Já saiu a edição n.38 da revista O FIEL CATÓLICO digital!


CARÍSSIMOS IRMÃOS em Cristo,

Com grande alegria em Nosso Senhor, informamos aos assinantes de nossa revista digital que já saiu – e está disponível em nossa sala de aula virtual exclusiva – a nova edição da revista O FIEL CATÓLICO (n.38)...

Esta edição traz estudos e artigos com os seguintes temas:

• Editorial – "Sem mais" (citação de Hilaire Belloc);

• O Milagre Eucarístico de Sokólka, Polônia (6 páginas);

• Vida e obra de Hilaire Belloc (8 páginas);

• Charge sobre os métodos contraceptivos e o aborto, pelo "Desenhista Católico";

• Consagração das famílias à Sagrada Família;

• "Progredir na vida espiritual", da redação OFC  (estudo baseado na obrado Padre Faber, 7 páginas);

• "Razão, vida e mito", por Pe. João Batista de Almeida Prado Ferraz Costa (3 páginas);

• Capítulo de livro, "A mulher piedosa" (de Mons. Landriot, em 11 páginas);

• "Pérolas aos porcos", sobre discussões em redes sociais da redação OFC (7 páginas);

• "Introdução geral à Teologia", 14ª parte (adaptação OFC da obra do Padre Penido, 7 páginas);

• "Consumindo pedado", por Alfonso Constantino di Almiere (4 páginas);

• A Basílica Arquiabacial de São Sebastião, em Salvador, BA (apresentação com imagens, 6 páginas)

• A Suma Teológica de Santo Tomás de Aquino (Teologia: 3 páginas);

• Contracapa: anúncio e link para o Clube de Leitura "A Mulher Cristã", da editora Caritatem.

** Seja também um assinante da revista O FIEL CATÓLICO digital
www.ofielcatolico.com.br

3 comentários:

  1. Belíssima edição! Sobre a reportagem do milagre eucarístico em Sokólka, fiquei com a impressão que ocorreu em uma missa "novus ordo", e não na tridentina, confere? Se for mesmo, até que é bom sinal, pois demonstra que Deus não abandonou a Igreja, mesmo com a missa nova.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humildemente agradeço pelo incentivo, mas elogio de um bom amigo como você vale menos (rs).

      Quanto à pergunta, eu pesquisei em diversos sites e noticiosos internacionais e nenhum deles menciona a forma do rito que era celebrado. Sei que a Polônia é um dos países em que mais se celebra na forma tradicional, mas não sei dizer se era o caso naquele dia e naquela igreja. De todo modo, a maneira como eles celebram o novus ordu é igualmente a mais digna possível, disso eu também sei, e não tenho dúvidas de que a Transubstanciação acontece em todas as santas Missas, quando o sacerdote tem a intenção de celebrar aquilo que a Igreja celebra e sempre celebrou em todo o mundo.

      Aliás, acabei de postar um vídeo sobre o assunto!

      Apostolado Fiel Católico

      Excluir
    2. ..."e não tenho dúvidas de que a Transubstanciação acontece em todas as santas Missas, quando o sacerdote tem a intenção de celebrar..." E não é também verdade, nobre amigo, que mesmo se o sacerdote for um grande pecador, ou estiver com dúvidas se aquilo que pronuncia no altar está acontecendo realmente, mesmo se tiver demônios o acossando em ambos os lados (Como Santa Teresa D´Ávila presenciou em uma visão que teve durante uma missa), mesmo assim a Transubstanciação acontece! O que aumenta a nossa responsabilidade como católicos ainda mais, né! Deus me perdoe pelas vezes em que duvidei, que não ofereci minha vida e tudo o que sou e tenho pela honra de receber dignamente tão Excelso Mistério, tão Sublime Realidade. Meu Deus, ajude a humanidade, estamos tão necessitados, Teu povo está sofrendo tanto!

      Excluir

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$13,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir