Pacto entre a CNBB e entidade pró-aborto


Por Lucas Henrique (Centro Dom Bosco) e Henrique Sebastião

A CONFERÊNCIA NACIONAL dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu hoje (14/7/20) uma nota pública endereçada ao Congresso Nacional para que sejam derrubados vetos do presidente Bolsonaro ao Projeto de Lei n° 1442/2020[1]. Chama atenção o fato de terem tramitado na Câmara recentemente dois PLs que dispunham veladamente sobre a prática satânica do aborto, sendo que, nesses casos, a CNBB não fez manifestação alguma.

Na redação da carta aberta ao Congresso Nacional, o presidente da conferência de bispos, Dom Walmor Oliveira de Azevedo (foto), recordou ter firmado um “Pacto pela vida e pelo Brasil” com outras entidades civis em abril deste ano, no início da pandemia do vírus chinês que devastou direta e indiretamente o Brasil. Pacto este assinado também pela OAB Nacional, Comissão Arns, Associação Brasileira de Imprensa, Academia Brasileira de Ciências e pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

Sim, Dom Walmor assinou um pacto pela vida junto com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que em 2018 encaminhou ao STF uma moção pela descriminalização do aborto[2].

Sim, Dom Walmor assinou um pacto pela vida junto com a Associação Brasileira de Imprensa, que meses atrás convocou uma marcha feminista no Rio que contou com a participação do coletivo “Nossa hora de legalizar o aborto RJ”[3].

Sim, Dom Walmor assinou um pacto pela vida junto com a Comissão Arns, que disse sobre o Porta dos Fundos, na ocasião em que esse canal debochou do dogma da Virgindade Perpétua da Mãe de Deus: “Expressamos nossa solidariedade a todos os integrantes do Porta dos Fundos. A liberdade de expressão é um direito inegociável, uma conquista de nossa jovem democracia, e não podemos jamais colocá-la em risco”[4].

A CNBB vem fazendo, neste tempo de pandemia, um trabalho "admirável": notas em conjunto com entidades abortistas(!!!), notas recomendando o não uso da cloroquina (deveriam os nossos bispos mudar de atividade e tornarem-se profissionais da medicina ou infectologistas?)[5] e até notas sobre troca de ministro da Justiça (os mesmos tornaram-se interessadíssimos em política desde as eleições presidenciais de 2018: antes disso, durante os 13 anos de um governo ateísta, pró-aborto, anticristão e anti-família que se configurou na maior máquina de corrupção da história do mundo e que faliu o país, nossos digníssimos 'pastores' permaneceram impassíveis e solenemente mudos)[6].

Mas não há notícia de nenhuma nota sobre padres impedidos de entrar em hospitais para atender fiéis católicos que desejavam receber os Sacramentos antes de morrer, nem sobre sobre os milhões de pessoas que sofrem sem o socorro da Graça... Sobre esses assuntos, nada, ou quase nada. Talvez os "pastores" tenham preocupações maiores do que o destino eterno das nossas almas.

“Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa, desde que não se falte à verdade, sendo obra de caridade gritar: ‘Eis o lobo!’, quando estiver entre o rebanho ou em qualquer lugar onde seja encontrado”
(São Francisco de Sales. Filotea ou Introdução à Vida Devota III, cp.28)

______________
[1] https://www.cnbb.org.br/em-carta-aberta-ao-congresso-nacional-cnbb-pede-fim-dos-vetos-do-presidente-ao-pl-no-1142/

[2] http://www.jornaldaciencia.org.br/wp-content/uploads/2018/08/Anexo-Of.-SBPC-130-Mo%C3%A7%C3%A3o-sobre-a-Descriminaliza%C3%A7%C3%A3o-do-aborto.pdf

[3] http://www.abi.org.br/abi-convoca-para-marcha-pelas-mulheres-e-democracia/

[4] https://comissaoarns.org/blog/2019-12-27-nota-p%C3%BAblica-12-manifesta%C3%A7%C3%A3o-sobre-o-atentado-contra-a-produtora-do-porta-dos-fundos/

[5] https://www.cnbb.org.br/pastoral-divulga-as-diretrizes-da-associacao-de-medicina-intensiva-brasileira-sobre-uso-de-hidroxi-cloroquina/

[6] https://www.cnbb.org.br/dom-walmor-a-mudanca-no-ministerio-da-justica-evidencia-intervencao-politica-no-comando-de-instituicoes-que-nos-parametros-da-constituicao-federal-devem-e-nao-podem-deixar-de-ter-autonomia-e-inde/

__________________________
Lembre-se de nos acompanhar também nas redes sociais:

** Facebook

*** Instagram (@ofielcatolico)

**** Youtube.

5 comentários:

  1. A CNBB - Cambada Nacional dos Bandidos de Batina - desta vez se aliou assumidamente com o diabo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A igreja é a favor da vida, é isso que o texto diz.

      Excluir
  2. Peregrinus Templar24 de julho de 2020 05:00

    Salve Maria Imaculada. Será que não seria interessante nós católicos pró-vida, começar a usar a palavra aborto apenas para quando esse ocorrer? E passar a usar o termo assassinato de indefesos,inocentes, bebês, no ventre quando assim esses quiserem provocar?

    Deus abençoe abundantemente.

    ResponderExcluir

** Inscreva-se para o Curso Livre de Teologia da Frat. Laical São Próspero e receba livros digitais de altíssima qualidade todos os meses, além de áudio-aulas exclusivas e canal para tirar suas dúvidas, tudo por R$29,00/mês. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Paginação numerada



Subir