de passagem), poderá perder a salvação eterna e ir para o inferno?.

    Anonimo Sidnei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os que pretendem se casar devem receber o sacramento.
      Não existe um limite de idade para ser crismado, não é exclusivo para os jovens. Procure uma comunidade e manifeste seu interesse, o primeiro passo já deu que foi reconhecer o comodismo, isso é sinal de um cristão autêntico.

      Excluir
    2. Tenho 41 anos e estou no catecumenato esse ano, para receber os sacramentos do batismo, primeira eucaristia e a crisma. Minha turma é formada toda de adultos, mais de 60 pessoas. A faixa etária varia entre 16 e 75 anos.

      Excluir
    3. caro Sidnei, o Amor fraterno é que conta. São Martinho nem sequer era baptisado quando se deu o o milagre. Ele encheu-se de compaixão pelo pobre e nesse dia os céus se abriram e Jesus falou, "este homem cobriu-Me com o seu manto e nem sequer era baptisado." outro exemplo: o bom ladrão crucificado ao lado de Jesus, ganhou a vida eterna nesse mesmo dia, por ter tido coração contricto e fé.

      Excluir
    4. Caro anônimo, me desculpe mas o seu comentário não responde à pergunta de Sidnei e ainda vai claramente contra a Doutrina da Igreja. Não é só o "amor fraterno " que conta para a salvação. É necessário primeiro amar a Deus sobre todas as coisas, e o próximo como a si mesmo, para alcançar a vida eterna. É mais do que óbvio que o fato de São Martinho ter se convertido ou presenciado um determinado milagre antes de ser batizado não significa que ele foi salvo antes do batismo ou que ele nem ninguém não precise do batismo para ser salvo, até porque também existe o batismo de desejo e o batismo de sangue. Há uma diferença enorme entre morrer sem batismo por não saber da necessidade ou por não ter oportunidade e morrer sem batismo simplesmente por não querer receber o sacramento. Creio que isso explique o caso do bom ladrão.
      A dúvida de Sidnei (a qual eu não sei responder) foi se a negação dele em receber a Santa Crisma por comodismo (que poderia ser um pecado contra o primeiro mandamento) constitui um pecado grave, e, portanto, que causa a perdição eterna. A paz de NSJC!

      Excluir
    5. Sidnei, querido , Deus te ama, e espera por vc, vá ao encontro dele, procure o padre na igreja proxima a vc, e abra o seu coração, e Deus na pessoa do padre te dira o que fazer e como fazer, lembre Deus não se afasta de nós, nós que nos afastamos dEle.

      Excluir
    6. Eu tenho 37 anos e vou crismar agora em dezembro não tinha feito a primeira eucaristia sempre sonhei com esse dia e agora estou fazendo junto com minha filha mim casei agora também nossa estou muito feliz hoje vejo tudo com outros olhos cada dia aprendo mais é mais MEU Deus é maravilhoso olha agente acha que sabe tudo mais quando vc começa a participar aí agente ver que não sabia de nada eu tou tão feliz meu coração estar tão cheio do amor de Deus isso mim acalma mim da paz sou outra pessoa fassam se vcs não fizeram nunca é tarde pra Deus e lembrem Deus faz o impossível possível

      Excluir
  2. GOSTEI DE MAIS DA SERIE SOBRE OS SACRAMENTOS GOSTARIA DE VER UMA SERIE SOBRE A DIFERENÇA ENTRE IMAGENS E IDOLOS... POIS GRANDE PARTE DOS CATOLICOS NÃO TEM ESSE PREPARO E CAI NAS ARMADILHAS "PROTESTANTES" LEMBRO QUE IMAGEN TEM UM TERMO ESPECIFICO E IDOLO OUTRO BEM DIFERNTE... QUANDO DEUS MANDA FAZER A SERPENTE DE BRONZE ELE REFERE-SE A IMAGEM ; MAS QUANDO MANDA DESTRUIR DIZ IDOLO... TUDO DEVIDO AO MAL USO DO SER HUMANO!!! GOSTARIA DE VER COM DETALHES IGUAL A TODOS OS ASSUNTOS TRATADOS NO BLOG OBRIGADO PELA ATENÇÃO ENRIQUE.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante!
    Tenho 26 anos e irei ser crismada no próximo mês de Agosto!!!!
    Fiz a primeira eucaristia em junho também!!!

    Estou muito feliz!!! Deus fez muita diferença em minha vida.

    Deus abençoe todos!!!!

    Vanessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, Vanessa, damos graças ao Bom Deus por sua vida e pelo seu renascimento como membro do Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo! Nunca deixe de honrar esta grande missão que você irá assumir agora.

      Abraço fraterno e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  4. eu tenho 38 anos e no ano passado recebi ,,, a primeira comunhao e fiz a crisma ...não tive vergonha , pelo alcontrario,foi muito maravilhoso estar com DEUS,,,meu coração estacheio de alegrias,,,,obrigada senhor..........

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma dúvida e gostaria que alguém me respondesse se possível, fui batizada e crismada muito cedo (11 anos de idade) e agora estou em dúvida da minha religião, e, gostaria de saber se eu posso deixar de ser católica mesmo sendo crismada. Obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixe sua religião pois não se sentira feliz em outras, devemos aceitar mesmo sem querer o que Deus nos pede, só assim alcançaremos sua graça. Mas se está em duvida ou alguma coisa te aflige e não te agrada tente entender melhor o conceito daquilo e até conversar com um padre lhe pedir um concelho ;)

      Excluir
  6. O que acontece seu eu fizer crisma mas depois resolver seguir uma religião não cristã?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simplesmente houve ai uma traição, voce confirmou uma coisa e seguiu outra por isso que tem na volta a igreja de Cristo o sacramento da confissão.














      Excluir
  7. HOJE TIVE CONHECIMENTO O QUE É CRISMA, GOSTEI MUITO SABENDO QUE OS CATÓLICOS CRISMADOS VÃO PARA O PARAÍSO TAMBÉM. POIS ACEITARAM JESUS COMO SEU ÚNICO SALVADOR E O SR. ESPIRITO SANTO DE DEUS HABITARÁ EM SEU CORPO.ABRAÇOS A TODOS SOU EVANGÉLICO.

    ResponderExcluir
  8. foi muito bom ter lido isso porque isso servio de luz e sabedoria para minha vida.

    ResponderExcluir
  9. mais o que acontece se eu me crismar e quando viver em matrimonio seguir outra religião??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei irmão, não existe excatolico, vc fez a sua iniciação crista, muitos infelizmente tratam o crisma como um titulo, como se fosse graduação de escola, vc é homem livre, se vc aprendeu e viveu o sacramento do crisma, não tem o porque mudar de religião, se vc observar os mandamentos de Deus, e ser fiel a Ele, ficara em paz, muitos saem da igreja por causa de pessoas, mas acredite, ha apenas um Unico Deus,

      Excluir
  10. Oi, sou solteira mas tenho uma filha de um mês. Vou fazer a primeira comunhão e a Crisma o mês que vem. Eu posso ainda receber esses sacramentos?

    ResponderExcluir
  11. Oi, estou fazendo catequese vou fazer a primeira comunhão e a Crisma o mês que vem...mas aconteceu que eu tenho um filho de 1 mês. Eu ainda posso fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que poderá fazer, ser mãe solteira não impede a ninguém receber a eucaristia, ser crismado e receber os demais sacramentos. Se ninguém te impediu isto até agora, está mais que provado que poderá fazer.

      Sidnei

      Excluir
  12. Oi vou mim crisma mais ainda não sou casada mais tenho uma vida a dois eu posso mais eu vou casar provavelmente daqui 2 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante é que você seja batizada na Igreja católica.Na questão de crismar com ''vida a dois'', vai depender de cada paróquia e as vezes de cada Padre, pois as vezes pra casar você precisa estar crismada e as vezes no seu caso você precisa estar casada.Vai depender também muito de sua fé e de seu ''esposo'', caso os dois sejam batizados na Igreja Católica Apostólica Romana fica mais fácil. Concluindo, no seu caso deves crismar e em seguida casar, Sou catequista de Crisma e na minha paroquia cada caso tem uma solução diferente, aqui você crisma e no máximo um mês você recebe o sacramento do Matrimônio. Procure se informar na sua Paróquia terá informações mais detalhadas. Uma coisa é certa; Você recebera o Sacamento do Crisma e terá de casar o Mais Breve Possível.

      Excluir
    2. Na minha paróquia é diferente, primeiro casa-se, e, depois, recebe o sacramento do Crisma.

      Excluir
  13. Crisma e um dos sacramentos mas lindo da igreja....e um ato de amor para com deus e o proximo...porque a partir do momento que vc deseja se crismar...um novo horizonte se abre diante d e vc...trazendo uma visao extraordinaria de mundo e muita misericordia para com o proximo...

    ResponderExcluir
  14. Olá, gostaria de saber se posso fazer a crisma, pois eu sou batizada, ja fiz a primeira eucaristia, mais no momento eu estou junta, queria saber se eu posso fazer a crisma assim mesmo.

    ResponderExcluir
  15. procure tua paroquia ou igreja e fale com o sacerdote ele vai te orientar e tu veras nele a presença de Cristo.

    ResponderExcluir
  16. Olá, eu "fiz'' minha confirmação quando tinha 14 anos, mas eu não se confessei, tem algum problema em eu comungar? (eu estou voltando a igreja, já se confessei e estou indo as missas todos os domingos, mas quero comungar)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesse sim, Gabriel, confesse os seus pecados. Faça um bom exame de consciência e apresente-se diante do Altar de Deus para comungar Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor, com a alma limpa.

      Entenda melhor o Sacramento da Confissão lendo o nosso artigo no endereço abaixo:

      http://www.ofielcatolico.com.br/2001/03/o-sacramento-da-confissao-penitencia-ou.html

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. Caso ele tenha feito o Sacramento da Crisma sem se confessar antes, o Sacramento seria válido mesmo assim?

      O crisma na falsa igreja católica brasileira não é válido, correto?

      Alguém que crismou-se apenas nesta igreja brasileira, e depois casou-se na Igreja Católica, tem o Sacramento do Matrimônio como válido?

      Grato se puder me esclarecer estas dúvidas, e também se puder me fornecer as fontes das resposta, pois tenho um familiar em um caso deste, e tem pessoas colocando algumas coisas na cabeça desta pessoa, e eu gostaria de ajudar de alguma forma, ou seja, falando o que realmente é verdade para esta pessoa.

      Grato.

      Excluir
  17. vou ser confirmada dia 27/05/2016, vivo maritalmente com meu companheiro sem ser casado no civil ou na igreja católica. Isso é impedimento para eu receber o sacramento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é impedimento! Perante a Igreja, você está vivendo uma união ilícita, fora do sagrado Matrimônio e sem a Graça divina. Regularizem a situação e façam uma boa confissão, você e seu marido, para poderem frequentar de boa consciência os Sacramentos da santa Igreja. – E verão que grande diferença isso fará em suas vidas.

      A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
  18. Boa tarde! Gostaria de tirar uma dúvida...sou batizada, crismada e fiz primeira comunhão. Não sou casada no religioso.Moro com meu esposo. O fato de não ser casada me impede de crismar alguém? Me disseram que não posso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não.Você não pode crismar ninguém, somente o Bispo ou excepcionalmente um Padre são Ministros Ordinários da confirmação (crisma). Agora, no seu caso de concubinato, deva querer saber se pode ser madrinha da Confirmação. O Código de Direitos Canônico, a impede, conforme o Cânone 893 e 874.

      Resumo de Perfil do Padrinho e Madrinha:
      a) Seja maior de 16 anos, católico, confirmado, tenha recebido a Eucaristia e leve vida coerente com a fé, não tenha sido atingido por nenhuma pena canônica;
      b) Não seja pai ou mãe do crismando;
      c) Se casado, seja no civil e/ou religioso;
      d) Não seja amasiado;
      e) Seja cristão comprometido na sociedade;
      f) Acompanhe o crismando na sua caminhada de fé.

      Seja louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

      Excluir
    2. Aline, oficialize sua situação. O casamento na Igreja é o único válido perante Deus.

      Tenha certeza que a graça de do Sacramento do Matrimônio fará bem para vocês. No momento você não pode ser madrinha do Crisma, conforme o André postou.

      Paz e Bem!

      Excluir
  19. Boa Tarde! Minha irmã mora com o companheiro e não é casada, nem no civil e nem no religioso. Tava para crismar no dia 28/05, e pelo o que tenho lido aqui ela não pode! Por que?

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, estou no meu primeiro ano como catequista, porém não tenho crisma. Me comprometi a receber este sacramento. Ja sou casada apenas no civil. Minha duvida é para receber o sacramento da Crisma preciso receber o sacramento do matrimonio primeiro?

    ResponderExcluir
  21. Não sou casada vivo junto se não casar antes isso é impedimento para receber o crisma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssima Maria Claudia
      Quem pode receber este sacramento (Santo Crisma)?

      “Todo batizado ainda não confirmado pode e deve receber o sacramento da Confirmação. Pelo fato de o Batismo, a Confirmação e a Eucaristia formarem uma unidade, segue-se que "os fiéis têm a obrigação de receber tempestivamente esse sacramento", pois sem a Confirmação e a Eucaristia, o sacramento do Batismo é sem dúvida válido e eficaz, mas a iniciação cristã permanece inacabada”. (§1306 do CIC)

      Por quer não casar também? Existe algum impedimento?

      Procure a Pastoral Familiar da sua Paróquia, a fim de realizar um curso de noivos para o Santo Sacramento do Matrimônio.

      Seja louvado Nosso Senhor Jesus Cristo!

      Excluir
    2. Uma advertência:
      “Para receber a Confirmação é preciso estar em estado de graça. Convém recorrer ao sacramento da Penitência para ser o purificado em vista do dom do Espírito Santo. Uma oração mais intensa deve preparar para receber com docilidade e disponibilidade a força e as graças do Espírito Santo” (§1310 do CIC)

      Excluir
  22. boa tarde sou evangelica ,tenho um filho de 7 anos que quer fazer o catecismo ..ele pode oi nao?

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde gostaria de tirar uma dúvida fis o crisma e hoje vivo a dois não sou casada,minchamaro pra ser madrinha eu posso? Eu posso participar da leitura de algumas tarefa da igreja sem está casada?eu não posso mim casar porque ele já foi casado na igreja e depois de separado de alguns anos ele namorou comigo e fomos morar junto. Mim afastei da igreja por pensar que errei feio e não quero piorar a situação.

    ResponderExcluir
  24. Salve Maria!!!! Boa noite a todos..Eu hoje com 41 anos...tenho a felicidade de ter recebido a primeira comunhão no sábado passado e amanha serei crismado....impossivel descrever a gelo vida que eu estou vivendo esses dias...Eu que no passado fui um alcoólatra e vivi nas drogas (cocaína), por mais de 18 anos...recebi a graça de Nossa Senhora Aparecida, no dia 01/05/2009...onde apos uma promessa alcancei a graça que tanto precisava...hoje graças à Deus e Nossa Senhora, estou totalmente sóbrio, e para pagar essa promessa um participo da Pastoral da Sobriedade e com mais um grupo de irmãos estamos resgatando vidas...claro com ajuda de nosso Senhor Jesus Cristo, e Nossa Senhora..por isso só tenho a agradecer e louvar a Deus...essa minha segunda chance, e uma nova vida de total entrega a Deus....

    ResponderExcluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$7,00. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail