Polonesas contra o feminismo: 'Não queremos que nos digam como devemos ser!'


UM VÍDEO PRODUZIDO pela página polonesa idź Pod Prąd (sim...) tem feito sucesso nas redes sociais. Postado em fevereiro deste 2018, a produção muito singela já teve milhões de visualizações e muitos milhares de compartilhamentos (aprox. 700 mil apenas na primeira página que o postou) e traz o depoimento de diversas mulheres polonesas contra o feminismo.

“O feminismo tira do homem a oportunidade de ser forte, guiar a família e proteger a mulher. E tira da mulher as suas características naturais, como graciosidade, beleza, sensibilidade e o direito de ser frágil. O feminismo força a mulher a provar que pode ser igualzinha aos homens”, diz umas das mulheres que aparecem na produção.

Uma outra diz que “é maravilhoso pedir ajuda a meu marido e saber que sempre posso contar com ele (...) Não consigo imaginar uma situação em que eu precise proteger meu esposo”. “Ser esposa e futura mãe faz com que eu me sinta realizada”, diz outra. “Desenvolva suas paixões, respeite a si mesma, respeite o seu corpo e, acima de tudo, comece a pensar” é a frase dita por ainda outra mulher bem resolvida.

Outras mulheres assumidamente satisfeitas com aquilo que são dizem outras grandes frases, como:

“Deus criou você de um jeito lindo. Deixe assim!”

“Uma mulher conservadora não tem que mudar nada. Ela sabe que é uma mulher e não sente falta de nada.”

“O feminismo é idiota. É contra o bom senso.” 

“Acho que hoje em dia as mulheres perderam a sua feminilidade, porque tentam se colocar no lugar dos homens.”

“Gostaríamos de dizer que não estamos interessadas no mundo projetado pelas feministas. Pouco nos importam a ideologia de gênero, as teorias queer, o ecologismo e outras ideias esquerdistas. Não queremos que nos digam o que devemos ser!”

“É hora de mostrar às feministas que a sua ideologia é estúpida e danosa para todas as mulheres. É hora de mostrar às mulheres normais que há milhões de nós!”

O vídeo promove o slogan “Sou uma mulher, #NãoUmaFeminista”. A página "idź Pod Prąd", que significa “Contra a corrente”, diz que oferece “pontos de vista que estão em conflito com as opiniões comumente promovidas”.

Assista ao vídeo, com legendas em inglês:


** Assine a revista O FIEL CATÓLICO e tenha acesso a muito mais!

____
Sempre família, 'Vídeo de polonesas contra o feminismo viraliza', disp. em:

https://www.semprefamilia.com.br/video-de-polonesas-contra-o-feminismo-viraliza-nao-queremos-que-nos-digam-o-que-devemos-ser/
Acesso 20/8/2018
www.ofielcatolico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

** Assine a revista O Fiel Católico digital e receba nossas novas edições mensais em seu e-mail por uma colaboração mensal de apenas R$9,50. Ajude-nos a continuar trabalhando pelo esclarecimento da fé cristã e católica!


AVISO aos comentaristas:
Este não é um espaço de "debates" e nem para disputas inter-religiosas que têm como motivação e resultado a insuflação das vaidades. Ao contrário, conscientes das nossas limitações, buscamos com humildade oferecer respostas católicas àqueles sinceramente interessados em aprender. Para tanto, somos associação leiga assistida por santos sacerdotes e composta por professores doutores, mestres e pesquisadores. Aos interessados em batalhas de egos, advertimos: não percam precioso tempo (que pode ser investido nos estudos, na oração e na prática da caridade) redigindo provocações e desafios infantis, pois não serão publicados.

Receba O Fiel Católico em seu e-mail